Coronas Temple

1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Página 17 de 20 Anterior  1 ... 10 ... 16, 17, 18, 19, 20  Seguinte

Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Pujol em Seg Mar 11, 2013 7:08 am

Tartaro, o cemitério dos Deuses se tornou o campo de batalha de dois guerreiros cuja a determinação não conhesse limites.

Pujol vê que Mirapolos cumpre sua palavra e decide que voltaria para ajudar o mesmo, pois essa era sua promessa.


Pujol levanta voo na direção que a alma de Hades se encontra, o mesmo está muito ferido e cansado, após a luta contra 3 dos mais poderosos cavaleiros de ouro, mas algo acontece um cosmo entra em contato com ele. Pujol fica estarrecido com o poder de tal cosmo.


???: Então um juiz do meikai decidiu vir até o Tartaro para salvar Hades? Mas como fara para que érebos o liberte?


Pujol: Érebos? Um dos Deuses primordiais está aprisionando o imperador? "Perguntava já sabendo a resposta"


???: Exatamente. Mas como você fara para libertar Hades, nesse estado?


Pujol: Irei derrotar Érebos, Queimarei minha vida na esperança que uma faisca de meu cosmo desperte o imperador Hades e que deixe o caminho livre para que ele volte ao Meikai e realize seus desejos!


????: Excelente você é digno, meu nome é Nemesis, sou uma das Deusas do Tartaro e lhe ajudarei a enfrentar Érebos, aquele que tomou o poder do Tartaro de minhas mãos e você lhe dará um castigo pior que a morte! A derrota por um mortal. "Fala com o Juiz"
Nemesis: Mas antes irei consertar essa sua Surplice e curarei todos seus ferimentos!


Pujol: Quais são suas intenções Nemesis? E me diga o por que que você quer libertar meu imperador?


Nemesis: Juiz insolente, Hades que me concedeu o poder para controlar o Tartaro, daria minha vida por ele. Mas como você o serve contarei meu plano, lhe emprestarei um pouco do meu poder, você conseguirá batalhar com Érebos e talvez acorde Hades, ou poderá morrer de forma miseravel neste mundo.
Nemesis atira seu cosmo contra Pujol, o mesmo sente seu poder aumentando 3 vezes, mas é advertido que esse poder só ficara com ele na luta contra Érebos e que o tempo no Tartaro é relativo mudando de um lugar para o outro.


Pujol parte em direção ao lugar que a alma de Hades se encontra, sem ao menos agradecer a Deusa, a mesma sabe a preocupação do Juiz.
Pujol pensa, Mirapolos talvez o tempo no lugar onde eu luta demore mais a passar, talvez possa te ajudar.
Chegando ao destino uma entidade sombria aparece em frente ao Juiz.


????: Juiz da morte, você ousa entrar neste lugar sagrado! "Um forte cosmo fala"
Érebos: Juiz da morte, eu vi tudo oque você fez no Tartaro, como corrompeu com o medo e destruiu uma de minhas irmãs demônio e ainda mais como pretende salvar Hades, o Deus que me roubou o Meikai!


Pujol: Não me interessa quem roubou oque de quem. Quem você sejá ou suas irmãs demônios! Irei libertar Hades e se preciso destruirei você deus primordial!


Érebos: Como fará isso idiota? Você é apenas um mortal e nada mais, lhe transformarei em esterco.

Érebos ataca Pujol com toda sua força, o mesmo não é muito paciente e aceita a provocação do juiz. Os mesmos se golpeavam na mesma velocidade, o Deus estava perplexo com o fato, após certo tempo Pujol acaba acertando um golpe em Érebos que é lançado a alguns metros de distância, se enfurecendo com o juiz e se esquecendo do que Hades estava próximo, seu cosmo poderia despertalo se colidisse com o mesmo.
Érebos não viu oque Nemesis havia feito a Pujol, este era seu ponto fraco.


Érebos: Como você pode se igualar a um Deus? De onde vem esse poder? "Sua fala demonstrava a sua fúria divina"


Pujol: Não devo satisfação a um deus derrotado como você.

Wyvern parte para cima de Érebos com todo seu poder, os dois começam a se atacar sem dó, o poder de Érebos era maior do que o de Wyvern, muitas vezes maior, mas o mesmo estava dando trabalho ao Deus, que a cada golpe ficava mais irritado.
Érebos derrubava Pujol com todas suas forças, mas o mesmo levantava, sua surplice já não existia, foi quando o Deus decidiu que iria destruir o mesmo.
ESPADA DAS TREVAS! GOLPE DA MORTE UIVANTE!



Pujol recebe o golpe sem conseguir se esquivar totalmente, ficando com uma abertura em seu abdomen.


Pujol: Merda, oque foi isso?


Érebos: Este é meu golpe juiz, logo as trevas vão te matar, em 3, 2, 1, 0.... Como? você não morreu!


Pujol: Hahahahahaha... Usar as trevas contra mim é um ato um tanto idiota para alguém que se chama de Deus.

Pujol usa as ondas do inferno e aparece a frente de Érebos o acertando em seu rosto. O mesmo fica pasmo com a situação, sem nem mesmo saber como agir.
Pujol: Suma Deus maldito, esse é o castigo que Nemesis lhe mandou!

A Explosão do cosmo de Wyvern acaba por nocautear o Deus, mas Wyvern está muito ferido e ruma ao encontro da alma de Hades.
Ao localizar Hades sem nenhuma corrente, a quais Érebos mantinha:


Pujol decide manifestar todo seu cosmo perante Hades, lhe enviando o mesmo para que Hades desperte. O mundo inteiro sente terremotos, o Meikai começa a se abalar e o Tartaro é manchado com uma aura ainda mais mórbida.
O imperador do Meikai, volta a vida, sabendo de tudo oque se passou e oque o juiz passou para salvar o mesmo.


Hades: Uma aliança com Athena, para destruir Mars e aqueles traidores! Vocês fizeram o certo e você Pujol, se mostrou mais leal que Radamanthys, sua vida não será levada.

Hades conserta a surplice de Pujol com seu Ikor e doa um pouco do mesmo a Pujol, trazendo o devolta a vida e tornando o mesmo ainda mais poderoso do que era no Meikai.


Hades: Você deve ir ajudar o cavaleiro de Touro, eu irei falar com Nemesis.


Pujol: sim Imperador, muito obrigado por me salvar!

Pujol parte em direção ao local onde Mirapolos estava lutando em uma velocidade ainda maior que a a luz, seus poderes eram muito superiores ao que tinha anteriormente, agora poderia ser chamado de semi-deus.
Não morra cavaleiro, pensava o juiz.


A morte chega ao local................

Narrador: Oque aconteceu a Mirapolos? Qual a intenção de Hades? Qual a extensão do poder de Pujol? tudo isso em Saint Seiya
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1249
Cosmos : 20006067
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 25
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Myu de Papillon em Seg Mar 11, 2013 5:22 pm

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Manigold de Peixes enfrenta o cavaleiro negro Kortellus de Virgem. Manigold vê suas rosas serem ineficazes contra Kortellus, que revela ter o poder de ler a mente do inimigo, e usa o Ciclo das Seis Existências em Manigold, que cai. O que acontecerá com o cavaleiro de Peixes?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!


- E então Manigold, qual mundo escolheste?


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Ah... onde estou? Isso é...


- O Paraíso... eu caí no paraíso, não tenho como voltar mais... não vou conseguir ajudar Athena.


- Manigold... Manigold... está me ouvindo?


- Mas essa voz... Athena!


- Manigold, por favor volte! Estou lhe esperando na casa de Leão, não se esqueça do seu juramento quando foi promovido a cavaleiro de ouro, me proteger, mesmo arriscando a sua vida.
Agora irei salvá-lo, volte para Aquário e derrote o inimigo!
(Nesse momento, Athena usa de seu cosmo divino e intervém, salvando Manigold de ficar preso eternamente no paraíso)


- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!


- Hahahaha, parece que Manigold caiu no paraíso, ele não tem mais como voltar. Agora preciso sair daqui e ir atrás de Athena e dos outros cavaleiros...


- Mas o quê? (Quando Kortellus ia se dirigindo a saída da casa de Aquário, Manigold surge em sua frente)


- Onde que você pensa que vai Kortellus? Eu já lhe disse antes, eu serei seu algoz, e aqui será o lugar onde você morrerá!


- Como você pode sair do meu Ciclo das Seis Existências? Mesmo para um cavaleiro de ouro, essa é uma tarefa praticamente impossível!


- Foi Athena quem me tirou de lá, ela me fez voltar para te derrotar, e é isso que eu farei! Por Athena! (Manigold parte para cima de Kortellus)


- Rosas Diabólicas Reais!


- Quantas vezes tenho de dizer que isso é inútil, Kahn!



- É agora!Rosas Piranhas! (Manigold surpreende Kortellus, lançando as rosas diabólicas apenas como distração, para que ele pegasse o cavaleiro negro de "guarda baixa" com as rosas piranhas)


- Não posso acreditar, as rosas piranhas sobrepujaram meu Kahn, ahhhhhhhhhhhhhhhhhh!


- Desgraçado, você danificou a minha armadura negra, pagará caro por isso!


- Os espíritos do submundo irão te destruir, Invocação dos Espíritos Malignos!


"Uma grande explosão se forma quando o ataque atinge Manigold, destruíndo parcialmente a casa de Aquário"


- Que golpe mais poderoso, mal pude vê-lo! Minha armadura de ouro foi danificada, se continuar assim serei morto!


- Esqueceu que eu leio a sua mente? Pelo menos você sabe que será morto... mas, por ter danificado minha armadura negra de Virgem, será morto de maneira cruel, com o poder da espada de Hades! (Kortellus prepara um golpe definitivo para acabar com Manigold)


- Esse é o seu fim Manigold! Tenma Kofuku - Rendição Divina


"O golpe atinge Manigold em cheio, e finalmente destrói a casa de Aquário, seria esse o fim?"


- Acabou, é o fim... mas... o quê é isso? Manigold maldito! Como pode sobreviver a minha Rendição Divina?


- Sobrevivi graças a minha Vinha de Rosas, elas fizeram uma espécie de casulo sobre mim, me protegendo, e bloqueando a sua Rendição Divina. Mas não pense que é apenas isso Kortellus, quando estive dentro do casulo, eu me recuperei dos ferimentos que você me causou, esse é o poder das rosas!


- Proteção e fator de cura acelerado... deveria ter imaginado. Mas Manigold, só lhe digo uma coisa... seria melhor você ter morrido com a rendição divina... meu próximo golpe será mais cruel, e suas rosas não poderão salvá-lo.


- Mas o que é isso, que portas são essas?


- Escolha seu caminho Manigold, Quatro Portas do Destino!


- Manigold, eu vou te explicar, essas são as quatro portas do destino, escolha uma delas e veja o que ela te reserva. Você vai achar esse golpe parecido com o Rikudo Rinne, mas eles tem uma diferença, enquanto no Rikudo Rinne seu destino é escolhido "na sorte", com as Quatro Portas é você quem escolhe qual caminho seguir. Enfim vamos as apresentações:


- A primeira porta, a Porta da Vida!


- A segunda porta, a Porta da Doença!


- A terceira porta, a Porta da Velhice!


- E a quarta porta, a Porta da Morte!


- Já escolheu Manigold? Se sim, vá até a porta escolhida, se não, você me dará a chance para escolher em qual você vai.


"Manigold estava em dúvida se ia para a porta da Vida ou a da Doença, porém a voz entra em sua mente, era o espírito de Phantasos."


- "Querido Manigold, por favor, escolha a porta da Morte, não se preocupe, eu irei com você até lá em espírito, você sairá vivo e bem, confie em mim!"


- E então Manigold, se não escolheu, eu vou escolher para você...


"Mas, antes que Kortellus falasse mais alguma coisa, Manigold sai correndo, e entra em uma das portas"

- Athena, Amigos, Sonia... Phantasos... eu não vou morrer aqui, jamais! Ahhhhhhhhhhhhh!


- Uma escolha arriscada, a Porta da Morte... o que pretendes Manigold? Quem entra na Porta da Morte perece instantaneamente, e sua alma será selada nesse local, então por quê?


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Kortellus acha que Manigold está louco por ter escolhido a porta amaldiçoada, a da Morte. Mas, para surpresa dele uma intensa luz se forma em sua frente, revelando ser o próprio Manigold, são e salvo."


- Você! Não posso acreditar! Como pode sair da porta da morte e voltar assim, são e salvo? Era pra você ter morrido!


- Foi por causa de Phantasos, caro Kortellus...


- Phantasos? Como pode ter te salvado, se ela está morta?


- Eu iria escolher a porta da Vida, quando senti a presença do espírito de Phantasos, que entrou em contato com minha mente, pedindo para que eu escolhesse a porta da morte. Quando eu entrei na porta, senti um terrível aperto no peito, estava tendo um infarto, eu ia morrer, quando ela, com o restante de seu cosmo, materializou seu corpo novamente por pouco tempo, mas o suficiente para ela perecer em meu lugar... sua alma agora está selada, ela se sacrificou definitivamente por mim! Eu sai de lá, são e salvo, devido a isso. Vou vencê-lo, o sacrifício de Phantasos não será em vão! (Nesse momento, Manigold começa a chorar, seu cosmo aumenta até o limite máximo)


- Maldito seja aquele travesti! Usei muito cosmo naquele golpe... mas a minha reserva de poder, graças a espada de Hades é ilimitada! Vou usar meu golpe contra você novamente!


- Rendição Divi.................. mas, não pode ser, meu poder... está diminuíndo!


"Nesse momento Kortellus sente seu poder diminiur gradativamente numa velocidade incrível, pois Pujol conseguiu recuperar a espada de Hades das mãos de Érebo no Tártaro e devolvê-la a seu dono, com isso, todo o poder que os cavaleiros negros receberam da espada estava sendo pego por Hades de volta."
[img:d99a]http://www.cavzodiaco.com.br/imagens_fas/180662/7158.VOB_snapshot_07.00_[2012.01.19_16.28.51].png[/img:d99a]

- Por quê todo esse desespero Kortellus? Parece que a bateria está prestes a perder as energias. Sua derrota é certa, eu vou te matar!


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E agora, será que Manigold finalmente conseguirá dar fim a Kortellus? Não percam o desfecho dessa luta no próximo episódio de Saint Seiya Adventure: "O último golpe! A Rosa Branca ataca!"

avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 893
Cosmos : 11006067
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 26
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Hiramaru em Seg Mar 11, 2013 6:10 pm

"Enquanto isso, na escadaria entre Touro e Gêmeos..."


Apos derrota Elion Hiramaru sobe as escadas a procura do
maldito que matara sua amada Seraphina. Ele carregava o corpo mórbido de
Seraphina em seus braços, ele cobrira o rosto de sua amada com sua capa pois
toda vez que via seu rosto cheio de sofrimento chorava.


Um raiva cobria o coração de Hiramaru, ele estava inconformado não conseguia
assimila os acontecimentos com clareza.



Quando derrepente Hira sente um cosmo agressivo se aproximando.




Hiramaru: O que é esse cosmo agressivo? "Hiramaru para de andar, tentando descobrir a origem do cosmo."




Ikelos: Groooooooooohmmmmmm "Uma
besta surge por cima de Hiramaru, abocanhando-o em cheio. Cospe o
marina com força no chão, deixando sua escama severamente danificada."


Ikelos: Tsc...esses generais marinas são estúpidos..."Ikelos surge diante de Hiramaru, saindo por uma fenda dimensional."




Hiramaru: Maldito...o que um dos deuses dos sonhos faz aqui?!! "Grita com raiva."



Ikelos: Irei eliminá-lo, Hiramaru...






Hiramaru: Voces não param de aparecer... sempre um atraz do outro..
.ja estou cheio. " a expressão de hiramaru estava muito estranha uma
mistura de tristeza e raiva."

Hiramaru coloca o corpo mórbido de Seraphina
no canto das escadarias, para evita que o corpo se envolvesse na batalha.




Hiramaru: Fica aqui meu amor... prometo que
tudo acabara logo, iai poderei fazer um enterro digno pra vc...
haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa " hira chorava"



Ikelos:
Grwooooow .... ja terminou essa ceninha?
mais que tocante "debocha Ikelos"





Ikelos: Vim
aqui para lhe matar voce esta causando muito tumulto... Oneiros não gostou nada
de você te matado uma das suas criações. Hehehe







Hiramaru: então aquele cavaleiro
ne
gro foi criado por Oneiros?






Ikelos: Isso mesmo... o que
deu o golpe mortal na sua amada também foi criação de meu irmão o cavaleiro de
Vigem negro
Kortellus grawww hehehe




Hiramaru: O que? Então Oneiros que
e o culpado por tudo isso... ele não sobrevivera... o perseguirei ate o fim do
mundo. Esse Kortellus também não saira impune.



Ikelos: Humano idiota você não ira a lugar algum, você não sairá
vivo daqui grrrwwwaaaww


Hiramaru: Icelos esse
e o pior momento para me enfrenta... irei deixa-lo em pedaços...


Ikelos: Humano você pode ser um
ex-gold saint mais mesmo assim e apenas um humano não se equipara a um deus.


Hiramaru: Vejamos tome isso...


Ikelos: Isso não funcionara contra
mim grrwaawwww.


Hiramaru: Como?


Ikelos: Eu distorci o espaço... eu liguei o espaço a minha frente a um
qualquer e assim seu golpe não me acertou.



Hiramaru: “Interessante posso usar
isso contra ele.”



Hiramaru: Tentarei de novo. Haaaaaaaaaaaaaaa


Novamente o ataque
de Hiramaru e desviado, mais dessa vez o ataque veio pra cima dele.



Ikelos: Morra


Hiramaru: Tenho que ser rápido..


Golden Triangle. “Começarei agora meu plano.”


Hira consegue
parar a tempo o seu próprio golpe que ia contra ele.



Ikelos: Bem inteligente de sua parte fazer isso.


Hiramaru: Você sempre desviara meus golpes contra mim então eu
preciso evita ataca-lo diretamente.



Ikelos: Pois tente.


Hiramaru: Vamos lá.



Parallel Sword

O golpe some antes
de atingi Icelos.



Ikelos: O que houve? Seu golpe foi tão fraco que sumiu antes de me
acerta hehehe. que humano tolo.


Hiramaru: Humm... tome outro então.







Parallel Sword
Hiramaru repete o
golpe mais 8 vezes mais nenhum acerta Ikelos.



Ikelos: Pare com isso seu tolo não ver que isso não esta funcionando.
“Esbraveja pela insistência
em golpes chulos de hira.’



Hiramaru: Você esta certo deve que não esta funcionando mesmo.
Então tome isso... “devo mentir.”




MARINA EXPLOSION



Ikelos: Idiota morrera mais rápido com ataque desse tamanho voltando
com te.


O golpe some antes
de atingir Icelos. E volta contra Hiramaru mais uma vez. Novamente Hiramaru usa
o golden triangle e se defende.




Ikelos: Você e muito fraco dragão marinho. Estou cheio disso irei te
matar agora.


De repente aparece
algo e atinge Icelos de supresa.



Ikelos: Mais o que aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhh

Cinco dos 10 ataques
que Hiramaru tinha utilizado anteriormente voltam de uma fenda no espaço e atinge
Icelos de vários lugares.




Ikelos: Maldito cof cof como fez isso?


Hiramaru: Você me subestimou... mal
sabia que meu golpe na verdade não estava sendo apontado para você.




Esse meu golpe Parallel Sword não atinge o inimigo diretamente, antes
atingi o inimigo ele entra em uma fenda do espaço e vai para outra dimensão, o
ataque volta novamente após um tempo incerto e acerta o inimigo de um ponto
cego. Não tem como prever quando e de onde viram os golpes.



Hiramaru: Você so recebeu cinco dos
10 ataques que disparei contra você, as outras devem que apareceram daqui a
pouco. Morra em paz.


Hira vira as
costas indo na direção do corpo de Seraphina.



Ikelos se levanta
muito ferido.



Ikelos; “De onde viram os ataques? Se eu soubesse poderia me
defende.... eu tenho fugir daqui.”





Antes de Icelos
entra numa fenda do espaço pra fugir uma das laminas do Parralel sword volta
contra ele o acertando em cheio.




Ikelos; Ahhhhhhhhhhhhhhhhh

Em seguida as
outras quatro aparecem, elas cortam os braços e pernas de Icelos que cai no chão.




Hiramaru: Eu disse que não tinha
como fugir.



Não o deixarei agonizando sem os braços e pernas. De darei
o golpe final.



Lembra que você desviou
dois dos meus ataques?



Eu os absorvi propozitalmente com meu Gold triangle.



Agora os receba de volta.





Hiramaru reabre o
portal do golden triangle os golpes que haviam sido absorvidos voltam contra Ikelos.



Ikelos: He he bem pensado... você deixou eu desvia seus golpes
contra te para absorve-los para usar depois.... hehe eu perdi



Ikelos e atingido
em cheio e morre com um sorriso no rosto.



Hiramaru: Oneiros e Kortellus vocês
seram os próximos.


Hiramaru: Meus golpes sairam muito mais fortes nessa luta... sera que isso e o poder de Poseidon? "Com esse poder matarei os malditos com facilidade."


Hira pega Seraphina
nos braços e começa a subir as escadas novamente.



avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006255
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 25
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Aiacos em Seg Mar 11, 2013 9:25 pm

"Enquanto isso, num lugar inóspito, uma dimensão onde só os deuses poderiam passar ..."



"Uma fenda se abre na hiper dimensão."



- Que diabos de lugar é esse??? "Elion é arremessado para fora da fenda, parando no meio da Hiper Dimensão."



- Essa não...é a hiperdimensão...onde somente os deuses podem passar..."Elion arregala os seus olhos, assustado com o lugar."




- Aaaaaaaarghhhhhhhhhh...."Elion se desintegra no meio da Hiper Dimensão."

==============================================================

"Enquanto isso, no Mukai."



"Oneiros observa tudo atentamente."



"Ao lado de Oneiros, estavam Morpheus e Ikelos."



- Hahahaha...esse dragão marinho não é nada mal... "Observa Elion enfrentando Hiramaru."

"Eis que Oneiros e os outros observam Elion sendo derrotado por Hiramaru com o seu Triângulo Dourado, jogando o cavaleiro negro na Hiper Dimensão, matando-o instantaneamente."



- Tsc...você também, Elion ?? "Fala sarcasticamente."



- De fato, esse general marina representa um risco em potencial...não devemos subestimá-lo..."Fala seriamente para seu irmão."



- Eu sei disso, meu caro irmão..."Esboça um sorriso sádico, observando a alma de Poseidon abandonar o corpo de Seraphina, adentrando no corpo de Dragão Marinho."



- Com isso, Kortellus conseguiu atrasar Poseidon...muito bem. "Fala satisfeito com o resultado."



- Hunf...esse general marina está fazendo hora extra...
"Ikelos debocha."




- Isso ainda não acabou...devemos matá-lo a todo custo...."Aponta seu dedo para Hiramaru que aparecia no globo."



- Você não pretende selar ele, assim como os outros?? "Indaga Morpheus."



- Não...ele deve morrer, pra ontem. "Responde estreitando os olhos, observando Hiramaru apressar seus passos, carregando Seraphina morta em seus braços."



- Deixe comigo, Oneiros. Acabarei com a vida desse maldito. "Esboça um sorriso sádico, ansioso para matar Dragão Marinho."



- Excelente, você tem o meu aval, Ikelos. "Esboça um sorriso cínico."



- Graaauuuuhhrrr...eu irei atrás dele, meus caros..."Dá um rosnado bestial, enquanto se dirige até uma fenda dimensional, desaparecendo."

=======================================================

"Enquanto isso, na casa de Gêmeos."




"Tiomno se assusta, completamente surpreso com a armadura de ouro de Gêmeos a sua frente."



- Não posso acreditar...Onmoitu..."Tiomno fala surpreso."




- Me perdoe...
"Fala sobrecarregado de remorsos e lágrimas."




- Eu não posso fazer isso...não consigo..."Vira-se de costas para a armadura, que brilhava intensamente. Segurava o Rosário das 108 contas que Onmoitu carregava consigo."




- Tiomno...defenda Athena... "As palavras de seu irmão menor ecoam em sua mente."




- Onmoitu..."Volta a encarar a armadura de Gêmeos."



"A armadura brilhava intensamente, chamando a atenção de Tiomno."



- Heh...a quem quero enganar? Não nasci para ser um cavaleiro negro..."Esboça um sorriso sádico."



- Venha a mim...armadura de gêmeos !! "Eleva seu cosmo, eis que a armadura se desmonta por completo, montando-se em seu corpo."



- Que se fodam aqueles deuseus...irei servir a Athena..."Esboça um sorriso cínico, apressando seu passo, deixando a casa de Gêmeos para trás."

===========================================================

"Enquanto isso, no Mukai."



- Mas o que?? "Oneiros fala surpreso, ao ver Tiomno abandonar a surplice de Gêmeos, voltando a ser um cavaleiro de Athena."



- Maldito traidor...irá pagar caro por isso!! "Grita de raiva."

================================================================

O que será que Tiomno vai fazer? Não percam o próximo episódio.
avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1491
Cosmos : 20009072
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Aiacos em Seg Mar 11, 2013 9:50 pm

==================================================

"Enquanto isso, no Mukai."



- Me parece que agora só restam dois cavaleiros negros...Leão e Virgem...é uma pena que seu plano tenha fracassado, Oneiros. "Morpheus se aproxima."




- Esse bastardo vai pagar caro...maldito seja !! "Esbraveja Oneiros."




- No fim das contas, não passa de mais um cavaleiro de ouro, assim como os outros...




- Falando nisso, como eles estão?? "Esboça um sorriso sarcástico, virando-se para Morpheus."




- Os quatro se encontram selados..."Cruza os braços, encarando Oneiros seriamente."



- Dukeee de Leão...




- Genbu de Libra...Kaique de Áries...




- E o lendário matador de deuses, Seiya de Sagitário...




- Dessa forma, restam poucos cavaleiros...é questão de tempo até esmagarmos o resto..."Esboça um sorriso maquiavélico."



- Fantástico Morpheus...fantástico..."Esboça um sorriso de satisfação..."



- Com licença, tenho mais coisas para fazer..."Vira-se de costas, se afastando de Oneiros, caminhando pelo mundo dos sonhos, enquanto milhares de papoulas nascem por onde anda."

"Oneiros fica sozinho, observando a luta entre Ikelos e Hiramaru, eis que o deus dos pesadelos é esquartejado impiedosamente pelo general marina."



- Eu não posso acreditar...até tu, Ikelos?? "Oneiros fala inconformado."

===============================================================

"Enquanto isso, no Meikai."



"Myu e Lune haviam chegado ao inferno, junto com os outros espectros."



- É isso mesmo que você ouviu Lune...Pharaoh não quis voltar conosco, desobedeceu às ordens superiores..."Fala encarando Balrog."



- Não posso acreditar...aquele idiota..."Lune fecha seus olhos, suspirando com pesar, lamentando a morte de Pharaoh."



- Sinto muito Lune...



- Mas foi o caminho que ele escolheu..."Myu fala enquanto se afasta de Lune, saindo do local."



- Descanse em paz, Pharaoh. "Se retira do local, indo até Giudecca, atrás dos juízes."

============================================================


Última edição por Garuda no Larva em Seg Mar 11, 2013 10:23 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1491
Cosmos : 20009072
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Aiacos em Seg Mar 11, 2013 10:12 pm

=============================================================

"Enquanto isso, no Mukai."



- Maldição...você irá pagar caro, Hiramaru. "Fala com desprezo, vendo o general marina correndo pelas dozes casas, com Seraphina em seus braços."

"Eis que a espada de Hades volta para o seu dono, fazendo Kortellus perder a sua força."



"Oneiros se espanta com os acontecimentos no Tártaro."



- Essa não...Kortellus vai perder suas forças...maldição..."Fala surpreso."




- Phantasos... "Observa no globo a luta entre os dois."




- Por que se sacrificou por aquele maldito cavaleiro de peixes? Manigold já deveria ter morrido com as Quatro Portas do Destino..."Fala inconformado com os gestos de Phantasos."



- Aqueles dois tem sido uma verdadeira decepção...e agora Kortellus corre risco de ser derrotado..."Analisa a situação crítica em que se encontravam os cavaleiros negros."




- Chegou a sua vez de atacar, meu caro... "Aponta para o elemento."




- Com prazer, Oneiros-sama...
"Leão negro reverencia o deus."

"Regaw de Leão, o último dos cavaleiros negros, e o algoz de Dukeee de Leão."

==============================================================


Não percam o próximo episódio.

avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1491
Cosmos : 20009072
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Myu de Papillon em Seg Mar 11, 2013 10:41 pm

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A batalha entre Kortellus e Manigold continua, Kortellus usa as "Quatro Portas do Destino" para tentar vencer o pisciano, porém uma salvadora intervenção de Phantasos (que estava unida a Manigold) evita o fim dele. Phantasos desfaz a união e se sacrifica, tendo a alma selada na Porta da Morte.
Pujol consegue recuperar a espada de Hades das mãos de Érebo, e devolve a seu deus. Todos os cavaleiros negros que tiveram sua força baseada no poder da espada começam a perder suas energias gradativamente, assim Kortellus fica em desvantagem contra Manigold, é hora da virada do jogo.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Grrrrrrr, maldição! Meu poder... ele está se esvaindo.


- Ora ora, o encanto da Cinderela está prestes a acabar... parece que sua oportunidade de me matar foi embora. Agora é a minha vez!


- Rosas Piranhas!


Kahn! (Kortellus defende o golpe, porém com muita dificuldade, devido ao esgotamento de seu cosmo)


- "Se continuar assim, Manigold vai vencer. Algo deve ter acontecido a espada de Hades, estou ficando sem forças, tenho de arriscar tudo agora, utilizando aquele golpe..." (Kortellus, em pensamento, planeja uma última investida contra Manigold)


- Manigold, vou lançar você ao outro mundo com os espíritos malignos, é o que eu farei pra te derrotar.(Kortellus lançaria primeiro esse golpe, se não desse certo ele apelaria ao último golpe...)


- Eu também tenho uma arma pra te vencer, você morrerá com essa rosa branca cravada em seu peito.


- Então é o que veremos Manigold, Invocação dos Espíritos Malignos!


- Morra Kortellus, Rosa Sangrenta!


"A colisão entre os cosmos gera mais uma explosão, e ambos os cavaleiros são atingidos."


- Droga, minha armadura de ouro está severamente danificada, mas pelo menos não fui para o outro mundo... e pelo que parece, você está condenado Kortellus...


- Eu? Condenado? Está de brincadeira, não será tão fácil...


- ...Mas, não pode ser! Ele me atingiu! (Kortellus percebe que a rosa branca atingiu seu coração)


- Agora Kortellus, essa rosa branca começará a drenar o seu sangue. Quando a rosa se tornar vermelha, você morrerá! Agora fique quieto e espere a morte, hahahaha!


- Parece que não há alternativa então... ahhhhhhhhhh! (Kortellus crava a mão em seu peito, retirando tanto a rosa branca como seu coração também)


- Está louco? Como pretende sobreviver sem seu coração?


- Enquanto minha energia não voltar totalmente a espada de Hades, eu continuarei vivo. Sei que logo essa energia acabará, mas ainda dá tempo de lançar meu maior golpe.


- Seu maior golpe? Então...


- Sinta o poder da maior técnica de Kortellus, Crepúsculo da Iluminação!


- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!


- "Todos os seres vivos tem a capacidade de atingir a iluminação, se tornando um ente iluminado, desenvolvendo suas qualidades positivas, bem como suas virtudes, e erradicando todas as qualidades negativas. Atingindo essa etapa, alcança a libertação dos ciclos de incontroláveis nascimentos, ou seja, o samsara, atingido o Nirvana. É aquela paz que todos buscam...


- ... agora imagine o contrário de tudo isso, todas as suas qualidades negativas vindo à tona: Ódio, Rancor, Inveja, tudo isso cravado na sua mente, a total escuridão da alma...


- ...Manigold, você morrerá pelos sentimentos malignos, o rancor que você guarda dentro de seu coração, perderá todos os sentidos, um por um, logo depois terá sua mente destruída, e esse será o seu fim. Vou morrer logo em seguida, mas antes, adeus Manigold!"


- Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!


"Manigold cai no chão, todo o ódio que ele acumulou quando perdeu as pessoas que amava na batalha voltaram contra ele, estava perdendo todos os sentidos gradativamente, porém ainda tinha uma carta, ou melhor, uma rosa na manga."


- Kortellus, estou perdendo meus sentidos, morrendo... mas você também está partindo, tenho algo pra você antes de ir...


"Manigold ergue seu braço, e revela uma rosa dourada."


- Kortellus, sinta-se honrado por ser o primeiro cavaleiro a receber este meu golpe, essa rosa dourada é diferente das outras...


- As Rosas Diabólicas Reais paralizam o oponente, o enfeitiçando. Ele morre sem sentir dor.


- As Rosas Piranhas destróem tudo ao redor, massacrando completamente a armadura e o corpo do inimigo, sem deixar rastros.


- As Rosas Brancas drenam todo o sangue do inimigo para dentro delas, quando tornam-se vermelhas, o inimigo perece. É um golpe indefensável.


- Já esta Rosa Dourada é especial, só pode ser lançada em último caso, quando seu portador está a beira da morte. Quando atinge o corpo do oponente, independente do local (peito, cabeça, perna, etc.) ela drena, em vez do sangue, o cosmo do inimigo, quando terminada a absorção, ela sai do corpo e desaparece, transformando o cavaleiro atingido em um humano qualquer, sem nenhum poder, indefeso como um bebê. Caso o oponente tente tirá-la, ela entra totalmente no corpo e explode, matando o oponente de maneira instantânea.


- Portanto Kortellus, aqui é o fim da linha, acabou. Rosa Dourada! (Manigold lança a rosa dourada em Kortellus, atingindo-o na barriga)

(Imaginem uma rosa dourada no lugar da branca)


"Após isso, Manigold desmaia no chão, estava completamente esgotado, mas Kortellus, mesmo derrotado, usa de suas últimas forças para ir até o inimigo, sem nada de cosmo, ele aponta sua mão para o peito de Manigold, a fim de perfurar seu coração."

- Manigold, você me transformou em um qualquer, um ser indefeso, mas ainda capaz de matar com as próprias mãos, morra!


- Pare já com isso! Seu adversário sou eu! (de repente uma voz surge das escadas, uma pessoa se aproximava do indefeso Kortellus)


- Você é...


- Sou aquele que veio em busca de vingança contra você, seu filho da puta! Mesmo estando dessa maneira, indefeso como um bebê, terei imenso prazer em destruí-lo! Por Serafina!


- Você é aquele homem! Não pode ser, deveria estar morto!


- Sim, sou eu mesmo, mais vivo do que nunca, eu, Hiramaru de Dragão Marinho fechará seu caixão!


=========================================================================

Enquanto isso, na casa de Escorpião...





Manigold...

=========================================================================
avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 893
Cosmos : 11006067
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 26
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Hypnos em Ter Mar 12, 2013 12:33 am

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Anteriormente nos episódios passados, Manigold havia voltado do Yumekai salvo pelo poder de Phantasos e de volta ao Santuário; Ele chegou na Casa de Libra e mal acabara de retornar sentiu um cosmo agressivo e esquisito vindo de Aquario.
O Cavaleiro de Peixes, parte na velocidade da luz para a 11ª Casa Zodiacal, interceptando o autor do cosmo, era o Cavaleiro Negro Kortellus de Virgem. Ambos travam uma batalha entre vida e morte, difícil para ambos, terminando com a vitória de Manigold, que cai desacordado e exausto. Porém Kortellus mostra-se resistente ao ataque da Rosa Dourada que drenou completamente seu cosmo, e parte mesmo assim para cima do indefeso Manigold afim de mata-lo com suas próprias mãos;

Eis que na hora H, surge Hiramaru de Dragão Marinho, ex-Cavaleiro de Ouro de Capricórnio, para se vingar de Kortellus e salvar seu Mestre.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso na Casa de Escorpião, uma figura emblemática surge misteriosamente por lá:



Figura: Ahh, muito bom estar de voltar.... Athena lamento te-la deixada desamparada, mas.....eu estava fora de mim....mas agora que seu poder me trouxe de volta, juro que irei defende-la junto do meu amor!!


(Considerar a Sonia sem armadura no lugar do Mu)

A figura caminha pela silenciosa e vazia Casa Zodiacal, estava escura, e apenas se via vislumbres da claridade exterior, a pessoa continua caminhando até chegar a uma ante-camara secreta, onde se encontrava a Armadura Sagrada de Ouro de Escorpião, reluzindo tanto quanto o sol!!



Figura: Venha querida armadura, vista-me e proteja-me e juntar iremos proteger uma vez mais Athena!!

A Armadura Sagrada emite um poderoso brilho ofuscante e parte para junto da Figura, se montando completamente, eis que a figura revela-se!!



Sonia: Manigold meu amor, Athena-sama, companheiros de luta, lamento tanto a demora, mas agora estou aqui para auxilia-los no desfecho final dessa ambição maligna de Marte!!



Sonia: Manigold amorzinho....seu cosmo esta desaparecendo!! N-não pode ser!!! Meu amor que é dito o mais poderoso Cavaleiro de Ouro de gerações, está m-morrendo - Sonia sente borboletas voando pelo estomago, e sua saliva parece descer arranhando a garganta -



Sonia: Que diabos estará acontecendo em Aquario?? Sinto um cosmo grandioso lá também, e me é familiar...mas...não consigo identificar de quem é....maldição!!!!



Sonia: Muito bem....não posso perder mais tempo aqui....irei imediatamente de encontro ao meu Manigold e Aquario e derrotarei quem for que estiver profanando o Santuário e a honra de Athena

Sonia parte rapidamente escadas acima, passando por :



A Casa de Sagitário estava vazia, o Cavaleiro de Ouro Seiya não estava lá, e Sonia não via sequer vestigios da Sagrada Armadura de Sagitário, ela percorre o longo corredor da Casa de Sagitário, subindo um lance de escadas, chegando a saida da mesma, onde até hoje jazia fincada a flecha dourada e abaixo o testamento de Aiolos;





Sonia: Aiolos, Seiya!! Eu juro proteger Athena bem como a paz na terra!! É meu dever como Amazona de Ouro. - Sonia faz uma leve reverencia frente ao testamento, e o toca carinhosamente -

Momentos depois, a Amazona decide que é hora de continuar sua jornada, partindo mais um lance de escadas acima, correndo em direção a Capricórnio, chegando após alguns minutos!



Sonia não perde tempo e adentra rapidamente a 10ª Casa Zodiacal, percorrendo seus escuros e sombrios corredores....até chegar a Estatua de Athena!!




....e percebe algo estranho pouco a frente da estatua, quase lateralmente a mesma, emanando uma cosmo energia muito triste e solitária.



Sonia: É a Sagrada Armadura de Capricórnio...mas esta vazia....não pode ser possível!!

Sonia aproxima da armadura e percebe que ela emitia um som de lamento e tristeza, que a fazia chorar e sua armadura de escorpião reagia aos lamentos da sua irmã de capricórnio, emitindo uma cosmo energia triste;



Sonia: A Armadura de Capricórnio e Escorpião estão se lamentando e compartilhando uma tristeza enorme....essa tristeza faz meu coração doer e ....porque estou chorando?? - leva suas mãos ao seu rosto e enxuga as lagrimas que rolavam face abaixo -



Sonia: Essa armadura parece estar sofrendo muito....o que será que houve com o Cavaleiro que a protegia, o pupilo do meu amor?? Sei que Manizinho o treinou muito para que ele fosse incrivelmente forte e um possível sucessor....será que seu pupilo pereceu nessa luta??



Uma dúvida rondava a mente de Sonia sobre o paradeiro de Hiramaru, porém ela volta sua atenção ao presente e decide continuar sua jornada até Aquario, deixando a armadura solitária de Capricórnio chorando e lamentando-se e indo até a saída da Casa e subindo para Aquário.

Depois de breves minutos subindo as escadarias, Sonia sente o poderoso cosmo desaparecer completamente, e o cosmo de Manigold ficando ainda mais fraco, quase sumindo. Ao mesmo tempo, nota um poderosíssimo cosmo que chegara a Aquário, sentia algo de familiar nesse cosmo também, mas seu poder estava acima dos limites de um humano comum.



Sem perder tempo nas escadas para 11ª Casa, Sonia parte rapidamente chegando sem logas demoras a Aquario, onde depara-se no lugar de uma Casa Zodiacal.




Ruinas e escombros por todos os lados, e a temível cena, de um lado estava Manigold, ele jazia no chão, com 1/3 da armadura de Peixes danificada e algumas partes quebradas, a armadura estava em um estado lamentável.





Sonia: M-manigold.....Nãoooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!

Seu cosmo em choque eleva-se além dos limites normais, aumentando exponencialmente, provocando tremores nas ruinas de Aquario...



despertando além do grito a atenção de Kortellus e Hiramaru que estavam concentrados um no outro.



Kortellus: O que?? Quem é essa mulher?? E que cosmo poderoso é este que emana dela??



Hiramaru: É a Sonia sem dúvidas!! Então ela estava viva esse tempo todo....mas.....que poder é este que sinto emanando dela... não é como antes.....

Sonia havia deixado ambos os Cavaleiros em choque diante do seu inesperado poder, mas ela parecia ignorar a presença deles....ela vai até onde Manigold jazia caido, e ajoelha-se perante o mesmo, o pegando em seu colo, lagrimas mais uma vez rolavam por sua face, caindo no rosto ferido e ensanguentado de Manigold, ela o abraça fortemente.



Sonia: Amor seu tonto o que foi fazer?? Olhe para voce....pretendia me abandonar sozinha aqui?? Não ouse morrer seu cretino, ouviu bem?? Se voce morrer, eu jamais perdoarei você.....pagará caro!!

Sonia deixa Manigold cuidadosamente no chão, e ergue elevando seu cosmo monstruosamente, se virando para Kortellus e Hiramaru!



Sonia: Eu ia perguntar qual dos dois vermes foi o responsável por essa blasfêmia, mas mudei de ideia....decidi que é melhor eliminar ambos e que decidam no inferno quem é o culpado....



Sonia já havia partido para o Ataque sem aguardar explicações....




(Considerar Sonia no lugar do Miro)

AGULHAAAAAAAA ESCARLATEEEEEEE!!!


(Considerar Sonia no lugar do Miro)



...golpeando Kortellus com 04 agulhas escarlates, atirando-o longe, fazendo com que seu corpo arrebentasse alguns pilares e se chocasse fortemente contra um, caindo ao chão. Virando em seguida para o Marina sem delongas preparando-se para disparar seu ataque quando.....



ESPERE SONIA!!! ESPERE!! - Uma voz ecoava pela montanha, a mesma se mostrava familiar -



Hiramaru: Você me conhece muito bem....sou eu...Hiramaru, pupilo fiel do Mestre Manigold!! - dizendo essas palavras, Hiramaru retira seu elmo, revalando seu rosto -





Sonia: Você é.....



Sonia: Hiramaru de Capricórnio!!! O que faz trajando uma escama de Poseidon?? Por acaso traiu Athena e seu Mestre?? Miserável, irá pagar caro por esta dupla traição!!



Sonia elevava seu cosmo intensamente, mostrando ser portadora de um poder extraordinário, e se preparava para disparar seu golpe, a aura do Escorpião revelava-se atrás dela, como um sinal que sua constelação protetora agora estava completamente unida a ela.



Sonia: Prepare-se para desaparecer desse mundo inseto insignificante...pagará com sua vida por essa insolência contra Athena.....



Hiramaru: Espere por favor!! Eu posso explicar tudo....mas me de uma chance para isso...se me matar estará cometendo um terrível engano, eu não sou inimigo.....



Sonia: O que disse?? Explique-se Hiramaru, antes que eu mude de ideia - abaixava seu cosmo, esperando a resposta de Hiramaru -



Hiramaru: Eu vou lhe contar tudo após derrotar aquele miserável que voce atacou...me permita elimina-lo Sonia, e prometo que contarei tudo a você em seguida, tem minha palavra de honra!!



Sonia: Esta bem!! Prossiga com aquele verme, mas se me enganar, não haverá perdão!! Estarei lhe esperando!



E sonia parte para junto de Manigold, tornando a se ajoelhar perante o mesmo, e a toma-lo em seus braços, acariciando seu rosto ferido, e dando-lhe diversos beijos de amor e carinho, com um pouco de arrependimento e remorso por te-lo deixado.


(Considerar Sonia com armadura de Escorpião e Manigold no lugar do Souma)

Hiramaru, volta-se ao local onde havia caido Kortellus, e caminha até lá, elevando seu cosmo infinitamente, forçando o chão e as ruinas a tremerem novamente, diversos raios tomam os céus, e caem sem parar por inúmeros locais.



Hiramaru: Esse será seu fim desgraçado.....prepara-se para sentar no colo do capiroto.....ooooooaaaaaaaaaaa

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Conseguirá Hiramaru exterminar completamente Kortellus e cumprir seu destino?? E Sonia, conseguirá salvar a vida de seu amado marido?? O que acontecerá nas ruinas de Aquario??

Não perca o próximo episódio de Dragon Ball Z serááá - Kortellus é derrotado!! O Orgulho Marina



Última edição por Pisces no Manigold em Ter Mar 12, 2013 1:45 am, editado 2 vez(es)
avatar
Hypnos
Fundador sonolento
Fundador sonolento

Mensagens : 2096
Cosmos : 1006008
Data de inscrição : 20/12/2012

Ver perfil do usuário http://coronas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Hypnos em Ter Mar 12, 2013 12:36 am

==========================================================================
Post do Hiramaru de 23h e 31min

==========================================================================

Santuario

Frente da casa gêmeos.

Hiramaru acabara de matar Ikelos um dos deuses dos sonhos que foi a sua
procura para mata-lo. Quando ele sente a explossão feita pelo encontro de dois
cosmos poderosos.

Hiramaru: Esses cosmos poderosos veem da casa de Aquarius. Um dos cosmos e do meu mestre o outro é... não me diga... e o maldito que maltou Seraphina. Tenho que ir ate la antes que meu mestre o mate.

Hira coloca o corpo de seraphina a beira da portaria de casa de Gêmios.

Hiramaru: Espere aqui meu amor eu irei em busca de vingança.

Hiramaru: Eu usarei meu Golden triangle para me lança na casa que eu protegia, assim chegarei mais rapido no local.

GOLDEN TRIANGLE

Hiramaru usa o golden triangle e é lançado na casa de Capricornus.

Hiramaru: Pronto agora estou bem perto... espere mestre não o mate antes de eu chegar.

Hiramaru chega na casa de Aquarius que estava quase totalmente destruida.

Hira adentra na casa e encontra Kortellus a beira de da o golpe final em manigold.

Hiramaru: "Como e possivel ele derrotou meu mestre."


Kortellus: Manigold, você me transformou em um qualquer, um ser indefeso, mas ainda capaz de matar com as próprias mãos, morra!

Hiramaru interompe Kortellus.

- Pare já com isso! Seu adversário sou eu!


- Você é...


- Sou aquele que veio em busca de vingança contra você, seu filho da puta! Mesmo estando dessa maneira, indefeso como um bebê, terei imenso prazer em destruí-lo! Por Serafina!


- Você é aquele homem! Não pode ser, deveria estar morto!


- Sim, sou eu mesmo, mais vivo do que nunca, eu, Hiramaru de Dragão Marinho fechará seu caixão!


Hiramaru: Não consigo senti nenhum cosmo vindo de você, parece mais um bebê indefeso.

Hiramaru: A sua fragilidade não o salvara pelo o que voce fez com minha amada.

Hiramaru: Não sobrara nada do seu corpo.

Hiramaru: Desapareça.

Kortellus: Vamos acabe logo com isso chega de bla bla bla.

Hiramaru: Não precisa dizer.

Vire pó seu maldito

MARINA EXPLOSION



Kortellus que estava sem cosmo energia e envolvido totalmente pelo golpe de Hira, seu corpo fragil não aguenta a força e vira pó que depois e levado pelo vento.

avatar
Hypnos
Fundador sonolento
Fundador sonolento

Mensagens : 2096
Cosmos : 1006008
Data de inscrição : 20/12/2012

Ver perfil do usuário http://coronas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Myu de Papillon em Ter Mar 12, 2013 2:21 am

"Enquanto isso, no Meikai, mais precisamente em Giudecca..."


"Mirapolos apareceu junto de Pujol em Giudecca, dizendo que tinha um plano para recuperar a espada de Hades. O plano era ir até a camada mais profunda do submundo, o Tártaro, o mundo do eterno esquecimento, para encontrar tanto Hades quanto a espada dele.
Mirapolos sabia que era muito arriscado ir até o Tártaro, pois poderia ficar preso lá para sempre, mas Pujol ofereceu auxílio para ir até lá, para garantir que o taurino não faria nada com o espírito do imperador do submundo.
Ambos partiram, na esperança de recuperar a espada, e voltarem a salvo para o Meikai.


Enquanto isso, Larva e os demais espectros questionaram Henrique de Griffon sobre o que deveria ser feito a partir de agora, mas o juíz parecia confuso, ainda sem entender o que estava acontecendo..."

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- O quê vamos fazer agora Henrique? Devemos nos aliar aos cavaleiros de Athena ou, caso Mirapolos e Pujol voltem, matarmos Mirapolos por ser inimigo e Pujol por traição? (Questonava Kagaho)


- Senhor Henrique, porquê todo esse silêncio? Você é o juiz que dá a palavra final para agirmos, responda por favor! (Stand estava nervoso)


- Senhor Henrique, com todo o respeito, mas você está surdo? (Indagava Violate, também nervosa)


- Por favor fiquem em silêncio! Preciso pensar bem para agir! Não podemos nos precipitar em um momento tão crucial como este! (Henrique esbraveja com os outros espectros, seu nervosismo era evidente, estava em choque com essa "aliança" proposta por Pujol e Mirapolos)


"Larva continuava em silêncio, sabia que Henrique não aceitaria essa aliança, já tinha certeza do veredicto do mesmo"


"Unirmos nossas forças com a dos guerreiros de Athena... o Pujol perdeu a noção, não é essa uma atitude boa a ser tomada, ele errou, e feio. Jamais vou aceitar uma situação como essa... mas e se eles conseguirem recuperar a espada de Hades? E se Hades resolvesse lutar junto de Athena mesmo que por pouco tempo? Caso isso aconteça, se eu decretar a sentença de morte a Mirapolos e Pujol, serei condenado por Hades... é muita coisa para minha cabeça, estou muito confuso..." (Henrique, em pensamento, entrava em desespero)


- Senhores, a minha sentença é essa: Até que Pujol e Mirapolos voltem a Giudecca, devemos aguardar, não fazer nenhum passo, porém um de nós vai ao santuário investigar o que está ocorrendo, Stand, conto com você! (Henrique dava sua sentença, algo inédito, esperar os outros chegarem para iniciar um novo julgamento)


- E eu senhor Henrique, terei de esperar aqui também? Ah, puta que pariu! (Kagaho reclamava, e com razão, da decisão de Henrique)


- Ousa contestar minha decisão Kagaho, será punido por isso! (Henrique vai em direção a Kagaho, para puní-lo por falta de respeito a um superior)


"Mas, para surpresa de Henrique, Larva se coloca em sua frente, reclamando de seu colega Kyoto"

- Henrique, seu nervosismo está lhe transformando em um ser autoritário, algo que, desde que nos conhecemos, nunca vi você ser assim. Não vou deixar que puna Kagaho, mesmo que ele mereça isso.


- Me desculpe amigo, mas não consigo acreditar nesse fato... unir-se aos cavaleiros de Athena é ridículo, não posso aceitar.


- Você está agindo por emoção, está deixando a razão em segundo plano, e isso é um erro. Mas concordo que devemos esperar, caso, mesmo que por um milagre Mirapolos e Pujol voltem do Tártaro, devemos iniciar um novo julgamento aqui.


- Hahahahahahaha! Um juiz emotivo, era só o que faltava! (De repente surge dentro de Giudecca mais uma pessoa, seria um inimigo?)


- Quem é você? Revele-se, independente de quem seja!


- Alguém sem culhões para tomar uma decisão importante, e tem uma crise nervosa durante isso deve abandonar o posto de Kyoto do Meikai, com todo o respeito.


- Mas não se preocupem, sou um amigo. Estou do lado de vocês...


- Mas você é... (todos ficam pasmos ao ver quem estava em Giudecca)


- Vou me apresentar de maneira cordial, como é do meu feitio... meu nome é Youma!


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E agora, quem será esse Youma e o que ele planeja? Qual será o destino de Mirapolos e Pujol quando voltarem (e se voltarem) do Tártaro? Não percam o próximo episódio de Saint Seiya Adventure.
avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 893
Cosmos : 11006067
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 26
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Cancer no Malakh em Ter Mar 12, 2013 2:23 am

Na Casa de Virgem...

- Onmoitu...





- Você também, amigo?





- O que tinha de teimosia, tinha de honra.




- Cada vez mais vejo a morte como uma porta que se abre lentamente revelando pela fresta partes do meu passado. A felicidade de outrora.




- Estou propenso a atravessá-la.




- Todavia, tal momento ainda não é propício. Ainda não...



----------------

Athena, Malakh e Tenma, que haviam deixado a Casa de Leão, passaram pela Casa de Câncer e desciam se aproximando da Casa de Gêmeos.




Eles adentram a Casa.







- Onmoitu!




O Cavaleiro de Gêmeos revela uma face profundamente triste e, sem titubear, se põe de joelhos frente à deusa Athena.




- Perdão, Athena! Perdão!



Malakh fica intrigado com a cena.

- O que é isso, Onmoitu?



O Cavaleiro de Ouro vagarosamente se levanta cabisbaixo.

- Onmoitu é meu irmão. Eu me chamo Tiomno.



Athena se surpreende com a revelação.

- Tiomno?!




- E Onmoitu onde está? Ele está sem armadura?




- Ele...



O olhar de Tiomno revelava tudo o que Malakh precisava saber.

- Não me diga que... Não! NÃOOO!!!




- É minha culpa...



- Mesmo? Então olha aqui meu escudo que legal.


- Como assim sua culpa?!



- Eu retornei à vida como um cavaleiro negro, com um único objetivo: vingança. Contudo, meu irmão me lembrou o meu verdadeiro propósito através do seu sacrifício.



- Onmoitu...




- Argh! Não acredito em você! Para mim, você o matou e pegou a armadura de ouro para si. Agora está se fazendo de aliado para poder matar Athena. Pégaso, prepare-se!




- Não, Malakh! Tiomno é um cavaleiro leal. Sempre foi!






Última edição por Perseu no Malakh em Ter Mar 12, 2013 10:36 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995251
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Thanatos em Ter Mar 12, 2013 3:12 am

------MARS------



"Um choque de cosmo de cinco Marinas e a vontade de Poseidon, golpearam Mars, pela primeira vez. Havia se passado duas horas depois da explosão no Templo de Poseidon, Mars se recuperou e agora tem novos planos...."


........Oque foi isso!? Como eu pude ser atingido!?


Aquele Marina.....Aquele ataque não é um ataque normal! Cavou sua tumba Marina...


O templo de Poseidon está cedendo, deve sair daqui logo antes que o templo desmorone!!


"Mars sai das Águas e volta à Terra, nas próximidades das ruínas do antigo Castelo de Pandora"

.....


Oque significa isso!? O cosmo de Athena.....Não pode ser! Quanto tempo fiquei apagado no Templo de Poseidon!?


Ainda não acredito como aqueles Marinas conseguiram me deter, mas porque....


Não sinto o Cosmo de Éris nem o de Poseidon. MALDITOS!!! ATHENA!!!!



SE UNIRAM A ATHENA????!!! Não, não pode ser ainda consigo sentir o cosmo de Poseidon muito fraco. Agora com Éris e Poseidon próximo a Athena, há uma chance remota de Athena me derrotar, não posso tomar uma decisão precipitada agora que chegamos tão longe.... "Marte fica nervoso"


Preciso de mais poder!!!

"Mars parte em disparada a algum lugar"


VOCÊ SERÁ MINHA PRESA AGORA!!!


HEEEEEEEERA!!!!!!


"Voava a toda a velocidade, quando começou a se sentir mal..."


(imaginem Marte vuando e vendo a Lua)
HEEEEERAAA!!! A ultima Deusa que eu sei onde se encontra, não posso falhar jama-is....Oque está acontecendo!?!?


"Mars para nos Céus e começa a sentir dores, fazendo com que caisse no chão em frente a uma caverna"


OQUE SIGNIFICA ISSO!?!??! SINTO UM COSMO ME ABANDONANDO!!!!
NÃO, COMO ISSO É POSSIVEL!?

OAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA "Grita sofrendo muito"


Não pode estar acontecendo...Esse cosmo que sinto das profundezas do inferno!?!? IMPOSSÍVEL SER HADES!!!



IMPOSSIVEEEEELLLLLLLL!!!!! OAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!! "Mars estava sofrendo muito"

"Mars desmaia novamente e acorda, uma hora depois, uma surpresa! Era Vulcanos que estava lhe levantando"


O-oque aconte-eceu?! Vulcanos?! Estais vivo meu irmão!? "Com uma voz bem fragilizada"


Vulcanos: MARS-SAMA, você está bem?! Oque houve!?


Tive uma batalha em busca da alma de Poseidon, e fui parcialmente derrotado, mas eliminei quase todos os marinas..Sobraram dois.




Vulcanos: Éris se uniu com Athena e eles tem muitos guerreiros, parece que Poseidon e os Marinas estão dando uma tregua entre a rivalidade entre eles para nos derrotar, Mars-sama. Um Cavaleiro de Ouro e um Spectro jtambém juntaram suas forças e foram para Tartarus!!!


OQUE!????????????????????


Vulcanos: Sim, Mars-sama. E ainda conseguiram libertar Hades, como Érebus permitiu isto!? Será que ele foi derrotado!?


Agora entendo....Conseguiram libertar a alma de Hades. OHOHoaHAhahaha....Que virada de Mesa, ATHENA!!!

"Mars ve a caverna que havia por perto, tinha marcas e sinais muito estranhas"


Oque é isto? Esta caverna tem estes desenhos....Estas figuras somente Deuses faziam!!!



Vulcanos: MARS-SAMA, SERÁ QUE!?


OAHOHOAHHAHAHAHAHAHAhah!!!!!!! POSSO SENTIR SEU COSMO AGORA. SEU COSMO TENTANDO SE ESCONDER NAS SOMBRAS!!!!


MAS A MIM NÃO ENGANA, ESTE É UM COSMO DE UM DEUS!!!!!!!


Vulcanos: É o Deus das Armas.......


AOHAOHOAhoAHA nunca fiquei tão feliz em acha-ló. HEFESTO-SAMA!!!! Depois de tantos anos procurando, finamente lhe achei. E como o destino está ao meu favor, se não fosse Hades ter sido libertado, jamais o encontraria, AHOAhoAHoaHoahaohaa.
[img][/img]

"Marte queima seu cosmo, para ir ao encontro de Hefesto."

UUUUUUUUUUUOOOOOOOA!!!! Vulcanos...Fique de olho no que acontecerá na minha ausencia, teria uma conversa com o Deus criados das Armas dos Deuses! AOhaohoA!!!


Vigie o Santuário e o Templo de Abel onde Hera está. Não deixes ser percebido VUlcanos meu irmão, tu também não deves morrer...


Se achar um cavaleiro desprotegido, MATE-O RAPIDAMENTE e se esconda nas sombras novamente!


Vulcanos: SIM, MARS-SAMA!

"Vulcanos parte para o Santuário, Mars encontrou o Deus perdido. Hefesto, o Deus que sempre vivou entre os humanos....Mars, oque você estará pensando em fazer!?"




HEEEEEEEFESTO!!!!!!!

"O deus caído Hefesto, que foi mandado para o mundo dos humanos como Deus dos vulcões e criador de armas mágicas poderosas, estava a frente de Mars"


Hefesto: Mars....Finalmente me encontrou....


Então você já sabe??? OAaohaAHah!! Poupa-me tempo Hefesto.


Agora diga, oque você tem para mim? Ou morrerá agora!


Hefesto: Sei que irá me matar, mas vingue-me de Hera por ter me jogado no mundo do fogo....Juntos com os humanos...

"Hefesto guarda muito ódio de Hera, pois foi ela quem o derrubou do Olímpo, sua própria Mãe"


Hefesto: Pegue isto, a ultima arma criada por mim que me restou....O cetro de Agamenon! Possuem preces de varios deuses e muita cosmo energia minha alimentada neste cetro. Com ele e meu pequeno cosmo que não se compara aos chamados Grandes Deuses, você conseguirá ter sua chance, Mars....


"Hefesto se mata, se junta a Mars e o Cetro aparece em sua mão"


AOHaoHoahoAHhahahAHa, Minha auto-estima voltou posso sentir um grande poder em conjunto com o Cetro, doque será capaz este CETRO?!?! AOHoahaOhaO!!!!


EM BREVE VEREMOS.......ESTOU INDO HERA!!!!

......Continua no próximo episódio.........







Última edição por Taurus no Mirapolos em Ter Mar 12, 2013 10:59 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991603
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 31
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Thanatos em Ter Mar 12, 2013 5:21 am

------- SANTUÁRIO --------



"As 12 casas estão finalmente vazias! Timno de Gêmeos?! a Reunião dos Cavaleiros?!?"

------- CASA DE GÊMEOS ---------

"....No ultimo episódio..."


Athena: Não, Malakh! Tiomno é um cavaleiro leal. Sempre foi!


Se eu fosse um inimigo acha mesmo que eu estaria trajando a armadura de meu irmão usou??


Malakh: Grrr


-------



ATHENA, devemos esperar os outros Cavaleiros de Ouro e seguir para o templo de Abel o mais rápido possivel. Será uma missão muito perigosa


Malakh: Tiomno.....!!!!!!


Athena: Devemos esperar os outros Cavaleiros chegarem!

"Tiomno elevava seu cosmo...."



Comunicação por cosmo no Santuário



.......ESCUTEM.......


CAVALEIROS DE OURO DO SANTUÁRIO!!!!!


DEVEMOS NOS REUNIR NA CASA GÊMEOS, AGORA MESMO.


ATHENA SE ENCONTRA AQUI A ESPERA DE VOCÊS......

.....

"Todos os Cavaleiros de Ouro haviam sentido e ouvindo o pedido para os Cavaleiros de Ouro de reunirem na Casa de Gêmeos, mas será que podemos confiar mesmo em Tiomno?"

NO PRÓXIMO EPISÓDIO DE SAINTO SEIYA: A NOVA ERA DOS CAVALEIROS DE OURO!


Última edição por Taurus no Mirapolos em Qua Mar 13, 2013 1:36 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991603
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 31
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Hiramaru em Ter Mar 12, 2013 10:16 am

Frente da casa gêmeos.

Hiramaru acabara de matar Ikelos um dos deuses dos sonhos que foi a sua
procura para mata-lo. Quando ele sente a explossão feita pelo encontro de dois
cosmos poderosos.

Hiramaru: Esses cosmos poderosos veem da casa de Aquarius. Um dos cosmos e do meu mestre o outro é... não me diga... e o maldito que maltou Seraphina. Tenho que ir ate la antes que meu mestre o mate.

Hira coloca o corpo de seraphina a beira da portaria de casa de Gêmios.

Hiramaru: Espere aqui meu amor eu irei em busca de vingança.

Hiramaru: Eu usarei meu Golden triangle para me lança na casa que eu protegia, assim chegarei mais rapido no local.

GOLDEN TRIANGLE

Hiramaru usa o golden triangle e é lançado na casa de Capricornus.

Hiramaru: Pronto agora estou bem perto... espere mestre não o mate antes de eu chegar.

Hiramaru chega na casa de Aquarius que estava quase totalmente destruida.

Hira adentra na casa e encontra Kortellus a beira de da o golpe final em manigold.

Hiramaru: "Como e possivel ele derrotou meu mestre."


Kortellus: Manigold, você me transformou em um qualquer, um ser indefeso, mas ainda capaz de matar com as próprias mãos, morra!

Hiramaru interompe Kortellus.

- Pare já com isso! Seu adversário sou eu!


- Você é...


- Sou aquele que veio em busca de vingança contra você, seu filho da puta! Mesmo estando dessa maneira, indefeso como um bebê, terei imenso prazer em destruí-lo! Por Serafina!


- Você é aquele homem! Não pode ser, deveria estar morto!


- Sim, sou eu mesmo, mais vivo do que nunca, eu, Hiramaru de Dragão Marinho fechará seu caixão!


Hiramaru: Não consigo senti nenhum cosmo vindo de você, parece mais um bebê indefeso.

================acontecimentos post do Manigold===============

sonia entra na casa de Aquarius


Sonia: M-manigold.....Nãoooooooooooooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!

Seu cosmo em choque eleva-se além dos limites normais, aumentando exponencialmente, provocando tremores nas ruinas de Aquario...



despertando além do grito a atenção de Kortellus e Hiramaru que estavam concentrados um no outro.



Kortellus: O que?? Quem é essa mulher?? E que cosmo poderoso é este que emana dela??



Hiramaru:
É a Sonia sem dúvidas!! Então ela estava viva esse tempo
todo....mas.....que poder é este que sinto emanando dela... não é como
antes.....

Sonia havia deixado ambos os Cavaleiros em choque
diante do seu inesperado poder, mas ela parecia ignorar a presença
deles....ela vai até onde Manigold jazia caido, e ajoelha-se perante o
mesmo, o pegando em seu colo, lagrimas mais uma vez rolavam por sua
face, caindo no rosto ferido e ensanguentado de Manigold, ela o abraça
fortemente.



Sonia:
Amor seu tonto o que foi fazer?? Olhe para voce....pretendia me
abandonar sozinha aqui?? Não ouse morrer seu cretino, ouviu bem?? Se
voce morrer, eu jamais perdoarei você.....pagará caro!!

Sonia deixa Manigold cuidadosamente no chão, e ergue elevando seu cosmo monstruosamente, se virando para Kortellus e Hiramaru!



Sonia:
Eu ia perguntar qual dos dois vermes foi o responsável por essa
blasfêmia, mas mudei de ideia....decidi que é melhor eliminar ambos e
que decidam no inferno quem é o culpado....



Sonia já havia partido para o Ataque sem aguardar explicações....




(Considerar Sonia no lugar do Miro)

AGULHAAAAAAAA ESCARLATEEEEEEE!!!


(Considerar Sonia no lugar do Miro)



...golpeando
Kortellus com 04 agulhas escarlates, atirando-o longe, fazendo com que
seu corpo arrebentasse alguns pilares e se chocasse fortemente contra
um, caindo ao chão. Virando em seguida para o Marina sem delongas
preparando-se para disparar seu ataque quando.....



ESPERE SONIA!!! ESPERE!! - Uma voz ecoava pela montanha, a mesma se mostrava familiar -



Hiramaru:
Você me conhece muito bem....sou eu...Hiramaru, pupilo fiel do Mestre
Manigold!! - dizendo essas palavras, Hiramaru retira seu elmo, revalando
seu rosto -





Sonia: Você é.....



Sonia:
Hiramaru de Capricórnio!!! O que faz trajando uma escama de Poseidon??
Por acaso traiu Athena e seu Mestre?? Miserável, irá pagar caro por esta
dupla traição!!



Sonia
elevava seu cosmo intensamente, mostrando ser portadora de um poder
extraordinário, e se preparava para disparar seu golpe, a aura do
Escorpião revelava-se atrás dela, como um sinal que sua constelação
protetora agora estava completamente unida a ela.



Sonia:
Prepare-se para desaparecer desse mundo inseto insignificante...pagará
com sua vida por essa insolência contra Athena.....



Hiramaru:
Espere por favor!! Eu posso explicar tudo....mas me de uma chance para
isso...se me matar estará cometendo um terrível engano, eu não sou
inimigo.....



Sonia: O que disse?? Explique-se Hiramaru, antes que eu mude de ideia - abaixava seu cosmo, esperando a resposta de Hiramaru -



Hiramaru:
Eu vou lhe contar tudo após derrotar aquele miserável que voce
atacou...me permita elimina-lo Sonia, e prometo que contarei tudo a você
em seguida, tem minha palavra de honra!!



Sonia: Esta bem!! Prossiga com aquele verme, mas se me enganar, não haverá perdão!! Estarei lhe esperando!



E
sonia parte para junto de Manigold, tornando a se ajoelhar perante o
mesmo, e a toma-lo em seus braços, acariciando seu rosto ferido, e
dando-lhe diversos beijos de amor e carinho, com um pouco de
arrependimento e remorso por te-lo deixado.


(Considerar Sonia com armadura de Escorpião e Manigold no lugar do Souma)

Hiramaru,
volta-se ao local onde havia caido Kortellus, e caminha até lá,
elevando seu cosmo infinitamente, forçando o chão e as ruinas a tremerem
novamente, diversos raios tomam os céus, e caem sem parar por inúmeros
locais.



Hiramaru: Esse será seu fim desgraçado.....prepara-se para sentar no colo do capiroto.....ooooooaaaaaaaaaaa

===================================================

Hiramaru: A sua fragilidade não o salvara pelo o que voce fez com minha amada.

Hiramaru: Não sobrara nada do seu corpo.

Hiramaru: Desapareça.

Kortellus: Vamos acabe logo com isso chega de bla bla bla.

Hiramaru: Não precisa dizer.

Vire pó seu maldito

MARINA EXPLOSION



Kortellus que estava sem cosmo energia e envolvido totalmente pelo golpe de Hira, seu corpo fragil não aguenta a força e vira pó que depois e levado pelo vento.

avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006255
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 25
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Hiramaru em Ter Mar 12, 2013 11:01 am

Hiramaru acaba com Kortellus com um único golpe apos isso o Marina se
aproxima de sonia e Manigold.


Hiramaru: Sonia-sama agora que estamos a sós podemos
conversa. se apoxima tirando seu capacete.


Sonia: Vamos diga o motivo de sua traição. Dependendo da sua resposta eu posso
mata-lo ou não.


Hiramaru: Tudo bem irei conta tudo. Você se
lembra de Seraphina a filha de Julian Solo?


Sonia; Sim me lembro o que tem ela?


Hiramaru: Você também sabe que eu ela temos um
relacionamento.
Bom... aconteceu um coisa terrível com ela.
"a expressão de
Hiramaru muda para sofrimento."


Sonia: O que aconteceu com ela Hiramaru?


Hiramaru: ela foi possuída por Poseidon e se tornou o
seu hospedeiro.


Sonia: O que? diz assustada.


Hiramaru: Quando descobri isso implorei para que ele a
liberta-se mais ele se negou. Mais ele percebeu o meu poder e achou que eu
seria útil então fez um trato comigo.






Sonia: Um trato?





Hiramaru: Sim Sonia-sama... o trato foi o
seguinte, eu ficaria sempre ao lado dele e o protegeria e quando a guerra
acaba-se ele iria solta minha amada. Eu nunca pensei em trair Athena realmente
e nem pensei em atacar meus companheiros que tenho muita admiração.






Sonia: Entendo... você fez isso por amor.. eu tambem faria isso pelo
Manigold. Você como sempre tem um coração bondoso Hiramaru.






Sonia: Mais o que ouve com Seraphina? Porque ela não esta com você? Você
não a deveria proteger?






Hiramaru: E que ela esta morta... hira baixa a
cabeça para desfarça sua tristeza.





Sonia se espanta pela revelação de Hira.





Sonia: Como? Isso não e possível ela era uma boa garota.





Hiramaru: Quando nos estávamos subindo as 12 casas para nos encontramos com Athena para
fazemos um união formos atacados por um cavaleiro negro que se chamava Elion de
Sagitário, ele acertou algumas flechas nas costa de Seraphina
que caiu machucada no chão. Após isso ela foi atacada
friamente por esse maldito cavaleiro
negro que estava aqui e acabou a matando.
Hira chora.






Sonia: Então por isso que você estava querendo tanto lutar contra ele...
você queria sua vingança.






Hiramaru: Sim eu precisava te minha vingança. Mais
mesmo a tendo agora isso não muda o fato que perdi Seraphina.


Nesse momento Hiramaru e Sonia sentem um cosmo se comunicando com todos no santuario.


.......ESCUTEM.......


CAVALEIROS DE OURO DO SANTUÁRIO!!!!!


DEVEMOS NOS REUNIR NA CASA GÊMEOS, AGORA MESMO.


ATHENA SE ENCONTRA AQUI A ESPERA DE VOCÊS......

.....


[center][center]

Sonia: Quem sera? Essa voz parece de
Onmoitu mais esse cosmo e diferente. Sera que podemos confia?





Hiramaru: Isso eu não tenho certeza.... Eu irei desce
ate a casa de Gêmeos para confirma. Fique aqui e cuide do mestre.





Sonia:
esta bem, ficarei aqui para cuida dele... tome cuidado.




Hiramaru: Não se preocupe tomarei cuidado.

Hiramaru desce
as escadarias e aprte parte para a casa de Gêmeos, Sonia fica na casa de
Aquarius para cuida de seu amado.
avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006255
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 25
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Aventura - Ameaça Fantasma no Santuário - ( Final )

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 17 de 20 Anterior  1 ... 10 ... 16, 17, 18, 19, 20  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum