Coronas Temple

Filler históry - Acontecimentos no inferno

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Sab Mar 30, 2013 1:04 am



Enquanto batalhas sangrentas acontecem na terra, os juizes da morte retornam ao Meikai para receber suas novas ordens.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Wyvern, Griffon e Garuda se dirigem a Giudecca, passando por todas as prisões do Meikai, vendo todo o estrago feito pelos cavaleiros de Athena e pelos Deuses que se rebelaram.

Os guerreiros do inferno acabam de chegar ao seu destino, inconformados com o estado em que o Meikai se encontra e sedentos por vingança.


Henrique: Malditos cavaleiros, não posso acreditar que as coisas chegaram a esse ponto! "Se referia a destruição no Meikai"


Aiacos: Não se preocupe Henrique, muito em breve daremos o troco aos cavaleiros de Athena. Quanto aos Deuses acho que não sobraram muitos, depois do ataque suicida de Pujol. "Aiacos encara Pujol, ainda leva o peso da morte de Orpheu como sendo sua culpa e que ele deveriao vingar, como amigo acima de tudo"
Aiacos nota que Pujol está pensativo e que não esta prestando atenção em noque ele e Henrique estão falando e decide brincar com a situação.


Aiacos: Aproposito Pujol, por que você não morreu depois daquele golpe, evitaria trabalho pra mim. "Fala com um tom sínico em cada palavra"


Henrique: Terei que apartar uma briga entre esses dois idiotas de novo. "Pensa o juiz, que estava de saco cheio da situação"


Pujol: Por que sua vingança não significa nada para mim, assim como Orpheu não significou e alem disso perdemos muitos soldados, não posso me dar o luxo de morrer enquanto Hades-sama precisa de guerreiros. "Wyvern estranhamente não provocou Garuda, falou em tom ríspido e com o volume de voz normal"


Aiacos: Oque está passando na mente dele, o jeito que ele esta agindo é diferente do anterior.


Henrique: Vocês não brigarão. Milagres acontecem, bendito seja nosso senhor Hades. "Henrique tirava sarro da situação"


Pujol: Henrique, quero que leve minha surplice até Giudecca, não posso utilizar ela e ser chamado de dragão do inferno com esse nível de poder.


Henrique: Seu poder é equivalente ao meu e ao de Aiacos, mas o quê você pretende fazer?


Pujol: Irei treinar para que isso não aconteça de novo, Aiacos quero que libere seu melhor lutador para me auxiliar em meu treino.


Aiacos: você quer oque? Que eu lhe empreste minha propriedade para você treinar! Treine com seus subordinados.


Pujol: Como esperado de você Aiacos, sempre cuidando de sua propriedade, mas só possuo três guerreiros no meu exercito com poder suficiente para tentar lutar comigo, preciso de um quarto lutador.


Henrique: Ohhhh você quer ficar mais forte mesmo, então está liberado e Aiacos não vejo problema em você liberar o Benu pra ajudar no treino de Pujol, acho que ele vai gostar da ideia, mas vai tentar te matar Pujol. "Pensava o motivo de Pujol querer realizar um treino contra quatro lutadores ao mesmo tempo"


Aiacos: HAhahahaha, gostei da ideia Henrique, talvez Kagaho mate Pujol ou talvez você o mate, mas bem veremos oque acontece.


Pujol: Então partirei para meu treino, Henrique tome conta de minha surplice.
Henrique: Não pense que sou um idiota que não conseguiria fazer isso, mas de todo modo, você fez um bom trabalho. "Henrique reconhecia aquele homem como um juiz, depois de muito tempo"
Aiacos: hunf.... Não morra, quem lhe trara a morte sou eu.

Pujol sai andando em direção ao Coccytos, chegando ao mesmo se comunica com Queen, Valentine e Sylphid, chama os mesmos para que o ajudem em seu treino.


Aiacos: Henrique por que você deixou aquele idiota sair sem se reportar para Hades-sama?


Henrique: Não sei, sinceramente eu não sei. Apenas quis ver até que ponto ele pode chegar e se ele será útil a Hades. "Henrique lembrava de ter sentido o cosmo de Radamanthys quando chegaram na terra para resgatar Pujol"

Pujol toma um caminho diferente dos outros juízes, qual a intenção de Wyvern? Quais serão as ordens de Hades e sua reação a atitude de Wyvern? Tudo isso no próximo episódio desse filler.

(Aiacos e Henrique, o filler envolve vocês então participem)
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Ter Abr 02, 2013 2:48 pm

Meikai, enquanto Aiacos e Henrique seguem para Giudecca para falar com Hades, Pujol segue para o coccytos para começar um duro treinamento, o mesmo quer botar sua vida e força a prova para controlar completamente o sentido que despertou na luta contra os Deuses.



Coccytos.



Pujol anda calmamente em direção ao centro da prisão de gelo, o mesmo havia entrado em contato com os espectros mais fortes de seu exército. Valentine, Silphyd e Queen.

Deu apenas uma ordem aos mesmos, eles deveriam o atacar com todas suas forças e se pudessem deveriam fazer o mesmo em equipe.



Pujol: Como eles tentaram me atacar? Não importa, devo derrotar eles e controlar aquele poder, ele é o suficiente para que eu não morra em caso de queimar o meu cosmo além dos limites do ser humano. “Pensa Pujol”

Não tarda muito após Pujol divagar consigo mesmo e sente um cosmo se manifestando.


Queen: Guilhotina da flor sangrenta!


Queen dispara seu golpe com ferocidade tentando matar Pujol, e levantando uma grande nevoa de poeira no lugar graças ao impacto.


Queen: Ele não era de nada sem a surplice! Mas como ele sobreviveu no inferno sem ela? “Se questionava sobre a situação”

Um vento gélido passava por Queen, o mesmo tinha um mau pressentimento sobre a situação.


Queen: Por que estou com esse receio dele ter sobrevivido.

Rapidamente algo surge por cima de Queen, como uma fúria devastadora acerta o espectro celeste de cima apertando sua nuca contra o chão.


????: Você só pode fazer isso?

Queen se espanta ao ver o rosto da pessoa que lhe acertou.


Queen: Pujol como você sobreviveu a aquele golpe? “Estava incrédulo pelo fato do mesmo sobreviver a sua guilhotina”


Pujol: Ha muito tempo aprendi a controlar as ondas do inferno, mas a pouco tempo consegui criar uma técnica usando esse potencial devastador. Não estou limitado aos movimentos que você tem, no inferno eu posso viajar de qualquer parte dele para outra parte do mesmo mais rápido do que a luz, graças a este poder.

Queen estava incrédulo, mas presenciou com seus olhos o feito de Pujol.


Queen: Então esse é seu poder? Não conseguira sobreviver contra mim apenas com isso, mas algo me intriga, como sobrevives aqui sem sua surplice?


Pujol: Depois de lutar com os Deuses, tive que queimar meu cosmo ao máximo quando deveria estar morto, nesse momento consegui arranhar o sentido da vida. “Responde ao questionamento de seu subordinado, enquanto o mantinha preso no chão”

Logo após acabar de falar os ventos da oitava prisão mudam, recebendo uma coloração diferente, sua velocidade aumenta e consegue retirar o juiz de cima do espectro.


Queen: Então vocês chegaram, Basilisko e Harpia! Pensei que poderia derrotar ele sem sua ajuda, mas estava enganado.


Valentine: Você sabe que ele é o sucessor de Radamanthys, Hades-sama não escolheria um ser inferior para vestir aquela surplice. “Apontava para Pujol enquanto falava”


Pujol: Você é o que mais tem juízo, Valentine, agradeço por comparecer e trazer Sylphid. Mas acabou a hora da conversa, vocês são meus homens e são considerados espectros muito poderosos, sendo assim quero a ajuda de vocês.


Sylphid: Você não é Radamanthys, então não venha me pedir favores seu verme. “Ainda desprezava Pujol, por Radamanthys não poder ser revivido”


Valentine: Sylphid, você não deveria falar assim com um juiz.


Sylphid: Sabes muito bem que ele não é e nunca será Radamanthys, Valentine por que você está do lado dele? “Sua expressão era de raiva”


Valentine: Isso não lhe importa.


Valentine: Eu vi que Radamanthys te aceitou como sucessor, minhas harpias te seguiram esse tempo todo. “Falava com Pujol através do cosmo”



Pujol: Então você sabe de tudo que aconteceu no Mukai e na terra, melhor não preciso explicar nada então. “Responde ao mesmo”



Pujol: Sylphid, se você quer mesmo me ver longe do inferno, me derrote, eu e você mano a mano, não haverá punição caso perca.



Sylphid sente a confiança de Pujol e começa a temer oque poderia acontecer, pois nunca havia presenciado o poder do juiz.



Pujol: Você não quer lutar então?



Sylphid: Lutarei, pela honra da surplice de Wyvern.



Pujol: Não se preocupe com minha surplice ela está em Giudecca, pedi que Henrique levasse a mesma até onde Hades estivesse, não usarei a mesma até que tenha poder suficiente para isso.



Algo interrompe o juiz enquanto o mesmo falava, era Hades que se comunicava com o mesmo através do cosmo:



Hades: Pujol, escute faz tempo que eu mandei Henrique para uma pequena missão nos arredores do santuário, e ele ainda não voltou. Quero que você vá até onde eu o mandei para ver se ele não se meteu em uma luta com algum cavaleiro.



Pujol: Imperador Hades, eu estava no meio de meu treinamento, mas se o senhor quiser eu irei até lá verificar se Henrique se meteu em encrencas, ou pior, se ele inventou de morrer em uma luta.



Pujol: Me esperem aqui, Hades-sama me pediu para buscar Henrique. Depois poderemos lutar e aproveitem para pensar em sua estratégia.



Hades se comunica mais uma vez.



Hades: Espero que ele não tenha morrido, pois daqui senti uma grave variação de seu cosmo, está enfraquecido, você deve ir rápido, eu o mandarei para lá. Encontre-o Pujol! Não podemos nos dar ao luxo de perder guerreiros poderosos como você, Larva e Henrique.



Pujol: Não se preocupe Hades-sama, irei trazer Griffon de volta.



Hades manda Wyvern para o mesmo lugar onde tinha sentido o cosmo de Henrique se alterar.



Pujol olha ao redor e não vê sinais do juiz apenas de uma possível luta que tenha ocorrido, quando escuta uma conversa e decide olhar a oque acontece, decide então reduzir seu cosmo a um ponto em que eles não poderiam notar sua presença.



Pujol vê a conversa de Henrique e a proposta que o mesmo faz ao lemuriano.



Pujol: Que merda você está fazendo Henrique? Mas vamos ver qual é o preço de sua decisão. “Pensava consigo mesmo ao ouvir a proposta”



A luta se intensifica ao ponto em que os dois guerreiros estão prestes a dar o último ataque



Pujol: Chega de ficar olhando essa brincadeira. “Fala pra si mesmo”



Pujol decide se aproximar e fala, os mesmos não identificam o lugar que vem o som até ver o juiz.



Pujol: Que ridículo... venho para te levar novamente ao Meikai e te encontro nesse estado lamentável Henrique, foi aquele rapaz que fez isso em você?



Henrique: Ele é poderoso Pujol, não duvide da capacidade desse rapaz, mas ele também está em um estado deplorável...



Hunter: Quem é você espectro? Não interrompa minha luta ou sofrerá as consequências.



Pujol: Sou Pujol de Wyvern, a Estrela Celeste da Fúria, um dos três juízes do Meikai. Não quero lutar com um moribundo, seria muito fácil, quem sofreria as consequências seria você, mas só vim para buscar Griffon, não para lutar.



Henrique: Espere Pujol, tenho contas a acertar com esse rapaz...



Pujol: Cale a boca e vamos embora!



Hunter: Eu não deixarei vocês irem embora daqui! (Hunter parte em direção de Pujol e Henrique)



Pujol: Desapareça inseto! Suma da minha frente! (Pujol lança um breve ataque em Hunter, arremessando-o para longe)



Pujol: Agora vamos embora daqui, vocês terão outra oportunidade de lutar algum dia, o Imperador não quer perder nenhum de nós nesse momento.



Henrique: Já que é para ser assim, tudo bem. Então vamos embora daqui.



"Pujol usa de suas Ondas do Inferno para sair dali e levar Griffon de volta ao Meikai, onde o Imperador Hades os aguardava, enquanto Hunter ficou no santuário, e ouviu o seu mestre mais uma vez"



Giudecca, Meikai.



Pujol e Henrique aparecem na escadaria de Giudecca, Henrique estava muito ferido graças ao poder do ataque do cavaleiro.



Pujol: Acho que paguei minha divida com você. “Fala em tom de brincadeira”



Henrique: Acho que pagou, mas não me conforme de estar nesse estado lamentavel.



Pujol: Não se preocupe, vá falar com Hades sama eu cuidarei de sua surplice, afinal você está guardando a minha.



Henrique: Ainda está com essa ideia de querer se tornar mais forte, mas não se preocupe sua surplice está com Hades-sama, imaginei que seria a pessoa mais apropriada a guardar ela.



Pujol: Nos vemos em breve.



Pujol se retira do local carregando os frangalhos da surplice de Griffon, indo em direção ao espectro que concerta as mesmas.



Enquanto isso Hades parece irritado com o confronto entre Henrique e o cavaleiro de Aries.



Hades: Henrique qual foi o motivo que fez você entrar em confronto com um cavaleiro de Athena?



Henrique: Imperador Hades, tentei conseguir informações sobre como o santuario está. Mas aquele cavaleiro me impediu de prosseguir.



Henrique pensa: O cosmo do imperador está mais poderoso do que nunca, não quero ser o alvo de sua irá.



Hades: Athena será que você quer acabar com nossa tênue tregua.



Henrique: Imperador eu consegui algumas informações que talvez sejam uteis.



Hades: Quais?



Henrique: Athena não está rodeada por cavaleiros que a seguiram até a morte, o cavaleiro de Ares quer matar todos os Deuses e senti que a algo no santuário que pode virar um problema pra Athena e pra nosso exercito.



Hades: Interessante, mas onde está Pujol, ele demorou muito tempo pra te trazer do santuário para o meikai.



Henrique: Então ele estava lá. “Pensa o juiz”



Pujol adentra Giudecca sem sua surplice, e se ajoelha perante Hades sem ter notado a conversa dos dois.



Hades: Pujol me diga por que não trouxe Henrique quando chegou lá.



Pujol: Hades-sama, não mentirei ao senhor, tive vontade de presenciar um pouco do poder do meu colega, visto suas técnicas em batalha.



Henrique: Maldito, você estava se divertindo com a luta que travei? “Henrique fica furioso com Pujol”



Pujol: Não.



Henrique: Então porque ficou olhando. “Interrompia Pujol enquanto o mesmo falava”



Pujol: Pra conhecer um pouco sobre meu aliado. “Falava calmamente”



Henrique: Conhecer seu aliado? “Estava confuso pelas palavras que o juiz soltou calmamente”



Hades olhava a discussão, mas não se intrometeu, sabia que Wyvern era leal a ele, mas queria ver as intenções do juiz recém chegado.



Pujol: Exato Henrique, queria ver até onde seu poder vai, para saber até onde posso contar com sua ajuda. “Falava rispidamente”



Hades: Cale-se Pujol. “Interrompe a conversa”



Hades: Você está analisando Henrique? Você é o juiz mais novo, pode ter feito oque fez com aqueles fracassados do sonho, mas não permitirei que trate o juiz que está há mais tempo no meikai assim. “Hades estava furioso com a atitude de Pujol”



Hades: Alem disso você não esta usando sua surplice. Por que não está com ela? “Questiona enquanto eleva seu cosmo aterrador”



Pujol: Hades-sama, não estou destratando Henrique, o senhor apenas disse que ele não deveria morrer, o que fiz foi simplesmente para comparar o poder dele com o meu. “Explica calmamente” Em relação a minha surplice, não posso utilizar ela.



Hades: Henrique me contou toda a história por trás disso e me entregou a surplice, entendo todo o porque, mas de agora em diante você a utilizara toda vez que sair do Meikai, isso é uma ordem e se você descumprir ela pagará com a vida.



Pujol: Sim senhor, Hades-sama.



Hades: Saiam.



Henrique: Maldito oque você queria?



Pujol: Foi oque eu disse, só queria saber o quão forte você era.



Hades: Henrique fique, precisamos conversar.



Henrique: Sim senhor, imperador Hades.



Pujol saia pela porta e ia em direção ao coccytos.



Pujol: Serei mais forte do que aquela alma. “Pujol pensava sobre seus poderes e sobre alguém misterioso”



Após a porta se fechar Hades conversa com Henrique, o mesmo se mostra preocupado.



Hades: Henrique não posso aceitar mais baixas em meu exército, essa guerra acabou, mas perdi muitos dos meus preciosos espectros por causa de Mars e Pandora.



Henrique: Não se preocupe Hades-sama, não falharemos e não seremos mortos.



Hades: Lhe dou uma missão que deve ser fácil para você, descubra o por que de Pujol querer se tornar ainda mais forte, devemos saber a real motivação do mesmo.



Henrique: O senhor duvida da lealdade dele?



Hades: Não, ele foi até o Tartaro, se aliou a um cavaleiro de Athena para isso e quase morreu na minha frente tentando proteger minha alma e ainda tentou se sacrificar para cumprir uma missão que designei pra ele. Não tenho duvida sobre a lealdade dele, mas me intriguei sobre essa obsessão que ele possui. Posso contar com seu sucesso?



Qual será a resposta de Henrique? Oque se passa pela mente de Wyvern? Aiacos e Violet não cansam de trepar? Não perca no próximo ep de fairy tail


Última edição por Wyvern no Pujol em Ter Abr 02, 2013 9:03 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Ter Abr 02, 2013 4:14 pm

Pujol parte para o coccytos, após ter sido advertido por Hades de que não deveria mais sair do Meikai sem sua surplice.

Pujol: Serei mais poderoso do que aquela alma. “Pensava profundamente”

Após caminhar pelo coccytos Pujol chega até o ponto onde os espectros que comanda estavam.

Pujol: É melhor que estejam preparados.

Valentine: Claro que estamos, você não nos derrotará!

Doce chocolate!

O golpe de Valentine vai em direção a Pujol, que se mostra calmo perante as harpias devoradoras de almas. Pujol some quando as Harpias iriam encostar nele e reaparece na frente de Valentine pronto para atacar o mesmo mas é impedido por Sylphid, que o atinge com um ponta pé o jogando para trás.

Sylphid: Conversamos e vimos que o único meio de te derrotar seria nós três lutarmos com você ao mesmo tempo.

Valentine: Se você se acha poderoso o suficiente para ser o sucessor de Radamanthys, nos derrote.

Queen: Mas saiba que não mediremos esforços para te derrubar.

Pujol olha com atenção os espectros, após se ergue e diz em voz alta:

Pujol: Serei mais forte que Radamanthys!

Após parte pra cima dos três, Pujol tenta acertar Valentine primeiro, mas Sylphid aparece tentando acertar Pujol, que some no ar, e acerta Sylphid nas costelas, o arremessando para dentro do chão do meikai. Mas Sylphid se levanta não havia sofrido muitos danos.

Pujol: Ainda estou brincando com vocês. Se não me atacarem juntos não conseguiram me atingir.

Os três se olham e partem pra cima de Pujol, Harpia tenta atacar Pujol que usa as ondas do inferno para sumir e reaparecer por baixo do inimigo, mas Sylphid tenta atacar o mesmo com uma voadora, sem sucesso pelo mesmo motivo, Wyvern tenta mais uma vez atacar Sylphid dessa vez, mas Queen tenta atacar, Harpia se prepara para lançar seu bater de asas por cima dos três, quando acerta o juiz que reaparece atrás de Queen pronto para matar o mesmo.

Devorador de almas!!

Pujol não se da por vencido frente ao turbilhão criado por Valentine, sendo que Sylphid intervém para ajudar seu colega.

Voo do extermínio!!

Pujol não consegue se mover com a ventania criada pelos dois, mas vê que Valentine prepara o restante de seu golpe e se joga deixa levar pelo vento criado pelos golpes.

Sylphid: ele não é tão fraco pra ser levado assim, mate o logo Valentine e Queen.

Valentine manda seus raios que sugam a energia vital dos oponentes, enquanto Queen prepara seu golpe caso Valentine falhe.

Pujol: Agora eles estão levando as coisas a sério.

Pujol desaparece quando o ataque de Valentine chega perto aparecendo na frente de Sylphid, o qual ataca o arremessando para cima, mas é atacado por Queen ao mesmo tempo.

Pujol: Maldito!

Pujol não tinha notado o ataque de Queen, e recebeu o mesmo, estando com um ferimento em seu peito de porte médio.

Queen: Sabia que você tinha um limite, não vai conseguir manejar as ondas do inferno .

Pujol: Você não entende este poder não é? Estas ondas, eu não preciso queimar meu cosmo para utilizar elas, moldar elas, só preciso utilizar o mesmo quando tenho que transportar alguém junto.

Pujol: Mas chega de conversa hora de treinarmos a sério.

Sylphid se levanta.

Sylphid: Ele bate bem.

Valentine: Ele é um juiz não o subestime.

Começa uma reviravolta, os três espectros partem para cima de Pujol, que se defende e desvia dos ataques, tendo certo trabalho por serem três golpes ao mesmo tempo de cada vez. Pujol acaba recebendo alguns golpes e vê que seu ferimento começa a abrir mais.

Valentine: Mostre seu poder, caso não consiga nos derrubar você irá morrer.

Pujol começava a pensar.

Pujol: Será que não consigo vencer esses três, sei que eles são poderosos mas eu devo poder derrotar eles.

Pujol: Não posso, eu devo derrotar eles, devo me tornar mais forte e ultrapassa-lo.

O olhar de Pujol, que era de brincadeira passa a ser um olhar sério, o qual começa a manifestar um cosmo terrível, aumentando seu cosmo em uma proporção muito alta, os três olhavam e se perguntavam oque estava a acontecer, Pujol manifesta suas trevas e diz.

Pujol: Greatesto.............
Pujol: Caution!!!

O ataque corre a velocidade da Luz, acertando os três ao mesmo tempo e deixando os mesmos muito feridos, Sylphid olha Pujol e diz.]

Sylphid: Acho que terei que te aceitar como substituto de Radamanthys.

Pujol: Você terá, mas vamos à enfermaria, estamos em um estado lamentável.

Pujol manifesta as ondas do inferno e seu cosmo transportando os quatro para o meio da enfermaria.

Pujol: Espectros trate estes guerreiros o mais rápido possível.

Espectro: Sim senhor. Mas e o senhor não receberá o atendimento.

Pujol: Só serei atendido depois deles.

Os mesmo são levados para dentro e Pujol começa a pensar, obrigado vocês conseguiram fazer com que eu acreditasse no meu poder, agora terei que me tornar mais forte.

Pujol sai da enfermaria enquanto não há espectros ali e segue caminhando a passos calmos.

Pujol: Não morram, quero lutar ao lado de vocês e não matar vocês. “Pensava em ter exagerado contra seus companheiros”

(Depois apago os flood, as imagem posto depois, é muita imagem pra pouco tempo)
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Qua Abr 03, 2013 9:44 am

Pujol sente uma cosmo energia familiar entrar no Meikai, enquanto estava largando seus companheiros na mesma, decide sair e ir atrás da mesma.
Pujol corre, chamando sua surplice que Hades havia deixado no dominio do juiz, que era logo abaixo do de Garuda e no caminho para o cocytos.
Pujol pensava, aquele cavaleiro que lutou comigo, não posso deixar esses infelizes lutarem com ele pois morreram.
parte em velocidade extrema atrás do cavaleiro.
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Qua Abr 03, 2013 9:51 am

Enquanto isso Hiramaru, o cavaleiro que possui a armadura negra de capricórnio, estava a vagar pelo Meikai, sentia que sua excalibur estava pronta.



O mesmo pensa oque faria e qual seria seu alvo, depois que morreu e foi parar no meikai, mas sente uma cosmo energia selvagem, mas familiar se aproximando em uma velocidade colossal.


Hiramaru: Eu conheço esse cosmo, mas quem será. "Se perguntava perplexo"

De repente alguém acerta o lugar em que Hiramaru estava, sem nem ao menos o mesmo ter visto quem era, Hiramaru escapa por muito pouco do ataque. O guerreiro trajava uma armadura negra como as noites que não possuem estrelas, estava envolto por uma nuvem de poeira.


??? Não se lembra de mim, cavaleiro?

Hiramaru olha para nevoa de poeira que se formou e vê uma figura que acreditava ter morrido na batalha contra os deuses do sonho.


Hiramaru: Você é Pujol de Wyvern, um dos juizes de Hades, mas você não deveria estar morto depois de fazer aquila técnica para matar Thanatos e Hypnos? "Pergunta perplexo ao ver um fantasma de seu passado recente"

Sem delongas Pujol parte pra cima de Hiramaru, os dois começão a trocar socos e chutes em velocidade equiparada, as ondas de choque dos ataques acabam por destruir as pedras que estavam no chão.
Pujol encara o cavaleiro e fala.


Pujol: Se os outros juízes não tivessem aparecido eu iria morrer na certa, mas como eles apareceram estou aqui para acabar aquela luta que começamos.

Hiramaru tenta retrucar Pujol mas o mesmo acerta o cavaleiro com sua asa e o arremessa contra as rochas.


Pujol: Você parece diferente, não sinto suas emoções e sua armadura se tornou tão negra como uma surplice.

Hiramaru se levanta e olha para o juiz, não havia sofrido muito o impacto do golpe, sua armadura o protegeu, mas notou que o juiz não havia usado seu poder e apenas queria testar seu poder contra Hiramaru.


Hiramaru: Bem que notaste, abandonei estes sentimentos que me atrapalhavam, agora consegui fazer minha exalibur e não tenho outra alternativa alem de andar no caminho da solidão.

Hiramaru desaparece e reaparece na frente de Pujol, usando toda sua velocidade conseguiste percorrer o caminho em uma velocidade maior que a da luz. Hiramaru acerta Pujol, que abria um sorriso quando Hiramaru o acertou, Hiramaru nota isso.


Hiramaru: Oque foi isso? Você sorriu quando eu te acertei!


Pujol: Não tenho outro motivo, fico feliz, agora posso te considerar um ponente.

Pujol anda lentamente em direção a Hiramaru.


Pujol: Você se parece com oque me tornei depois daquela luta, só temos ódio e isso que nos levará adiante.

Hiramaru: Não me compare a você... Um lixo como você não me entende. Eu não sou como você.


Hiramaru: Eu odeio vocês espectros.


Hiramaru: Voce ira morrer com unico golpe, eu não sou na comparado aquele cavaleiro de antigamente.


Os dois voam em direção um do outro, mas Pujol se mostra mais rápido no ar do que Hirmaru pode ser.
Pujol se atira no ar e some numa velocidade incrivel, reaparece atras de Hiramaru e lhe da uma voadora nas costas.

Pùjol: hahahahah

Hiramaru: Maldito


Hiramaru parte para cima do espectro com muita raiva, e desfere um golpe na cara de pujol.

Pujol: Mais como? Você esta tão rapido.. fala assustado


Pujol: interessante... Eu terei o maior prazer em te matar.


Hiramaru: Então tente... se prepara pra da um ataque.

Excalibur.


Um golpe fulminante parte pra cima de Pujol, uma explossão de cosmo que destruia tudo que encostava, muito diferente de antigamente que so fatiava.

Pujol: Incrivel que poder... muito interessante. sorria, estava muito feliz pela luta.



Pujol se impressiona com o poder do ataque de Hiramaru, que vinha rapidamente em sua direção.

Pujol: Vamos ver qual o nível de seu poder..



Hiramaru se impressiona ao ver que o juiz não vai sair da frente de seu ataque.

Hiramaru: Você irá morrer rapidamente... “Fala se virando de costas para o juiz”



Hiramaru acha estranho não ouvir os gritos do juiz e olha pra trás, levando um susto quando vê algo que achava impossível.

Hiramaru: Você é idiota? Só pode ser!



Pujol tentava deter o golpe de Hiramaru com as mãos, para surpresa do antigo cavaleiro de Athena, o mesmo consegue parar o golpe com muito esforço.

Pujol: Não sou idiota, mas o único modo de saber o potencial de um golpe é recebendo o mesmo. Tenho a te dizer que seu golpe se tornou muito forte, conseguiste ultrapassar a barreira que fiz em minhas mãos usando meu cosmo, certamente você se tornou um oponente digno de se enfrentar.



O meikai sobrava um vento gélido enquanto o mesmo estava quieto com o espanto, palavras que ninguém imaginou ouvir do juiz acabaram de sair.

Hiramaru: Então reconheceste minha força. Mas a qual tipo de treinamento se submetesse para ter essa resistência. “Hiramaru apontava paras mãos de Pujol, a quais suas surplice não sofrerá muitos danos após o golpe”



Pujol retira a proteção do peito de sua surplice, para espanto de Hiramaru o mesmo vê um corte profundo no peito de Pujol e que o sangramento ainda não havia se estancado.

Pujol: O treinamento ao qual me submeti, me rendeu este ferimento, mas me ajudou a desenvolver muito bem minhas habilidades. O problema que graças a esse corte estou me cansando mais rápido e tendo que utilizar muito cosmo para algumas coisas que deveriam ser simples e utilizando quase que o dobro para outras coisas. “Fala enquanto dava sinal de estar cansado”



Hirmaru percebe que tens certa vantagem quanto ao estado do juiz, mas lembra que no Meikai, Pujol poderia controlar livremente as ondas do inferno e não sabia a que ponto ele desenvolveu essa habilidade.

Pujol coloca a proteção de seu peito, havia caído muito sangue no chão, o mesmo mostra sinais claros de que estava exausto, mas começava a andar na direção de Hiramaru.

Hirmaru: Morra maldito juiz.

Excalibur.



O ataque vem na direção do espectro, que some no momento em que o mesmo chega muito perto, reaparecendo logo em seguida, cambaleando para os lados.

Pujol: Merda, este sangramento esta me atrapalhando muito...



Hiramaru se irrita e começa a atacar o juiz com sua excalibur, mas o efeito começa a ser o mesmo, o juiz chega cada vez mais perto do cavaleiro de Athena e começa a condensar seu cosmo no braço direito, o mesmo da sinal que vai desmaiar a qualquer momento, Hiramaru se mostra cansado, pois acabara de disparar sua excalibur muitas vezes.

Pujol: Vamos acabar com isso... Meu cosmo está quase acabando “Reclamava do fato de ter que utilizar seu cosmo para manipular as ondas do inferno, efeito do corte feito por Queen”



Pujol some e aparece atrás de Hiramaru, o mesmo está com um olhar apavorado, quando Pujol vai soltar seu ataque, algo cai do céu em cima dele, atirando Hiramaru para trás e criando uma nuvem de poeira que encobria os dois.

Pujol: Maldito Aiacos... por que me impediu? “Pujol desmaia pois utilizou o restante de seu cosmo para utilizar as ondas do inferno, se movendo para as costas de Hiramaru”



Aiacos: Hades-sama me pediu para levar o seu mais novo soldado, não é ex cavaleiro?



Hiramaru fica em silencio.

Aiacos: Notei que você está mais forte, mas ainda és muito imprudente por lutar com esse ferimento. “Apontava para o peito de Wyvern”
Aiacos: Não se esqueça, você deve sobreviver, temos contas a acertar. “Pensava”



Hirmaru: Então você deveria ser meu anfitrião? Tudo bem, prefiro lutar a conversar.


avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Hiramaru em Qua Abr 03, 2013 11:02 am

Hirmaru: Então você deveria ser meu anfitrião? Tudo bem, prefiro lutar a conversar. "estava visivelmente cansado, sua alma estava desgastada pela luta contra oneiros, e estava sofrendo os efeitos por esta no Meikai.



Hiramaru se posiciona pra atacar Aiacos, mais o mesmo com muita facilidade desfere um golpe no pescoço de Hira o deixando inconsiente.

Aiacos: Fique quieto não consegue nem fica em pé e que lutar comigo.


Aiacos pega Hiramaru e coloca nos ombros, se vira para Pujol e fala.

Aiacos: Pujol se dirija a Giudecca parece que teremos supresas, Hades se interessou por esse cavaleiro. " Olha com desprezo com o cavaleiro e o deixa cair propozitalmente."


Aiacos: Ops... o deixei cair cavaleiro-sama kkkkkk. "zoava o cavaleiro inconsiente."


Aiacos pega Hiramaru novamente e o joga nos ombros com rigides e sai voando e deixa Pujol sangrando no chão.
avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006020
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 24
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Qua Abr 03, 2013 12:03 pm

Wyvern acorda após alguns, minutos vê que Aiacos sumiu e Hiramaru também.
Então se lembra que o outro juiz havia falado algo sobre Giudecca, enquanto estava desacordado.

Pujol: Maldito Aiacos, me impediu de matar o cavaleiro. Mas o mais importante, oque ele quis dizer com Giudecca? “Estava perplexo e sentindo o resultado de não ter cuidado do ferimento que Queen havia feito”



Pujol se levanta e parte em direção a primeira esfera do meikai, Kaina, sua moradia.

Ao chegar na mesma nota que a uma movimentação em Giudecca partindo para mesma, sem saber o que estava por vir.

Pujol abre a porta e para sua surpresa vê Hades, Henrique e Aiacos conversando, enquanto Hiramaru estava desacordado ao canto.
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Qua Abr 03, 2013 3:50 pm

Pujol acaba de entrar em Giudecca, demonstrava o sinal mais claro da perda de sangue, palidez excessiva, o juiz vai cambaleando em direção ao lugar onde Garuda e Griffon estão.

Pujol encara Garuda pelo mesmo ter o impedido de usar sua técnica greatest caution nas costas do cavaleiro que estava ali inconsciente.



Hades: Que bom, os três juízes finalmente chegaram aqui. Antes de tudo, Pujol eu fiquei sabendo da sua luta com este cavaleiro, por acaso você não entendeu o motivo do mesmo ter estar no inferno? “Questiona o juiz com um tom áspero e frio”



Pujol: Hades-sama, pensei que este desgraçado iria tentar atacar o Meikai do mesmo jeito que o mestre dele fez, e se isso se confirmasse não poderia deixar que ele chegasse perto dos espectros que estão sob meu comando. “Fala com a voz fraca”



Hades: Henrique me contou do seu treinamento e do ferimento que Queen conseguiu lhe fazer, é admirável tentar proteger seus companheiros mas não posso deixar que ataque outro membro do meu exército. “Repreende Pujol”



Pujol: Membro do exército do Meikai, mas ele é um cavaleiro de Athena! Está é nossa inimiga! “Eleva a voz, mostrando descontentamento”



Hades: Cale a boca, ele não é mais um cavaleiro e sim um espectro. Olhem a armadura dele. “Aponta para o cavaleiro”



A armadura que era dourada começa a fica escura igual a alma de Hiramaru”



Aiacos: Seu idiota, ainda bem que te parei. “Ria de Wyvern”



Henrique: Eles vão começar de novo. “Pensava enquanto acertava seu roto com a mão (Facepalm)”



Pujol: Seu maldito, me impediu de matar esse cavaleiro de Athena, por que se lembro do tempo que era como ele? “Desferia as rudes palavras contra Aiacos”



Aiacos: Oque você disse? Vamos resolver nossa situação aqui e agora. “Estava irritado com a situação”



Hades: Calem-se, se vocês brigarem irei enviar a alma de vocês para o Tartaro, compreenderão?



Pujol e Aiacos: Sim Hades-sama.



Henrique fica olhando a cena louca para rir, mas se segura.



Henrique: Hades-sama, poderia encaminhar esse frangalho para enfermaria? “Apontava para Pujol” O mesmo vai morrer logo, logo se continuar com esse corte bem no peito. “Falava do corte que Queen havia feito, o ferimento era grave o suficiente para ter quebrado algumas costelas do juiz”



Pujol: Eu posso continuar, não vou desmaiar.



Henrique da um soco nas costas de Pujol, o mesmo cai ao chão.



Pujol: Henrique seu desgraçado. Hah... “Deu uma leve risada ao ver oque o companheiro de combate fez”



Hades: Tudo bem Henrique, mandarei ele para lá.



Hades manipula as ondas do inferno, fazendo com que Wyvern desapareça e reapareça na enfermaria.



Hades: Henrique, conte nos oque descobriu sobre Pujol, ainda tenho preocupações quanto a ele morrer de forma idiota. Nenhum de vocês deve morrer, ouviram! “O mesmo demonstrava preocupação com seu exército”



Henrique: Sim imperador Hades, mas e quanto ao ex cavaleiro?



Hades: A situação dele será discutida depois, mas advirto de antemão que o mesmo vai estar na divisão que Pujol comanda, sendo o segundo em comando.



Henrique: Não acha uma ideia meio que ruim? Estes dois vão acabar brigando o tempo todo.



Hades: Não, os dois são mais parecidos do que você pensa, no mais conte oque descobriu.





Será que Henrique descobriu alguma coisa sobre o passado de Pujol? Oque o juiz viu? Qual será a reação de Hiramaru, o novo espectro que usara a surplice de capricórnio.
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Aiacos em Qua Abr 03, 2013 4:33 pm

"Aiacos dá um breve sorriso ao ver Pujol cair no chão, desmaiado."



"Fica observando atentamente a conversa entre Hades e Henrique."



- Hades-sama...esse cavaleiro já invadiu o Meikai no passado, atrás de outro cavaleiro de ouro, Mirapolos. Durante esse combate, eles mataram vários espectros...o que o exército irá pensar ao se deparar com esse lixo, lutando do nosso lado? "Fala esboçando um sorriso sádico, enquanto aponta para Hiramaru."



- Isso é verdade. Nunca me esqueço desse bastardo. "Fala com raiva, ao se lembrar da luta entre os dois no passado, quando o santo de capricórnio havia cortado uma de suas asas fora."



- Eu sei disso, meus caros juízes. Ele era um inimigo que acreditava na utopia de Athena, e agora que ele viu as armaguras de uma guerra, despertou o seu verdadeiro eu, com ódio e frieza, despertando uma Masei. Aquele que vocês enfrentaram não mais existe, agora é outra pessoa...ou melhor...espectro..."Fala com ênfase na palavra ´espectro´."



- Que assim seja, Hades-sama...mas eu já lhe adianto que sua decisão vai dar merda...vamos ter um motim por parte do exército de Wyvern... "Fala enquanto ri sadicamente."



- Aiacos, enlouqueceu? Como você ousa questionar Hades-sama dessa forma? "Pergunta surpreso."



- Como assim, Garuda? "Hades pergunta intrigado."



- Esse lixo a qual vocês desejam recrutar, matou um dos mais poderosos subordinados de Radamanthys, Gordon de Minotauro. O que Valentine, Queen, Sylphid e os outros espectros irão pensar, quando o algoz de um grande amigo deles ser recrutado no exército deles, e ainda...em segundo comando? "Fala seriamente."



- Isso não é problema seu...deixe que Pujol resolva isso sozinho, como líder daquele exército. "Fala tranquilamente."



- Não seja ingênuo, você sabe muito bem que ele está ferido. Se os "subordinados" dele souberem que esse lixo irá entrar pro mesmo exército deles, irão trucidar Pujol. "Fala esboçando um sorriso doentio."



- Além do mais, eu também tenho contas a acertar com esse filho da mãe..."Se relembra de Violate, e da agonia que ela passou ao ser ferida gravemente por Hiramaru, no passado."

===============================================================

Continua
avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1477
Cosmos : 20008823
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Despertar da Besta - As trevas de Wyvern

Mensagem por Pujol em Qua Abr 03, 2013 8:17 pm

A discussão se agrava em Giudecca. A situação se encontra desanimadora, mas não notaram que havia algo espreitando pelas janelas.

Mas um pouco antes,
Pujol é levado e tratado pelos espectros da seção médica, sendo que os três espectros que estão sob seu comando estavam a pensar no por que do mesmo ter ajudado eles.

Valentine: Depois de tudo e de tentarmos te matar, você nos perdoa e trás aqui. Agora sei que és o sucessor dele.

Sylphid: Conseguiste um pouco do meu respeito, seu verme maldito, mas não se ache.

Queen: Esse desgraçado é forte, ainda bem que está do nosso lado.

Pouco tempo após os espectros da seção de enfermagem são jogados para fora da sala onde Pujol estava.

Valentine: Que merda foi essa?

Os três entram na sala em que Pujol está e para surpresa deles o mesmo está de pé e foi ele que havia arremessado os espectros.

Pujol: Malditos, não tentem me prender aqui. “Fala com raiva”

Espectro aleatório: Senhor juiz, espere algum tempo, seus ferimentos foram estancados, mas não foram curados completamente.

Pujol: Não me importa, eles podem se curar enquanto vou a Giudecca.

Espectro: Pelo menos use estas bandagens especiais.

Pujol: Oque esse lixo tem de especial.

Espectro: São feitas a base de cosmo energia, folhas da única arvore viva do Meikai e o sangue da grande cascata. Elas tem propriedades curativas de nível mediano, mas é suficiente para cicatrizar essa ferida que acabamos de costurar.

Pujol: Não demore ou morrerá.

Rapidamente o espectro troca as bandagens de Pujol e o adverte, as mesmas só funcionam sobre a ferida que foram colocadas, caso surgisse uma nova ferida elas seriam ataduras normais.

Enquanto isso Valentine descobre os planos de Hades para o cavaleiro de capricornus, através de sua harpia.

Valentine: Como o senhor podes Hades-sama?

Queen: Como podes oque?

Valentine: Colocar o cavaleiro de capricornus que matou gordom em nosso exército, como segundo em comando.

Sylphid e Queen, acham que é brincadeira de Valentine, mas lembram que ele não brinca.

Queen: Como é possível que Hades coloque ele em segundo em comando do exército? Será que ele sabe disso?

Valentine: Provavelmente não, mas devemos saber oque ele pensa sobre isso.

Sylphid: Vamos matar ele, provavelmente ele deu essa ideia.

Valentine: Não, Hades revelou isso a pouco, minha Harpia está vigiando a reunião.

Pujol se levanta, ouviu tudo que estavam conversando e decide se intrometer.

Pujol: Se Hades-sama quer assim, faremos desse modo.... Mas não devem confiar nele, não enquanto ele não demonstrar sua lealdade a Hades.

Sylphid parte para cima de Pujol, querendo arrancar a cabeça do mesmo. Mas Pujol segura o braço do espectro e o arremessa pra parede.

Espectro médico: Não faça esforço, sua ferida ira abrir.

Queen: Não aceitarei que o cavaleiro mande em mim.

Queen manifesta seu golpe, guilhotina da lótus sangrenta acertando Pujol por trás enquanto falava.

Pujol: Maldito você me paga.

Queen: Valentine, você não vai atacar ele?

Valentine: Não irei.

Valentine deixa o local.

Valentine: Se você for o sucessor irá sobreviver e ganhará deles.

Sylphid e Queen vão para cima de Pujol, se aproveitando do mesmo estar debilitado e decidem ser um pouco sádicos com o juiz, atacam o mesmo enquanto está sem armadura deixando varias feridas expostas.

Queen: Esse é seu fim.

Pujol está parado pensando que não pode acabar ali, que não era tão fraco, que seria mais forte que Radamanthys foi no séc XVIII.

Queen: Que poder é esse?

Queen fica inquieto ao sentir uma força tenebrosa na sala, seu poder era dez vezes maior do que o de Pujol.

Na alma de Pujol, uma criatura falava com o mesmo.
???: Você quer poder?

Pujol: Quem é você?

????: Sou suas trevas, o dragão que á em você. Agora me responda.

Pujol: Eu quero poder, quero ser mais forte do que qualquer um dos meus antecessores.

???: Libere suas trevas.....

O dragão some e Pujol começa a pensar no que ele disse, relembrando seu passado, suas trevas começam a aparecer e começa a perder o controle sobre suas mente, uma única palavra estava nela, subjugar Queen e Sylphid.

Pujol se levante perante Queen e Sylphid. Uma aura negra se formava atrás dele.

Sylphid: Oque é isso verme. Irei te matar aqui.

Sylphid tenta atacar Pujol que o para com um dedo e o arremessa para cima.

A aura começa a envolver o corpo de Pujol, que não é mais visto, graças a densidade da mesma, ela assumi uma forma de um dragão, seus olhos eram negros como o espaço.

Queen: Oque é isso. Devo matar ele antes que me ataque. “Sentia a energia que fluía do lugar”

Guilhotina da flor sangrenta.

Pujol, para o ataque com uma unha, mandando o mesmo de volta a Queen, que gritava ao receber o ataque. Pujol partia pra cima de Queen e Sylphid a uma velocidade incrível, os dois não conseguiam se defender até que esmaga os dois no chão com as patas, fazendo eles desmaiarem.

Pujol começava a recobrar a consciência, seus ferimentos estavam curados, graças a pele de cosmo das trevas que o encobriu, mas o mesmo sentiu os efeitos do golpe que utilizou sem saber.

Pujol: Que cansaço, nunca me senti assim. Mas oque fiz e como consegui fazer? “LEmbrace do dragão”

Pujol: Então essas são minhas trevas.

Pujol se arrasta até a porta e parte para Giudecca, não iria descansar...

Giudecca

Hades: Que cosmo energia foi essa?

Henrique: Parece a de Wyvern mais é tremendamente mais poderosa do que a dele e vem da direção da enfermaria.

Hades percebe as Harpias voando por todo o Meikai.
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Qui Abr 04, 2013 1:37 pm

Giudecca, após a manifestação de uma cosmo energia tremendamente poderosa, por poucos segundos, Hades, Henrique e Aiacos estão discutindo sobre o futuro do novo espectro.



Hades: Essas são as harpias de Valentine, como pensei ele ainda se mantem informado sobre tudo no inferno. “Pensa o imperador”



Hades: Entendo tudo que vocês dizem, mas não posso negar que este humano despertou como espectro.



Aiacos: Mesmo depois de tudo oque ele fez, deixara que ele entre para nosso exército.


Henrique: Não vá contra as ordens de nosso imperador, se ele é um de nossos guerreiros então deixe que seja.



Aiaco: Henrique, você é um puxa saco, até pouco tempo você queria matar esse humano e agora deixara que ele entre em nossos flancos? Sendo que ele pode ser um traidor!


Henrique: Aqueles que iram decidir isso são Hades-sama e o Pujol, que deve aprovar por ser um desejo de Hades, agora que está resolvido temos que esperar esse desgraçado acordar e verificar oque foi esse cosmo.




Pujol adentra a sala em que a reunião está acontecendo, seus ferimentos estavam curados para surpresa de todos.



Aiacos: Como você se curou tão rápido? Usou a água de minha armadura de taça?



Pujol: Não usaria aquilo, apenas apaguei enquanto Sylphid e Queen me atacavam, depois só os vi desacordados no chão em péssimo estado.



Henrique: Valentine fez isso com eles?



Pujol: Não conseguiria nem se quisesse.



Aiacos: Foi você?



O silencio toma conta do local quando o juiz de garuda questiona Pujol.



Pujol começa a rir freneticamente, perante aqueles que estão ali.



Hades: Eu vejo tudo que acontece no inferno, sei bem oque fizeste e o motivo.



Aiacos: Oque ele fez? Ainda não entendi.



Henrique tentava compreender a situação caótica.



Henrique: Pujol nos explique oque você viu enquanto desmaiou.



Aiacos: Ele deve ter sonhado. “Debochava”



Henrique: Isso é serio Aiacos, tenho certeza que quem arrebento Sylphid e Queen foi Pujol.



Pujol: Claro, quem mais era o único com poder para fazer isso.



Aiacos: Ele esta diferente.



Hades: Então estas são suas trevas Pujol de Wyvern?



Pujol se ajoelha perante Hades.



Pujol: Sim imperador Hades.



Hades: Pelo visto sua personalidade não mudou então tente controlar este poder, para que seja útil em meus planos.



Pujol: Claro imperador, sou seu espectro mais fiel.



Pujol: Henrique você deve imaginar o motivo de eu ter feito aquilo, então fale com Valentine, enquanto isso levarei esse traste para a enfermaria ou oque sobrou dela.



Hades: Qual surplice ele usara?



Pujol: Você verá imperador, você verá.



Pujol levanta Hiramaru e o põe nos ombros, Pujol parece cansado mas sai em direção a enfermaria.



Hades: Henrique, nos conte oque descobriu sobre o passado de Pujol e sobre os motivos para ele treinar tanto.



Aiacos: Oque isso nos interessa imperador?



Hades: Quanto mais informações obtivermos sobre os que estão ao nosso lado, melhor saberemos lidar com eles.



Aiacos: Não me importo muito com isso, já possuo meu vinculo com meus subordinados e quero matar tanto o Pujol quanto o Hiramaru.



Henrique ficava olhando Aiacos com uma cara de quem não deveria ter falado isso.



Hades: Pois bem, vocês poderão se enfrentar, mas somente após o final das guerras santas.



Hades: Mas não sei se ele se quer te considera um adversário.



Aiacos: Como assim?



Hades: Pelo que noto na alma dele, você nem aparece.



Aiacos: Oque ele não tem raiva de mim?



Hades: Ele é indiferente com relação a você.



Henrique: Isso explica algumas coisas. “Pensa”



Aiacos: Maldito, ainda pagará por matar Orpheu. “Pensava sobre seu amigo, que fora assassinado por Pujol”



Hades: Já perdemos muito tempo, Henrique, quero seu relatório agora.[/size]
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Myu de Papillon em Qui Abr 04, 2013 6:16 pm

Imperador Hades, andei observando as atitudes de Pujol desde que ele veio ao Meikai...


... E descobri o porquê de ele desejar ser mais forte.


Então conte o que você descobriu.


Você lembra de Radamanthys, mas não esse que morreu recentemente, falo do anterior.



Você fala do Radamanthys do século 18? Sim, eu me lembro dele, acabou me traindo, porém era um poderoso guerreiro, recebeu meu sangue, tornando-se um semi-deus, um ser praticamente imortal.


Foi o espectro mais poderoso que já me serviu desde as eras mitológicas, ninguém poderia vencê-lo aqui...



... mas Henrique, porquê você o citou?



Essa é a motivação de Pujol, ele soube da história do lendário espectro de Wyvern, e colocou uma meta para si, a de superá-lo sem precisar do Ikhor, mesmo ele tendo o usado em sua investida ao Tártaro, porém aquilo foi momentâneo.



O poder dele aumenta a cada vez que ele enfrenta um inimigo poderoso, posso sentir um aumento considerável em seu poder desde quando ele chegou aqui até agora, pode ser que, um dia, ele consiga alcançar esse objetivo, tornar-se um ser quase invencível.


Ser invencível? Henrique, não sei o quê você anda usando para falar tal asneira...


Ele matou seu melhor amigo e por pouco não te matou também... eu falei alguma besteira?


Mas com os efeitos do meu golpe ele ia morrer junto, logo a vitória dele não seria completa.


Naquele momento ele era um iniciante, hoje está muito mais poderoso, as trevas dele vieram à tona, não sei se você conseguiria levá-lo junto em uma luta...


"As trevas dele vieram à tona", como assim Henrique, você está dizendo que ele é mais poderoso que nós dois?


Não, nós três regulamos em poder, mas pode ser que logo ele se torne o mais poderoso, eu sou, dos juízes, o que está a mais tempo aqui, vi muitos espectros caírem em batalha, já fui até desafiado por uns, mas, caso fosse desafiado por Pujol, pensaria duas vezes antes de aceitar a luta...


O dragão despertou dentro dele, o aumento de cosmo foi impressionante, até chego a pensar em uma teoria que não seria nada absurda.


De quê teoria você fala Henrique?


Faço a mesma pergunta de Aiacos, que teoria é essa que você criou?


Pode ser que Pujol... seja a reencarnação do lendário Radamanthys do Século 18, essa é a teoria.


CONTINUA
...

avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 891
Cosmos : 11005830
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 25
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Hiramaru em Qui Abr 04, 2013 7:27 pm

Pujol leva Hiramaru para enfermaria, chegando lá ordena para
que os soldados cuidem dele, eles retrucam se negam a cuida de um cavaleiro,
Pujol agarrar um pelo pescoço e com voz violenta diz:


Pujol: Eu não pedir, eu ordenei a fazer isso. São ordens de Hades-sama.



Os espectros ficam revoltados mais cumprem a ordem de Pujol
por medo do tal. Pujol fica a todo tempo observando a os cuidados dos espectros
para evitar que eles matasem o cavaleiro sem que ele visse.





Enquanto recebia cuidados Hiramaru relembrava os
acontecimentos.





= = = = ==
== = === = = = = = = = == = = = = = = = == =
= = == == = = =
= ==





Hiramaru: Athena sama já que você
esta tão poderosa agora que se juntou com Pòseidon pode revive-la?






Athena: Infelizmente não Hiramaru,
o único que pode fazer isso e Hades o imperador do inferno






“Maldita vadia naquele momento
você poderia te a salvado mais não quis.”
– pensamento de Hiramaru no sonho.



= = = = == = = = = =
== = = = = = === = = == = = = = == == = = = = ==
== == =





Phantasos: Acho que voce não
tera coragem de fazer o que falarei.






Hiramaru: Fale logo eu não sou um
covarde






Phantasos: O único meio de sair
desse sonho... e o destruindo. Desvia o rosto com tristeza.






“Porque fui obrigado a fazer
isso???? O que eu fiz de errado para os
deuses??? porque eles me abandonaram? Athena porque me fizeste passa por isso?”
– pensameto de Hiramaru no sonho






Lembranças do esquatejamento de sua filha e mulher são
mostradas.





[img][/img]





[img][/img]





[img][/img]








NÃAAAAAAOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO





NÃO QUERO VER ISSO.





===== = = = = = = == = = = == == = = =
== == = = = == = = = = === = = =





- No final das contas...você não será mais do que um
esboço de um sonho...cairá no esquecimento de todos...menos para mim...
"Encara
Oneiros enquanto fecha a sua mão, esmagando e desintegrando o coração do
deus."

- Hahahahaha...lembre-se Hiramaru...eu te
criei. Voce é a minha obra prima...lembre-se de quem tu és! Voce e o meu
cavaleiro negro mais forte Hahahahahahaha...
"Oneiros morre gargalhando, enquanto seu corpo se
desintegra, causando uma violenta explosão."


No final das contas morri na amingua... Athena não
chegou a me ajuda me abandonou.






= = = = == = == = = = = = = = = = = = = == = = = = == =
= === = = = ==





Athena: Hiramaru você e tão inútil
morreu sem fazer nada hahahahahaha






Outros cavalerios:
mais que patético. “riam de Hira”





Hiramaru: MALDITOOOOOOOOSSSSSSSS





== = = = = = = = ==
== == = = =


Hira acorda com um olha totalmente nervoso parecia muito
perturbado.





Pujol: Finalmente acordou
companheiro.






Pujol: vir que você
esta muito atormentado, você gritou durante todo o sono.






Hiramaru: Eu não sou seu companheiro, como eu disse não me
compare a vocês malditos espectros.






Pujol: Hades-sama
disse que a partir de agora você será nosso companheiro, eu o obdecerei sem
nenhuma objeção. Não pretendo luta
contra você espectro
“ria ironicamente.”





Hiramaru olha que estava a usar uma armadura negra, uma que ele nunca avia visto antes.





Hiramaru: Maldito porque me colocaste isso?





Pujol: Eu e ninguém a colocamos em você. Ela o cobriu por pura vontade. Você despertou uma Meisei antes de sua morte, agora você e um espectro como nos.



Hiramaru retirar a Surplice.



Hiramaru: Onde esta minha armadura?


Pujol: Ela o abandonou, voltou para o santuário em ordem de Athena.



Hiramaru: “Maldita Athena. Você me abandou de verdade, aquele sonho demonstra o que realmente aconteceu e eu não percebia.” Pensava com raiva.


Hiramaru: Me leve a hades por favor.



Pujol: Já que fora tão educado o acompanharei.


Hiramaru e Pujol partem para onde Hades estava. Todos os espetros ali presentes encaram Hiramaru com desprezo, principalmente Aiacos e Violet.



Hades: saiam todos. So permaneça Hiramaru, Pujol espere na
porta logo falarei com você.




Todos saiem do local com raiva. Pujol aguarda na porta por novas ordens.



Hades olha para o cavaleiro.



Hades: Tenho uma proposta para você cavaleiro. Conheço sua dor, conheço suas duvidas.








Hades: Nem todos os deuses te abandonaram.





Hiramaru: Como ele sabe??





Hades: se Athena o tirou a mão, então eu te estendo a minha.
“Olha para Hira com um olhar sincero.”





Hades: junte-se ao meu exercito me sirva. Em troca eu
prometo realiza seus desejos e nunca o abandona.






Hiramaru fica perplexo com a proposta. Mais sente seu coração se preenchido de ternura, olha com admiração para o deus.


Se ajoelha no chão com lagrimas nos olhos.



Hiramaru: Hades eu prometo... SEMPRE O PROTEGER.... eu so
quero que reviva meu amor... por favor nunca me abandone.
Falava em
tom desesperado, parecia muito confuso com tudo.



Hades: infelizmente não posso a reviver, a alma dela esta
presa no santuário, ela não veio para ca. Prometo nunca o abandona meus
espectros são muito preciosos pra mim.






Hiramaru: o que?


Hiramaru: entendo tudo isso e culpa de Athena. Abaixa a cabeça e lamenta.





Hades observa o ódio do cavaleiro por Athena e seus
cavaleiros e sorri de felicidade.





Hades: Pujol... entre.





Pujol adentra no são e se ajoelha na presença de Hades, logo
ao seu lado esta o cavaleiro aianda ajoelhado com lagrimas nos olhos e com um
expressão de raiva.





Pujol: em que posso se útil meu senhor?


Hades: A partir de Hoje Hiramaru será o segundo em comando em seu exercito trate-o bem.


Qual será a resposta de Pujol? Como será o relacionamento de
Hira com seus companheiros?



Você já sentiu o cosmo?


coloco as imagens amanhã, to na facu agora.


Última edição por Pisces no Aphnos em Dom Maio 05, 2013 10:26 am, editado 1 vez(es)
avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006020
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 24
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Pujol em Qui Abr 04, 2013 11:05 pm

Pujol: Se assim queres imperador Hades, assim será.



Hades e Hiramaru se surpreendem por Pujol aceitar de bom grado a inclusão do novo espectro em seu exército.

Hades: Bem, você é mesmo o único espectro que não questiona minhas decisões. "Fazendo uma comparação em sua mente entre Pujol e Aiacos"



Hiramaru estranha a situação.

Hiramaru: Então você vai me deixar entrar em seu exército sem mais nem menos? “Retruca Pujol”



Pujol: Como eu disse antes, você se tornou igual a mim, vive por um único objetivo, não sei qual é o seu, mas não me importa se você estiver do lado de Hades-sama. “Fala serenamente”



Hiramaru lembra oque o juiz falou em sua breve luta.

Hades: Está lidando com a situação melhor do que Aiacos, mas quero falar com você sobre Valentine e suas harpias, ele estava espionando minha conversa.



Pujol: Valentine é um de meus melhores homens, sendo o único em que confio em meu exército, não vejo mal em querer saber de todos os assuntos do meikai



Hades: Tenha certeza que ele está ao nosso lado, ele tem informações muito valiosas. “Ordena a Pujol”



Pujol: Aqueles que são leais a mim, são leais ao senhor. Essa habilidade é muito útil, visto que ele pode vigiar o meikai inteiro somente com elas, mas agora acho que é hora de apresentar o segundo em comando ao exército.



Hades: Antes você deve se curar Pujol, Hiramaru pode fazer isso sozinho.



Os dois saem pela porta.

Hades: Transformarei o mundo que existe lá em cima em minha utopia.



Enquanto isso Pujol e Hiramaru caminhão em direção a enfermaria, para depois ir ao encontro com as tropas de Pujol.

Hiramaru: Por que você disse que nós éramos iguais? Você nem me conhecia.



Pujol para de caminhar olha para o céu do meikai e diz.

Pujol: O melhor jeito de conhecer alguém é em uma luta, nessas diversas vezes pude perceber sua alma e qual era seu único objetivo.



Hiramaru se lembra de Seraphina, uma lagrima corre seu rosto e pergunta ao juiz.

Hiramaru: Então foi por isso que foi atrás de mim quando cheguei?



Pujol: Sim, na luta contra os deuses dos sonhos vi suas trevas, por isso lhe ajudei, por algum motivo simpatizei com você e o considerei um guerreiro e não um mero peão. Mas vamos acabar com esse papo, quero tomar um pouco de whisky.



Enquanto isso Hades observava os três juízes e Hiramaru de Giudecca.

Olhava para orb que via Henrique e falava...

Hades: Será que estás correto Henrique? “Mudava para a orb onde via Pujol e Hiramaru” Será que ele é a ressureição daquele guerreiro? Terei que esperar para saber.


avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Aiacos em Sex Abr 05, 2013 1:11 am

"Aiacos havia se retirado do local, junto com Henrique e Violate, sob ordens de Hades. Somente Hiramaru e Pujol haviam permanecido ali dentro."



- Tsc...eu não tolero essa idéia desse maldito vir ao nosso exército..."Reclama irritado."



- Ainda reluta? Irá contra ordens de Hades-sama? "Encara Aiacos com um olhar reprensivo."



- Fique calmo....não aja dessa forma.."Tenta conter Aiacos, colocando a mão em seu braço. Mesmo sendo contra a entrada de Hiramaru no exército de Hades. Nunca esquecera a humilhação e o sofrimento que passou ao ser derrotada pelo capricórnio. Mas o temor em perder seu amado ao ser executado por desobediência e rebeldia era maior ainda."



- Eu pouco me importo com as ordens de Hades-sama..."Se afasta dos dois, virando-se de costas."



- Tsc...eu já imaginava...você ainda reluta em aceitar ordens dele... "Fala intrigado."



- A sua relutância não me é estranha...até acho que sei o por quê disso..."Fala como se estivesse insinuando algo."



- Aiacos...não faça besteiras, por favor..."Fica assustada, pensando no que Henrique disse."



- Hahahahahahahahahahahahahaha...vocês...me fazem rir! Hahahaha..."Ri enquanto esboça um olhar psicótico."



- Hahahahaha..."Minos ri junto."




"Violate fica confusa, sem entender os dois."



- Chega de piadas...devo retornar aos meus aposentos..."Fala olhando para Violate, como se estivesse chamando ela."



- Que assim seja...mas eu já entendi o que se passa contigo..."Fala enquanto se aproxima de Aiacos, encarando-o em seus olhos."




"Violate olha para Aiacos, esperando alguma reação."



- É mesmo é? E o que seria? "Pergunta em tom irônico."



- Então...se for o que eu penso...você ainda não despertou completamente como um espectro..."Fala encarando Garuda."



- De alguma forma, você ainda está atrelado ao seu passado...não é mesmo, Crateris? "Fala insinuando os tempos pretéritos em que Garuda era um cavaleiro de Athena."




- Hunf...não diga besteiras..."Ironiza, fazendo pouco caso."



- Isso para mim explica muita coisa...inclusive a sua oposição em relação ao recrutamento de Hiramaru...afinal, seria mais um ex-cavaleiro de Athena dentro de nosso exército. "Fala com um grande sorriso sádico em seu rosto."



- Isso tudo é bobagem, Henrique-sama...meu senhor está apenas desconfiado..."Fala seriamente para Griffon, defendendo de alguma forma Aiacos."



- Violate, não precisa me defender..."Fala enquanto toma a frente."



- Mas..."Fala intrigada."



- Sem mais nem menos...silêncio. "Fala para Violate."



- Poupem-me dessa intriga...vocês estão cegos em aceitar esse maldito...mal virou presunto e já estão colocando-o em segundo comando no exército de Wyvern...patético..."Fala enquanto se afasta dos dois, saindo do local."



- Tsc..."Apenas observa Aiacos se afastar."
avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1477
Cosmos : 20008823
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Filler históry - Acontecimentos no inferno

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum