Coronas Temple

Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Hiramaru em Sex Maio 03, 2013 7:53 pm

Vilarejo de Alshter local perto das montanhas gélidas onde Dubhe treinava.



Nagi havia seguido o Cheiro de Dubhe até aquele local.


Um vento gélido e sinistro assoprava naquele local. Um silencio profundo se fazia.


O silencio e quebrado com um grito de uma mulher.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA


A garota cai morta no chão com sua cabeça decapitada.


Ao seu redor estavam vários corpos de homens, mulheres, crianças e idosos... ninguém no pequeno vilarejo havia vivido pra contar a historia.


Era uma cena horrível dava-se para ver pernas e braças decepados espalhados por todo o lugar. Os cadáveres tinham expressões de um medo absoluto. Uma cena que faria uma pessoa de estomago fraco vomitar.

Outra garota aparece e abraça o corpo decapitado no chão e começa a chorar.



Uma rajada de luz sai da escuridão e a acerta na cabeça. A garota cai morta ao lado do corpo decapitado.



Uma figura misteriosa sugi em cima de um telhado.


HAHAHAHAHAHA mulher idiota...


Teve a chance de fugir mais preferiu fica abraçado ao corpo de sua mãe.



Vá para o inferno junto com ela e todos os fracotes daqui.


HAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAAHA



Krummen... você não estava aqui então tive que me divertir com esse povo inocente. Faz um sorriso sádico e cruel.

Mais que tédio........ andei atoa até aqui... voltarei para casa.


A homem misterioso parte da vilarejo, deixando uma cena de filme de terror. Uma cidade fantasma cheia de corpos jogados no chão.

Gatos lambem o sangue de uma das vitimas de Nagi What a Face
= = == = = = = = = = == = = = = = == = = = = = == = = = = = = = = = = =

Santuário

Casa de peixes.


O local estava todo coberto de rosas, a casa de peixes era toda vermelha.

No meio de tantas rosas estava alguém a meditar e elevar seu cosmo.



= = = = == = = = = == = = ======= == = == = = = === = = = == = = ==

Meikai

Dois espectros estão parados em frente ao rio aqueronte, e do nada um deles corta o rio ao meio.

???: Ainda não esta bom.

O outro espectro e uma linda jovem que só observa o treinamento do outro sentada em um rocha.

????: bell-san vamos indo já esta tarde.

????: Ainda não, Seraphina.

????:Eu não sou Seraphina, quantas vezes tenho que dizer isso.

????: Cale-se. Te chamo do que eu quiser, sua vadia.

????: hummm seu grosso;

A espectra sai com raiva e deixa o estranho homem a treinar

= = = == = == = = = = == = = = = = = = = = = = == = =


Última edição por Pisces no Aphnos em Dom Maio 19, 2013 1:33 am, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006042
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 24
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Dom Maio 05, 2013 5:28 am





- Pois bem, estão prontos? "Se põe em posição de combate."





- Nós nascemos prontos! "Jessica olha seriamente para Larvenberg, elevando seu cosmo."










"Mirapso também eleva seu cosmo."








- VENHAM, MOSTREM-ME SEUS PODERES, CAVALEIROS DE ATHENA!




- VAMOS LÁ, JESSICA! "Os dois preparam seus ataques"



- Irei primeiro, TOME ISSO!




!!!! HILIA.............MAAAAAAASTIAAA !!!!








- Vamos, Mirapso.



- Hmmmmmmmaaaa!!!



!!!! DIVINE.........TORNADOOOOOOOOO !!!!





Aahaa, estou....muito, decepcionado Cavaleiros de Athena..... "Lavenberg estica um de seus braços com a mão aberta e para os dois ataques"






- Não pode ser ele, ele parou os dois ataques juntos com uma só mão?! "Arregala os olhos enquanto fala, Jessica permanece imóvel"


- Surpresos?! Farei o mesmo que fiz com seus amigos, aí....Poderão ficar surpresos! UHuahaha.....Uhah...HAHAHAHaHHAaAHha!



- TOMEM ISTO !!!



!!!!!! MERAK........CLAAWSS !!!!!!







- JESSICA, CUIDADO!!!! UAAAAAAAAAAAaaaa "Mirapso se põe a frente de todos os punhos de Lavengerg que iam até Jéssica e voa longe"





- Miraaapsoo!!! Porque vez isso?!! "Diz a amazona querendo saber porque a salvou do golpe"





- Jé-Jéssica...Eu não podia ver uma mulher ficar ma-machucada, cuidado ele é muito poderoso...Aaah um.... "Machucado, Mirapso alerta a amazona e desmaia em seguida"



- MIRAPSO !!!!



- RuhruhaUAHUHAahhaahh, estamos sozinhos agora garotinha.....Mas não tenha medo, não vai doer nada!
- HAHAHAHahahahahaha!!



- MALDITO!!! Todos os outros estão no chão, precisam rapidamente de ajuda se eu não fizer nada....Se eu.......



- Venha garota, vamos para o palácio...Se não vier por bem virá por mal iiiiiiiheeiahHahhaa!!!




- ....Se eu não fizer nada todos morreram e eu....
-E EU NÃO QUERO MAIS VER PESSOAS MORREREM! QUEIME COSMO!
- OOOOOOOOOOOOOoaaaaaaaaaa!!!!




!!!!!!!!! AQUILA........SPINNIIING PREDAATIOOOOON !!!!!!!!!









- Ohh, então fará seus últimos esforços? Pois bem, se quer tanto morrer ao invés de ficar ao meu lado farei isso com muito prazer!



!!!!!! MERAK........CLAAWSS !!!!!!







ahah, Infelizmente para você garota eu posso controlar as correntes de ar....Seus ataques não tem efeito algum contra minhas garras!! Mas devo admitir, vocês Cavaleiros são realmente interessantes!



- Oque!? Ele parou o Furacão?!!? Mas como!??!



- Telecinese! MORRA!!!



- Não pode ser..........Uuuuuaaaaaaaaaaaaaaaaa "Jéssica voa longe e cai desacordada muito machucada"



"O poder dos dois se chocam, mas a Amazona de Bronze é surpreendida, Lavenberg possui poderes de telecinese (Embora limitados) e consegue controlar a corrente de ar feita pelo golpe de Jessica acertando Jessica em cheio, porém o ataque da Amazona surpreende o Guerreiro Deus e então começa a entender porque antigos Guerreiros Deuses do passados teriam sido derrotados, neste mesmo instante Mirapso começa a se levantar e estava emanando um cosmo maior do que o inicio do combate, oque preocupava o Guerreiro Deus"



- Incrível esta garota ainda conseguiu me arranhar... "Via sangue na ponta de seus dedos"



- Mesmo controlando a corrente de ar de seu ataque, ele foi forte suficiente para que a parada brusca me atingisse...Talvez ela tivesse alguma chance...Estou subestimando esses moleques!



- MAS OQUE!? O outro está levantando....! Mas que cosmo é esse?!? Esse garoto estava praticamente morto!!! "Surpreso ao vir o Cavaleiro de Orion se levantar, emando uma grande cosmo energia por ser um garoto e que estava praticamente morto"



- Ggg-grrr.....Jessi-ssica....! Dei-xe comigo agora.... "Se levanta aos poucos Mirapso queimando seu cosmo"



- Como meu pai sempre dizia, Lavenberg..... "Queimava seu cosmo enquanto se levantava e falava"


- OQUE!?


- Uma luta de um Cavaleiro, é sempre UM CONTRA UM!!! "Bolas elétricas rodiavam o corpo de Mirapso"





!!!!!!!!!!! TONITRUI.........FERA CAELOOOOS !!!!!!!!!!!






- MAS OQUE, MOLEQUE INSOLENTE!!!
"Não conseguia acreditar no cosmo de um garoto de bronze chegar a este nível"




Jessica foi derrotada, Mirapso acorda e enfrenta o Guerreiro Deus de Merak! Será que Mirapso acordou o 7º sentido!? Seu ataque será o suficiente para derrotar Lavenberg que ficou surpreso ao ver Mirapso levantando?!

Não perca no próximo episódio! Aguente firme Mirapso! O enorme poder de Lavenberg!



avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991816
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Dom Maio 05, 2013 11:19 pm

=========================================================



- Uma luta de um Cavaleiro, é sempre UM CONTRA UM!!!
"Bolas elétricas rodiavam o corpo de Mirapso"




!!!!!!!!!!! TONITRUI.........FERA CAELOOOOS !!!!!!!!!!!




- Maldito! De onde esse pirralho tirou toda essa força?? "Larvenberg fala surpreso, enquanto tenta ofuscar a poderosa luz com suas mãos."



- Você subestima seus oponentes! Irei te derrotar! "O ataque parte para cima de Larvenberg com todas as suas forças."



- Mas o quê? Moleque insolente!! "Larvenberg fala surpreso e abismado com a força de Mirapso. O cavaleiro de bronze havia ganhado a atenção do guerreiro deus."




- Você vai pagar caro por ter machucado Jéssica e os outros! "Mirapso vocifera, explodindo seu cosmo e tudo pelo local."




- Cavaleiro idiota...não ouses me subestimar! "Larvenberg fala com ódio, elevando seu cosmo."



- Ooooaaahhh..."O guerreiro deus sai correndo em direção a Mirapso, em uma velocidade impressionante."



- Seu idiota, você vai se chocar contra meu golpe e irá morrer..."Estreita os olhos, enquanto vê o guerreiro deus vindo em sua direção, prestes a se chocar contra o ataque de Orion."




"A explosão elétrica toma conta do local, ocasionando uma violenta explosão, sacudindo todo o terreno em que estavam."



"O local é completamente devastado."



"Uma grande quantidade de fumaça se espalha."



- Parece que ele se foi..."Fala com satisfação."



- Cuidado! Atrás de você!!! "Jéssica grita a plenos pulmões."



- Surpresa! "Larvenberg aparece atrás de Mirapso, surpreendendo-o."




- Maldito...como você fez isso?? "Fala surpreso."




- Hahahaha...quer mesmo saber?? "Fala esboçando um sorriso sádico."




-Desgraçado...você deveria ter sido pulverizado...como você escapou? COMO? "Mirapso fica com raiva, e pergunta indignado, cerrando seus punhos."



- Tolo...você não prestou atenção? Eu simplesmente usei minha velocidade para escapar da sua técnica...por acaso você já ouviu falar de Sleipnir? "Fala encarando Mirapso."




- Que diabos é isso? "Fala intrigado."



- Sleipnir é uma
criadura divina que serve de montaria para o deus Odin, líder dos deuses nórdicos. Ele é um poderoso corcel de oito patas, com habilidades incríveis, sendo o ser mais ágil na Terra, podendo levar Odin sobre o mar, através dos céus, e até à terra dos mortos. É o ser mais rápido entre os planos... "Fala atentamente."



- Agora eu entendi...você pode usar sua grande velocidade e desaparecer entre os planos..."Compreende a técnica, demonstrando ter grande experiência em assimilar situações adversas."



- Exatamente. Mas devo dizer que estou impressionado contigo, moleque. "Fala reconhecendo o poder de Mirapso."



- É bom ficar, por que eu não pegarei leve com você..."Fala com convicção."



- Agora é você que está subestimando seu oponente...eu vou tirar esse sorriso idiota da sua cara..."Aponta o dedo para Mirapso."




- Tente, se puder! "Provoca Merak."




- Moleque ingênuo...há coisas que estão além da sua compreensão..."O guerreiro deus explode seu cosmo divino."



- Mirapso...cuidado!! "Jéssica fala apavorada."



- Que cosmo esmagador..."Fala assustado."



- Esse é o poder de um deus, que percorre pelas minhas veias..."Larvenberg fala enquanto eleva seu cosmo."




- Po-poder de um deus? "Jéssica fala surpresa."




- Recebam meu golpe...Valhalla Asgardian Solar Flare !! Explosão Solar Asgardiana de Valhalla !!




"Uma explosão violenta acontece no local, fazendo Asgard tremer-se."



- Desapareçam, santos de Athena. "Fala com um olhar doentio."



"O poder esmagador avança com tudo pra cima dos cavaleiros de bronze."

================================================================

Continua no próximo episódio.


Última edição por Garuda no Aiacos em Seg Maio 06, 2013 1:12 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1485
Cosmos : 20008853
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Cancer no Malakh em Seg Maio 06, 2013 6:30 am

O grupo de Malakh havia se separado do grupo de Mirapolos
por conta da avalanche.


- Não sinto mais o cosmo de Mirapolos... – diz Juan de
Auriga



- E nem dos cavaleiros de prata de Triângulo e de Cães de
Caça... Que droga, Cães de Caça, com sua habilidade de “farejar” cosmos, era
importante para ajudar encontrar Kiwill!
– observa Malakh





Enquanto isso, um dos cavaleiros se afastava do grupo,
deixando Malakh furioso.




- Ô Parapolos! Tá indo aonde seu idiota???



O Cavaleiro de Altar sequer responde e continua a andar.

- Doido pra morrer... – pensa Malakh



É quando o Cavaleiro de Câncer ouve um grito agonizante
vindo de trás. Alderamin de Cefeu fora atingido e lentamente caia ao chão.





- Alderamin! Mas o quê?!



- Quer dizer que vocês não morreram com a minha avalanche...
HAHAHAHA!
– diz um homem misterioso





- Então foi você que provocou as mortes dos meus
companheiros! Muito bem, grandão, você usou de um bom artifício, mas deveria
ter continuado nas sombras. De tanto procurar, acabou encontrando a morte em
pessoa.




- HAHAHA! E quem seria? Você?


Os cavaleiros de Auriga, Lobo e Leão Menor se postam em
posição de combate, mas Malakh acena para não se preocuparem.


- Relaxem aí, vou acabar logo com isso.

- Você vai ficar ótimo como estátua na Casa de Câncer! HAHAHA!




Malakh avança rapidamente para a frente do misterioso
inimigo.





OLHOS DA MEDUSA!
avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995464
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Ter Maio 07, 2013 3:18 am





Começam as batalhas em Asgard. Os dois grupos enviados por Tiomno a Asgard já passam por obstaculos. Lavenberg derrotou facilmente varios Cavaleiros e esta em uma luta mortal contra Mirapso.

Perto do local chegava o Grupo de Malakh que fora surpreendido por um Guerreiro Gigante, o mesmo que causara a avalanche passada...Finalmente os Cavaleiros de Ouro entrarão em ação! No episódio de hoje: O Cavaleiro de Ouro, Malakh de Câncer e a volta a Mekai!



!!! OLHOS DA MEDUSA! !!!




- Logo após o Cavaleiro de Câncer pronunciar seu golpe, o Guerreiro desconhecido brandava:


?????: Ehehahahah....Deveria olhar melhor suas costas!


Parapolos: CUIDADO, MALAKH !!! "Grita o prateado que já havia percebido algo"


Malakh: OQUE!? "O dourado olha pra trás rapidamente parando a execução de seu golpe"




Malakh: MAS QUE PO.........É ESSA!!!!!!!!!!! "Dois martelos gigantes vinham em sua direção, por milimetros Malakh conseguia deviar, se pondo em uma nova posição de combate...!




????: HEhehahhahaha.....Eu estava para cair em seu golpe, Cavaleiro, se não fosse meu chamado pelo Martelo Mjolnir eu estaria transformado em pedra agora, não é mesmo? O lendário ataque da Medusa....


Malakh: .....Aha! Você me surpreendeu agora grandão!
Mas quer dizer então que o meu golpe, é um golpe lendário?!



AHhah! Obrigado! "Tirando um sarro de Thor"


????: GGgrr...Convencido lhe tirarei este sorriso de sua cara! "O Guerreiro Deus fica enfurecido com a confiança de Malakh e começa a aumentar o seu cosmo"


Malakh: Venha grandalhão, mas vamos a um local mais calmo oque acha!?
AAAaaau! Porque eu estou perguntando....


VOCÊ VIRÁ COMIGO!


????: Oque?!! ACHA QUE PODE ME LEVAR A FORÇA!!!!!
MISERAVEL VOCÊ CONSEGUIU ME IRRITAR!!!



????: APROVEITAREI E ACABAREI COM TODOS DE UMA SÓ VEZ!!!!!!!!


Malakh: Ei, garotos! Sigam em frente! Esta luta irá demorar mais do que eu imaginava!

Todos: Sim, Malakh-Sama!


Parapolos: Eu não seguirei nenhum Cavaleiro abaixo de mim, irei ao encontro de Hilda pessoalmente, assim não terei que cuidar de nenhum estorvo ao meu caminho.


Hamntam de Lobo: Do que está falando, idiota!?


Hakuzak de Leão Menor: Deixe-o Hamntam...Este cara é louco! Vamos seguir em frente amigos!

"Os Cavaleiros começam a correr para avançarem sobre as terras de Asgard em busca de informações"


????: MMMMMMMMMMMMMMMROOOOOOOOAAAA!!! MAS, Oque?! "Aumentava seu Cosmo surpreendentemente quando via os outros Cavaleiros correndo"


????: Acha mesmo que deixarei passarem deste lugar?!
EU JA FALEI, IREI MATAR TODOS DE UMA VEZ!!!


????: RECEBA MEU GOLPE FATAL!!!!!!! "Mais uma vez, queimando seu cosmo de uma forma incrível, mudando a cor do céu"


Malakh: Acalma-se grandalhão....Deste jeito você vai ser tragado por uma fenda no tempo-espaço!
Darei um jeito em você
"Pensava consigo, o poder que tinha este Guerreiro, com certeza seria um deles. Um Guerreiro Deus!"


????: MALDITO MORRAAAAAAAAAAA!!!!



!!!!!!!!! TITAANIC HERACLESSSSSS !!!!!!!!!



"Um grande cosmo era reunido no punho do Guerreiro. Era um cosmo Gigantesco e estava prestes a se colidir contra Malakh e atrás dele uma enorme montanha de Gelo e Neve"



avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991816
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Qua Maio 08, 2013 4:12 am





Lavenberg: Este é o poder de um deus, que percorre pelas minhas veias... "Larvenberg fala enquanto eleva seu cosmo."


Jessica: Po-poder de um deus? "Jéssica fala surpresa."


Mirapso: Mas que cosmo esmagador é esse...!? "Mirapso visivelmente assustado."



Lavenberg: Recebam meu golpe...

!!!!! VALHALLA.....
.....ASGARDIAN SOLAR......
.....FLARE
!!!!!! [/color]



"Uma explosão violenta acontece no local, fazendo Asgard tremer-se."


Desapareçam, santos de Athena. "Fala com um olhar doentio."


"O poder esmagador avança com tudo pra cima dos cavaleiros de bronze."

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=


Mirapso: Ggr...Não pode ser....! É o fim! "Lamenta sem ideias"


Jessica: Se eu tivesse mais cosmo....iremos todos.....morrer....!

"Alguma coisa parou a energia vinda do golpe de Larvenberg temporariamente"




Tenma: EI PESSOAL! NÃO FIQUEM ASSIM!



Mirapso/Jessica: TENMA!




Mirapso : No que está pensando em fazer Tenma!? Está louco?!


Tenma: Pessoal afastem-se, na última Guerra de Marte eu não pude fazer nada! Pela primeira vez um Cavaleiro de Pegasus decepciona Athena!
Desta vez pelo menos, eu farei de tudo para deixar todos vocês vivos!!! Jessica, Mirapso e você Giully....



Tenma: Será pela minha honra AMIGOS, VAMOS PEGASUS!!! "Tenma ficava a frente de todos e com seu cosmo empurrava todos seus amigos para trás"


Mirapso: Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuaaaaaa "Mirapso voando"



Jessica: TENMA......



Tenma: EXPLODA COSMO, PELO MENOS UMA VEZ NESSA VIDA!

[img][/img]
Tenma: Queime e faça minha estrela finalmente ascender!!!!! VAMOS PEGASUS!!!!!!


OOOOOOOOooooooooooooooooooo oooooooooooooo



!!!!!!!!! PEGASUS.........



........RYU SEI KEN !!!!!!!!!



"A energia criada pelo Guerreiro Deus era tão grande que ele não conseguia ver os Cavaleiros do Outro lado"


Lavenberg: Oque!? Há algo parando meu golpe!


Oque significam esses feixes de luz!? Parecem Meteoros!!


MAS É.........


PEGASUS!!!!!


Larvengerg: Verme maldito insignificantemente, você jamais irá nos atrapalhar!!!!! Maldita constelação de pegasus!!!
Colocarei um fim para sempre nesta armadura!!!!!
"Lavenberg aumenta ainda mais seu cosmo empurrando seu golpe que era parado por Tenma momentaneamente"


Lavenberg: RRRRRROAAAAAA!!!!! MORRRAAAAAA!!!


"O Golpe acerta Tenma e destrói completamente o lugar por onde lutavam, o gelo que ali estava não existia mais. Era o solo, queimado por todo o golpe de Lavenberg mostrando tamanha destruição de seu golpe. No meio da fumaça, Tenma ainda estava de pé, com sua armadura completamente destruida."


Tenma: Ggrr...


Lavenberg: Impossível....Recebeu todo o golpe diretamente! Era pra ter virado cinzas, maldita estrela de Pegasus!


Tenma: Athena-sama.....Eu-eu fui útil, não fui?
"Depois das palavras, Tenma cai no chão desacordado ou morto ninguem ainda sabia direito, seu cosmo desapareceu completamente"


Mirapso: TEEEEEEEENMAAAAAA!!!!!!!!


Mirapso: Larvenberg......! "Fechando as mãos com tanta força que as sangrava de raiva..."


Jessica: Oque pensa em fazer Mirapso?! Não temos chances alguma, devemos voltar e avisar o Mestre!


Mirapso: Jessica, proteja Tenma e Giully rápido!


Jessica: Mirapso...Está bem, entendi...Levarei-os para um lugar seguro, esperaremos você, Mirapso!!



Mirapso: Tenma, seu esforço não será em vão....Mas......
Eu realmente não sei oque fazer, lancei meu ataque mais poderoso e nem o arranhou!
Este meu ultimo ataque era muito mais poderoso daquele quando lancei contra os 3 Cavaleiros Negros! Como pode ter tanto poder este homem!


"Mirapso, toma a frente"


Mirapso: Escute Larvenberg, oque você quis dizer com sangue de um Deus?! "Indaga Mirapso, querendo descobrir informações"


Mirapso: Você acha certo um Deus derramar sangue em vão deste jeito!? RESPONDA-ME LARVENBERG!


!!!!????? OQUE É VOCÊ !!!!?????






Última edição por Taurus no Mirapolos em Sab Maio 18, 2013 10:25 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991816
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Qua Maio 08, 2013 11:18 pm

===============================================================

"A batalha estava se tornando cada vez mais perigosa e mortal. O que irá acontecer com os jovens cavaleiros da esperança?"




- Você acha certo um Deus derramar sangue em vão deste jeito!? Responda-me Larvenberg! "Mirapso exclama indignado, estreitando seus olhos, enquanto encara o guerreiro deus."



"O guerreiro deus fica em silencio, sem dizer uma palavra sequer."



- O que é você?? "Fala com ódio."



- Pft...não lhe devo satisfações garoto! "Larvenberg fala desprezando o cavaleiro de bronze."



"Devo tomar muito cuidado, ele é muito poderoso. Qualquer brecha que eu deixar pode ser fatal." "Mirapso pensa consigo, analisando a situação."



"Tenma ainda estava desacordado, assim como Giully. Somente Jéssica estava consciente, porém ferida."



- Aaah...ele é muito poderoso...tome cuidado Mirapso..."Jessica fala enquanto tenta se levantar."




- Não se preocupe Jessica, eu darei conta disso. Pois bem Larvenberg, se prepare. "Fala o cavaleiro de bronze, enquanto eleva agressivamente seu cosmo."



- Vá em frente, santo de Athena. Mostre seu poder...até agora todos vocês só tem me causado decepção! "Fala desprezando os cavaleiros ali presente."



- Realizarei seu desejo! Irei te mostrar meu poder!! "Fala Mirapso elevando seu cosmo ao limite."




- Seja breve...estou entediado..."Fala em tom jocoso, provocando Mirapso."



- Maldito! Eu irei te derrotar! Isso é uma promessa! Farei você pagar caro! "Explode seu cosmo, encarando Larvenberg com o seu olhar desafiador."




- Tolo..."Fala sem se mover, apenas aguardando Mirapso atacar."


- Queime...queime...queime meu cosmo, me dê forças..."Fala baixinho para si mesmo, enquanto se prepara para atacar."



- Ooooooaaaahhhhhh...Orion Devastatioooooon !! Devastação de Órion!! "Explode seu cosmo ao máximo, partindo pra cima de Larvenberg com seu ataque."



- Que golpe poderoso...essa é sua força, Mirapso? "Jessica fala admirada."



- E não é que o pirralho é fortinho até? "Fala surpreso com o poder de Mirapso."



- OOoooaaaahhhhhh...desapareçaaaa!! "Grita enquanto dispara o ataque."



- Não pense que um ataque desse nível irá me atingir!!! "Fala furioso."



"Larvenberg usa a sua extrema agilidade, correndo na direção de Mirapso."



"Dá um salto, se desviando do ataque, como também escapando do impacto do Orion Devastation contra o solo."



- Maldito...ele desviou novamente da minha técnica..."Dessa vez Mirapso presta atenção, e observa o movimento do guerreiro deus."



"O guerreiro deus pousa diante de Mirapso novamente, encarando-o."



- Então além de telecinese, ele também possui uma grande velocidade..."Fala baixinho, observando a luta."



- Você parece estar cansado..."Fala provocando o guerreiro deus."



- Eu? Imagina...estou bem disposto. E você, pirralho? Vai continuar com esse show de fogos de artifícios? "Fala sadicamente, provocando Mirapso."




- Seu prepotente...me responda...quem é você? O que diabos quis dizer com poderes divinos? "Volta a indagar, querendo respostas."




- Você quer tanto saber assim?? Está bem..."Larvenberg esboça um sorriso sádico, enquanto encara Mirapso."




"Mirapso estreita os olhos, prestando atenção a cada movimento de Larvenberg."



"O guerreiro deus explode seu cosmo. Atrás dele, surgem duas estranhas figuras."



"Uma delas, mostrava Odin, o grande deus nórdico."



"A outra, aparecia Loki, o deus da trapaça."



- Então é isso...esses são os deuses cujos sangues você carrega consigo... "Mirapso começa a compreender sobre o extraordinário poder emanado por Merak."



- Agora que você entendeu, sabe que não há nenhuma esperança para os cavaleiros de Athena ! "Vocifera, enquanto eleva seu cosmo, incendiando todo o local aonde estavam."




"Ao emanar seu cosmo divino, o guerreiro deus liberava uma grande quantidade de chamas ardentes, incinerando tudo ao seu redor."


"As chamas se espalham rapidamente pelo local, deixando os dois dentro de um círculo de fogo."



"O circulo de fogo aumenta, queimando tudo ao seu redor. Yuna se afasta, carregando Tenma e Giully."



- Droga...não posso deixar ele vencer...tenho um dever a cumprir, e não posso falhar! "Fala consigo mesmo, extremamente preocupado."



- Sinto muito garoto. Mas a sua batalha termina aqui. Irei incinerá-los, junto com Athena e suas esperanças. Você quer bem passado ou mal passado? "Ridiculariza os cavaleiros, enquanto chamas e mais chamas saiam de seus punhos."



- Você pode ser filho de um deus, mas jamais será um empecilho para nós, santos de Athena. Lutamos pela paz e pela justiça ! A esperança é a última que morre...meu pai me ensinou isso..."Mirapso fala enquanto eleva agressivamente seu cosmo."




- Mirapso..."Fica emocionada com as palavras de Orion."



- Ainda reluta com essa mixórdia? Vocês lutam por paz e justiça? Insistem em preservar uma causa perdida, a humanidade! Só os tolos ousam em defender uma raça inferior...tão inescrupulosa e cruel como os seres humanos..."Fala enquanto esboça um sorriso doentio."




- Cale-se! Alguém arrogante como você não deve julgar os humanos como seres inferiores! Vou acabar com você!! "Grita elevando seu cosmo, extinguindo o fogo que os rodeava."



"O fogo começa a ser sobrepujado, se extinguindo, e em seu lugar, uma grande cortina de fumaça surge."



- Maldito..."Fala irritado."



- Como eu havia lhe dito, Larvenberg, eu irei acabar com você! "Mirapso fala enquanto emana uma forte luz branco-azulada."



- Tsc...estou sem paciência, não nasci para ser babá! Ataque de uma vez, pirralho! "Bufava impacientemente."




- Como desejas...tome isso...Hastiaaaa Maximaaaaa!! "Lança o ataque conta o guerreiro deus."




- Por Odin...seus golpes não são o suficiente para me deter! "Fala desapontado, enquanto a viseira de seu elmo cobre seus olhos."



"O guerreiro deus estende a palma de sua mão."



- Oooooaaaaahhh...até que seu ataque é fortinho...hahahahaha..."O guerreiro deus segura o ataque de Mirapso, anulando-o."



- Puta que pariu! Nada parece funcionar contra esse tratante..."Fala abismado."



- Lamento garoto...você está muito verde ainda..."Faz um sinal de negativo para o cavaleiro de bronze."



- Maldito, não pense que acabou! Ainda há muito mais por vir..."Fala o cavaleiro de bronze, um pouco cansado."



- Sinto muito, mas chegou a hora de concluirmos esse embate..."Explode seu cosmo agressivamente."



- Merda...preciso pensar em alguma coisa..."Fala nervoso."



- Tarde demais. "Cruza seus braços, enquanto a figura de Sleipnir surge atrás de Larvenberg."



"A imagem torna-se mais nítida, brilhando intensamente, formando uma aura sobre o guerreiro deus."



- Então esse é Sleipnir...aquela criatura o qual ele mencionou...droga...eu vou ser derrotado se continuar desse jeito..."Se põe em posição defensiva."



- Desapareça, Orion! Ice Phobia! Fobia do Gelo! "Lança o ataque contra Mirapso."



- Aaaaahhhhhh... "Mirapolos é acertado em cheio, sendo arremessado a uma longa distância."



"A temível Fobia do Gelo, um golpe que envolve um efeito congelante como também um poderoso efeito sombrio. Ao mesmo tempo em que o oponente sofre com o efeito congelante, sofre efeitos psíquicos, causando danos cerebrais. É como uma grande sensação de medo e inércia assolase o oponente atingido, deixando-o sem condições de agir."

================================================================

O que irá acontecer? Não percam o próximo episódio.

================================================================

É contigo Mirapolos. Larvenberg é filho do deus Odin, porém teve contato com o sangue de Loki, ao matar um de seus filhos, o Vejtasa. Na aventura do Meikai, os dois se enfrentam e Larvenberg mata Vejtasa, que havia se tornado um espectro.

Pensei em inserir isso no flashback para justificar as imagens de Odin e Loki, mas achei melhor não colocar, para não bagunçar o contexto da luta.


Última edição por Garuda no Aiacos em Qua Maio 15, 2013 9:41 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1485
Cosmos : 20008853
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Sex Maio 10, 2013 11:19 pm

=============================================================



- Ice Phobia. Fobia do Gelo."O golpe faz com que o oponente sofra represálias físicas, com a queda e o lento congelamento de seu corpo, como também sofre sequelas psíquicas, causando dano cerebral."




"Como o nome indica, instala-se uma espécie de fobia, um desespero, um medo que toma conta do oponente. Como se fosse alguém perdido em meio a neve. Por causa disso, o oponente simplesmente permite ser congelado, sem o seu consentimento. Tal situação ocorre pelo fato de não conseguir reagir, como se sofresse alguma inércia emocional."




"No fim, o oponente acaba sendo congelado por completo, de forma lenta, agonizante e dolorosa."



- Aaaahhhhh..."Mirapso é atingido em cheio, sendo arremessado a uma longa distância."




- Mirapsooo...nãooo..."Jéssica grita desesperada ao ver Orion sendo atingido em cheio."




"O cavaleiro cai no chão, completamente derrotado."



- No fim de contas, estou perdendo tempo...devo me focar nos peixes grandes, e não em meros peixinhos como vocês..."Fala pensando nos cavaleiros de ouro que haviam sido enviados para Asgard."



- Droga...eu preciso salvar a vida deles...não posso deixar isso terminar assim..."Fala indignada, enquanto se levantava vagarosamente do chão."




- Então vai lutar, mesmo estando nessas condições? Devo admitir que vocês são chatos...não sabem a hora de parar. "Fala debochando de Jessica."



"Giully e Tenma ainda estavam desacordados."



- Devo ajudá-los...eu também sirvo a Athena...eu simplesmente não posso desistir..."Fala enquanto se agacha, com dificuldades, por estar bem ferida."



- Então venha, sua fedelha...mostre-me do que és capaz de fazer..."Fala com certa malícia."



- É triste ver como alguém tão poderoso como você pode ser tão cego ao mesmo tempo... "Fala rispidamente, encarando Larvenberg."



- Me poupe desses sermões! Os cegos aqui são vocês, santos de Athena, ao permitirem que os humanos continuem vivendo, e por obséquio, eles continuam matando seus semelhantes e destruindo esse mundo e tamb...ah quer saber...foda-se...vou matar vocês. "Para de explicar suas motivações, tocando o foda-se, e se pondo em posição de combate."



- Então quer dizer que a humanidade inteira deve padecer por suas crenças radicais, Larvenberg? "Fala encarando o guerreiro deus, lhe dando uma alfinetada."




- Hahahaha...mas é claro que sim...hahahaha..."Responde em tom de deboche."




- Você é louco..."Fala com raiva, desprezando Merak."



- Todos nós somos loucos...quem não quer ver um louco, deve quebrar os espelhos. "Estreita seus olhos, desafiando Jessica."




- O único louco aqui é você, um guerreiro deus prepotente e megalomaníaco...o mundo está cheio de pessoas como você...e são elas que causam os problemas que acontecem pelo mundo..."Fala em tom intimidador, elevando seu cosmo."




- Ou seja...acabas de comprovar o que eu digo...se o mundo está cheio de pessoas ruins, nada mais justo destruí-los junto com esse mundo putrefato... "Encara com um olhar doentio."



- Já basta Larvenberg! Não irei discutir isso contigo! "Explode seu cosmo ao máximo."




- Hahahahaha...vocês são muito ingênuos...mal sairam das fraldas e acreditam nesse conto de fábula...de um mundo regado a paz e justiça...hahaha..."O guerreiro deus ri estericamente, achando graça nessa crença em que os cavaleiros carregam consigo."



- Mirapso...Giully...Tenma...Athena-sama...eu irei cumprir meu dever, custe o que custar..."A amazona eleva seu cosmo ao extremo, queimando-o com muita intensidade. Uma forte luz tomava conta do local."




- Magnífico...simplesmente magnífico...de onde essa garota consegue todo esse poder?? "O guerreiro deus fica surpreso com o poder emanado por Jessica."



- Essa é a minha determinação, Larvenberg..."Encara o guerreiro deus."




- Que poder...tão intenso e puro..."Giully havia despertado, ao sentir o poderoso cosmo de Jessica."




"O cosmo de Jessica alcança uma nova barreira, o sétimo sentido."



- Tome isso...Aquilaaaa Shinning Blaaaaast... "Lança o ataque, partindo com tudo para cima de Larvenberg."




- Vadia...mesmo emanando um cosmo forte como esse...ainda não é o suficiente!!! "Grita enquanto sai em disparada contra Jessica."



"O guerreiro deus ganha velocidade."



- Seu burro...você vai ser atingido se continuar assim..."Fala enquanto observa Larvenberg se aproximando."



- Oahh..."O guerreiro deus dá um salto para cima."



"Larvenberg se desvia do ataque de Jessica."



- Mas o quê?? Ele se desviou de novo?? "Fala surpresa."




- Já lhe disse que isso não é o suficiente...vocês são meros cavaleiros de bronze!! "Fala vociferando com raiva."



"Uma imagem de Sleipnir surge dos céus, indo com tudo pra cima de Jessica."



- Que agilidade..."Fala surpresa."



- Tola...receba meu golpe!! Greastest Recoil! Grande Coice! "O guerreiro deus concentra todas as suas forças em um de seus pés."



- Aaahhhhh... "Jessica recebe seu golpe em cheio, causando rachaduras no seu abdomen, caindo com força no chão."



- Essa não...ele derrubou a Jéssica com facilidade..."Fala enquanto vê a situação ficar crítica."



"Larvenberg pousa no solo."



- Agora você será meu próximo oponente, pirralho? "Volta as suas atenções para Giully de Unicórnio."



- Grrr...seu filho da puta..."Fala com ódio."



- Mirapso, seu preguiçoso...acorde!! Temos que lutar!! "Se aproxima de Mirapso, que estava desacordado."




- Pft...vai pedir ajuda pro seu amigo? Mas é um cagão mesmo..."Fala debochando de Giully."



- Vamos Mirapso...não desista!! "Fala enquanto tenta animar seu companheiro caído."



- Já basta! Agora irei matar todos e concluirei essa batalha. "Fala se pondo em posição de combate, enquanto a viseira cobre seus olhos. Estava prestes a atacar."



- Mirapso, caralho! Acorde maldito! "Grita desesperado. Por ter perdido muito sangue, não tinha como lutar. De todos, somente Orion ainda estava em condições de batalhar contra Merak, e Giully sabia muito bem disso."



- Mirapso...por favor...volte por nós... "Fala preocupada com Orion."

================================================================

"Enquanto isso..."



"Será que eu morri?? Não consigo sentir nada...não consigo abrir meus olhos...meu corpo está todo dormente...não sinto mais vontade de me mexer...algo...algo me impede...mas ao mesmo tempo...sinto frio...sinto uma paz..."
"Mirapso estava sob os efeitos do golpe de Merak, deixando-o num estado inerte, enquanto aos poucos ia morrendo."



- Mirapso...Mirapso...você não pode desistir...eu tenho fé em você..."Uma voz ecoa pelo local."




- Essa voz...não pode ser..."Estreita seus olhos."



- Eu tenho fé em você...eu confio em ti...assim como confio em todos os cavaleiros...por favor, receba um pouco de meu cosmo...lembre-se pelo que você luta...não por mim....mas por todos que acreditam em você..."A doce voz de Saori reconforta Mirapso."



- Meu querido filho...eu estou tão orgulha de você...te amo mais que tudo...mesmo não estando ali contigo, estarei sempre ao seu lado. "Paradox surge na mente de Mirapso."




"Mãe...como eu sinto a sua falta..." "Lágrimas saiam dos olhos de Mirapso."



"Uma triste melodia ecoava na mente de Mirapso. Era a oração de Athena, que ressoava com um certo temor. A deusa estava preocupada com os seus cavaleiros e o avermelhar das neves de Asgard."


- Eu também sinto a sua falta, meu amado filho...mas me ouça com atenção...por favor...não cometa o mesmo erro que eu. Me arrependo de ter me abdicado como uma amazona de Athena. Não faça como eu...nunca desista...faça seu cosmo brilhar até o limite..."Fala determinada, incentivando seu filho."



- Lembre-se Mirapso...agora nós somos cavaleiros de Athena...devemos lutar em prol da paz e da justiça. Nunca iremos ceder, lutaremos até o fim, pois nós somos os santos da esperança. "Aparece seu pai, reconfortando-o."




- Você precisa aprender a se virar sozinho, já és um homem. Tenho certeza de que irá conseguir, eu confio em ti! Vá Mirapso, meu filho, vá ao infinito e além. Queime seu cosmo e não pare mais! "Mirapolos fala encorajando Mirapso."




"Athena...mãe...pai...eu...eu...não posso desistir agora...não posso! Tenho que lutar por aqueles que confiam em mim." "O poder de Athena alcança Mirapso, anulando os efeitos da técnica de Larvenberg, preenchendo-o com luz e paz."



"Uma grande luz surgia na mente de Mirapso."

==============================================================

"Eis que..."



- Aaaahh..."Mirapso acorda num rompante."



- Mirapso...que bom que você está bem..."A amazona responde aliviada."



- Até que enfim Orion...até que enfim..."Fala enquanto contorce-se de dor, estava em uma situação deplorável."



"Orion se levanta, se pondo em posição de batalha."



- Maldito...como você conseguiu se levantar, depois de levar minha Fobia do Gelo?? "Fala assustado, incrédulo."



- Me desculpem, não queria ter deixado vocês na mão. Prometo que isso não irá se repetir. "Olha para Giully e para Jessica."




- Maldito...senti o cosmo de Athena agindo nele...aquela vadia está complicando as coisas..."Larvenberg fala baixinho, pensando em alguma solução."



- Giully, me ouça...preciso que você saia daqui e leve Tenma consigo. Jessica, acompanhe os dois, está bem? "Fala determinado."




- Sim Mirapso...sei que você é o único que tem chances contra esse maldito..."Fala enquanto segura Tenma em seus braços."




"Jessica se levanta, cambaleando um pouco."



"Larvenberg apenas observa em silêncio, dando uma risadinha ao ver a confiança que seus amigos tinham em Mirapso."



- Mas Mirapso...não quero deixar você...é muito perigoso...."A amazona fala preocupada."



- Ei...está tudo bem...eu prometo que voltarei vivo e salvo..."Fala tentando tranquilizar Jessica."




- Está bem...se você promete, eu confio em ti..."Esboça um sorriso."


- Eita...até que você é pesado...urgh..."Giully se esforça, levantando Tenma, que estava desacordado ainda."



- Mirapso, acabe com ele. Sem dó nem piedade! "Fala determinada para Orion."



- Pode deixar...farei ele pagar caro por tudo que fez..."Fala determinado."



- Ei...vamos embora, Jessica..."Giully chama a sua amiga."



- Vamos..."Ajuda Giully a carregar Tenma."



- Boa sorte, Mirapso. "Giully carrega Tenma com a ajuda de Jessica, e os três saem do local."



- Ei seus fedelhos, aonde pensam que vão?? "Esbraveja com raiva."



- Deixe-os...eu serei seu oponente, Larvenberg! "Se põe a frente do guerreiro deus, sem deixar com que ele tentasse algo contra seus amigos."



- Hahaha...por mais que tentem, não será o suficiente para me derrotar. "Fala ridicularizando todos."



- De fato...você é muito poderoso...de onde vem toda essa força? Como você conseguiu o poder de dois deuses? Me responda! "Questiona novamente, na ânsia de obter respostas."




- Você quer tanto saber? Está bem...ouça bem pois só falarei uma vez... "Esboça um sorriso sádico."




"Mirapso fica em silêncio, apreensivo."




- Eu sou um dos 7 guerreiros deuses que foram criteriosamente selecionados...todos nós somos meros frutos de uma disputa entre dois deuses...Odin e Loki, que queriam dominar Asgard. "Relembra os acontecimentos de muitos anos atrás."



- O plano deles era gerar novos filhos
semi-deuses e com eles, criar uma nova geração de guerreiros deuses. Eu, Heinz von Larvenberg, sou o terceiro filho de Odin, e o seu sangue divino percorre pelas minhas veias..."Explica a origem dos guerreiros deuses."




- Então era isso...por uma disputa besta, Loki e Odin geraram seus filhos para atuarem como guerreiros deuses...mas como você conseguiu o poder de Loki? "Indaga encarando Merak."




- Hah...foi fácil...eu matei um dos filhos de Loki há alguns anos...hahaha..."Esboça um sorriso de satisfação."












- Ele havia se tornado um traidor, e eu fiz ele pagar caro por isso..."Se relembra de Vejtasa de Raposa, morto pelo guerreiro deus há quatro anos."




- Porém...ao matar aquele filho da puta, eu tive contato com o seu sangue divino...o sangue de Loki, que percorria por aquele corpo. "Se relembra das suas mãos sujas de sangue."



- E depois daquela luta, ainda vieram alguns espectros...mas isso é outra história..."Se relembra de Kortellus."




- Agora tudo faz sentido..."Fala encarando Merak."




- Agora chega de historinhas. Irei matá-lo de uma vez! "Aponta seu dedo para Mirapso."



- Isso é o que veremos Larvenberg!! Oaaahhhhhh..."Explode seu cosmo ao máximo."




- Cavaleiro insolente...querer me derrotar com um cosmo esdrúxulo assim chega a ser uma ofensa..."Vocifera com raiva."



- Cale-se Larvenberg...eu irei derrubá-lo de uma vez por todas e acabarei com você e a sua arrogância! "Intimida Larvenberg."



- Hahahaha...seu cosmo não é páreo para o meu poder divino!! "Larvenberg eleva seu cosmo ao máximo."



- Ooooooaahh...Devastaçãooo de Órioooon..."Explode seu cosmo, lançando o ataque contra o guerreiro deus."



- Maldito...não pense que irá me atingir com um golpe desse nível! "Explode seu cosmo divino."



- Droga...preciso pensar em alguma estratégia para derrotá-lo..."Fala com raiva."




"O ser mitológico Sleipnir se materializa atrás do guerreiro deus."



"O cosmo do guerreiro deus explode, fazendo o local ser pulverizado, e por consequência, anulando o golpe de Mirapso."



"Um violento impacto acontece, arremessando Mirapso para longe."



- Aaahh...merda..."Mirapso fala enquanto agoniza no chão."




- Agora chega...vou acabar com isso de uma vez por todas..."Explode de raiva."




- Droga...não me restam mais forças..."Fala preocupado."




- Agora irei te matar!! Morra maldito! "Eleva seu cosmo ao máximo."



- Meikai Burning Lava! Lava Ardente do Infernoooo!! "Lança seu poderoso golpe, disparando toneladas de lava ferventes do Meikai para cima de Mirapso."



Última edição por Garuda no Aiacos em Qua Maio 15, 2013 9:42 pm, editado 2 vez(es)

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1485
Cosmos : 20008853
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Cancer no Malakh em Dom Maio 12, 2013 2:04 am

"O guerreiro deus parte com tudo para cima de Malakh."



????: MALDITO MORRAAAAAAAAAAA!!!!



!!!!!!!!! TITAANIC HERACLESSSSSS !!!!!!!!!



- Acha mesmo que vou só ficar parado olhando você me atacar?



GÓRGONA DEMONÍACA!!!



Os poderes se colidem, formando uma massa de energia no centro disputada entre os dois.



- Argh.. Já ouvi falar sobre isso... Iniciamos uma guerra de mil dias!



- HAHAHAHA! Ora, não me faça rir! Guerra de mil dias só ocorre quando os poderes dos dois combatentes se equivalem. Obviamente não é o caso!




- O quê?!



- Além do mais, eu não disponho de tanto tempo assim... Eu sei que você é uma espécie de abominável homem das neves e que fica aqui sozinho sem ninguém pra brincar, mas porra, compra um videogame cara...



- Então se me permite...




Malakh então desvia da zona de acúmulo de energia, fazendo com que ela seja liberada direto na montanha, produzindo uma avalanche.



- Hahaha... Você fala demais, nem viu o que ia acontecer se desviasse do golpe! – diz o guerreiro deus confiante de que a avalanche daria um jeito no cavaleiro.





No entanto, o guerreiro deus de Phecda sente-se sendo empurrado. Era Malakh separando sua alma de seu corpo.



- Nós vamos dar uma voltinha agora, não se preocupe com a avalanche.



Os dois corpos são então completamente cobertos pela neve.



- Que lugar é este? Niflheim?



- Yomotsu... – responde uma voz que ecoa pelo lugar



- A porta de entrada para o mundo dos mortos.



- Onde você está? Apareça covarde!



- Hahaha! Tenha calma! Não era você que ainda há pouco estava pensando em lutar durante mil dias? HAHAHA




- Grrr...



- Ouvi dizer que você curte avalanches... Verdade?



Malakh, então, utilizando-se do seu controle sobre o elemento terra, o qual dominava desde que era o cavaleiro de prata de Perseu, manipula o solo sob os pés de Phecda.



PRETORA BROHI!



O terreno onde estava o guerreiro deus desmorona...



- Aaaahhh!



...fazendo-o cair bem em frente a Malakh.



- Arda nas minhas



CHAMAS DO INFERNO!


Malakh lança sua técnica que consome almas contra o
guerreiro deus.

______________________________

Enquanto isso, os outros cavaleiros que se separaram de
Malakh seguiam em frente.



- Alderamin tá precisando de um regime, na boa... – diz o cavaleiro de lobo, que carregava o cavaleiro de cefeu, ferido, nas costas.


Juan de Auriga mostra-se preocupado com a situação



- Onde é que a gente vai encontrar o cavaleiro de Aquário? Não sinto a mínima cosmo energia sendo emanada por aqui.





- Vai ver já morreu. Quem agüenta um frio desses? – diz Hakuzak de Leão Menor




- Quieto! Ouço alguém se aproximar!




- É muita audácia achar que podem andar tranquilamente aqui em Asgard! Vão pagar pela insolência de terem pisado aqui! – diz uma voz.



Revelam-se então um grupo de soldados rasos de Asgard, que partem em direção aos cavaleiros, os quais se defendem, com exceção de Hamtamm de Lobo, que carregava Alderamin.



- Insolentes são vocês, meros soldados confrontando cavaleiros!



LIONET BURNING FIRE!



DISCOS MORTAIS!





O grupo de soldados é dizimado.




Quando uma bela melodia começa a se propagar.





- O que é este som?




- Não sei, talvez devêssemos ir averiguar...






- Ah claro, com certeza essa é uma ótima ideia! Você nunca viu filme de terror não?





- Você por acaso tem ideia de onde nós estamos?



- Er... Não...


Os jovens cavaleiros partem para a fonte da melodia. O que os aguarda?




Última edição por Cancer no Malakh em Seg Maio 13, 2013 12:41 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995464
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Seg Maio 13, 2013 12:09 pm



"No ultimo episodio o Guerreiro desconhecido é levado pelo Cavaleiro de Ouro, Malakh de Câncer ao mundo dos mortos através de sua técnica. O Guerreiro é atingido pela primeira vez com o ataque do elemento terra que Malakh controla. E estava prestes a finalizar a luta antes mesmo de saber quem era o Guerreiro com as Chamas do Inferno"



????: Aaaahhh! Não pode ser este ataque.....


Malakh: Arda nas minhas


!!!!! CHAMAS DO INFERNO !!!!



????: Então este é o poder de um Cavaleiro de Athena? Aqueles que protegem esse mundo?! Os Cavaleiros de OURO!


????: Não acabará comigo neste lugar. Eu também controlo o Elemento Terra!


!!!!! ESCUDO DE PEDRA !!!!!



Malakh: Ohhhh....Incrivel, você deteve meu ataque!"Malakh observa seu ataque barrando na parede de Terra e Pedras feita pelo Guerreiro"


????: Escute Cavaleiro de Ouro! Eu sou o Guerreiro Deus de Phecda, protetor das Terras de Asgard, as Terras do Deus ODIN!
Jamais seria derrotado tão facilmente!



????: Meu nome é DONAR!


Malakh: Aha! Eu já sabia que era um Guerreiro Deus! Não precisava me dizer, Donar...


Donar: Está muito convencido, diga-me porque queres manchar a terra divina de Odin com sangue! Cavaleiro de Ouro!


Malakh: Eu não lhe devo explicações, mas há algo que eu gostaria de saber.....


Donar: Então eu devo lhe explicar?


Malakh: AHahaha! Não sabia que os Guerreiros Deuses tinham senso de humor! Vai me dizer que está do nosso lado?? HAhaahahha


Donar: Pois bem, lhe direi então. O Deus Odin veio a esta terra e deixou filhos espalhados pelo mundo!


Malakh: Oque está dizendo!?


Donar: Isso mesmo, eu sou um Semi-Deus, filho legitimo do Deus Odin!
Mas dizem que Athena matou meu Pai enquanto estava na Africa treinando para ser um Guerreiro Deus, treinando para vestir o robe de Jormungard!


Donar: Porque Cavaleiro...Porque Athena matou meu Pai? Um Deus de bom coração diferente dos seus Deuses Gregos maléficos....Athena....!
DEVE PAGAR PELO QUE FEZ!



Malakh: Donar de Phecda, você está errado!


Donar: Oque!?


Malakh: Athena, jamais saiu de seu Santuário desde as Guerras Santa e contra Marte e também jamais mataria um Deus de bom coração, Athena-sama luta pela paz neste mundo e por isso estamos aqui Phecda! Com certeza outra pessoa matou seu Pai!


[coloer=red]Donar: Maldito, ainda quer blasfemar!



Donar: Não permitirei que manches esta terra que salva todo o mundo de ser engolido pelos oceanos! A verdadeira bondade está conosco os Guerreiros Deuses! Malditos Assassinos!!!!



Donar: Experimente o golpe da Arma mais poderosa de toda Asgard!



Nuvens se materializavam no Mundo dos Mortos. Trovões eram escutados, Relampagos começam a cair no meio do Yomotsu! Era uma tempestade de Raios na velocidade da luz!


Malakh: MAS OQUE!? ESSES RAIOS!?


Donar: Esses raios não irão ser parados por nada. Se fora atingido por algum você receberá 1 bilhão de volts e morrerá queimado! "Diz Donar, apontando seu Martelo Mjolnir para cima enquanto queima seu cosmo.


Donar: Eu ainda não estou mirando em ti, Cavaleiro de Athena. Agora diga-me a Verdade agora mesmo!
ATHENA MATOU O PAI DE TODOS, O DEUS DE BOM CORAÇÃO, MEU PAI ODIN! CONFESSE AGORA! OU MORRERÁ PELOS RAIOS DE MJOLNIR!



Malakh: Grrr...Mas que cosmo tremendo, sinto o chão do yomotsu tremendo. Este homem pode destruir toda Yomotsu e podemos ficar presos aqui para sempre. "Pensa consigo"


Donar: VAMOS CAVALEIRO DE ATHENA! DESEMBUCHE! "Diz Donar, querendo saber sobre oque realmente ocorreu com seu Pai"


!!!!!!! MJOLNIR...........



.......LIGHTONING INVOCATIOOOOOOOON
!!!!!!!!











Última edição por Taurus no Mirapolos em Seg Maio 20, 2013 12:40 am, editado 2 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991816
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Cancer no Malakh em Ter Maio 14, 2013 11:58 pm

MJOLNIR LIGHTNING INVOCATION!



Malakh tenta esquivar-se como pode dos inúmeros raios que se originam das tempestades criadas por Donar, no entanto,
não consegue fugir completamente da área de impacto, contraindo feridas e queimaduras pelo corpo.

- Ahhh!!




- Guerreiro deus tolo! Eu já falei que Athena não matou
Odin, os dois eram aliados!




- Então o que fazem aqui, cavaleiros?!!



- Parece que você está mais desinformado do que eu.



- O mal tem tomado conta de Asgard e você sequer notou. O
guerreiro deus Alberich matou Durval para tornar-se o novo regente de sua terra
e seus planos nos preocupam.




- O quê?! E como você saberia de uma coisa dessas?



- O guerreiro deus de Midgard é na verdade Kiwill de
Aquário...




- Um cavaleiro de ouro?! Como ousam nos espionar, seus
malditos!




- A intenção era fazer uma aliança para nos ajudar na guerra
contra Marte!




- Vocês são uns desgraçados que só atuam por interesse! Só
confirmaram minhas suspeitas. Não há como eu, um guerreiro deus de Asgard, acreditar
mais em um cavaleiro do que na minha própria terra!




- Você morre, cavaleiro!



As tempestades de raios provocadas por Donar de Phecda
atordoavam as almas do Yomotsu e causavam desmoronamentos que fazia com que
muitas almas que vagavam em direção ao inferno caíssem no terreno mais abaixo
onde se encontram Malakh e Donar.





MJOLNIR LIGHTNING INVOCATION!



Donar inicia seu golpe, no entanto, a execução do mesmo é
interrompida por uma pequena explosão próxima do rosto do guerreiro deus.




- O que é isto?!



- O seu golpe atraiu muitas almas que agora concentram-se
próximas a você. Eu tenho poder de manipular as almas daqui e até mesmo explodi-las...




- O quê!?



- Talvez seja uma pena as coisas terem chegado a este ponto,
mas não vejo alternativa, você está prestes a destruir todo o Yomotsu e eu não
posso permitir que isto me atrapalhe na minha missão. Devo extinguir sua
existência. Pelo menos morrerá lutando pelo o que acredita.




FUNERAL DO INFERNO! - Sekishiki Konsou-Ha!



Malakh causa a
detonação de milhares de almas, gerando uma gigantesca explosão sobre o
guerreiro deus.





avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995464
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Qui Maio 16, 2013 3:40 am





No último episódio Donar ataca Malakh com seu Martelo Mjolnir causando grande destruição no yomotsu....Malakh, o Cavaleiro de Ouro de Câncer fora atingindo, e tinha que tomar uma ação pois o Yomotsu estava sendo destruido e os dois poderiam ficar presos eternamente! Porém Malakh conseguiu disparar seu golpe mortal! O Funeral do Inferno!

Ao mesmo tempo Mirapso tentava parar o poderoso Guerreiro Deus Larvenberg em uma batalha entre a vida e a morte. Mirapso mostrou seu golpe mais poderoso e de nada adiantou. Larvenberg que contara toda a historia por trás dos Guerreiros Deuses, mostra seu poder e lança um super ataque contra o Bronzeado. Oque acontecerá com Mirapso? Terás poder suficiente para escapar do ataque?



AVANCEM, CAVALEIROS DE BRONZE! REFORÇO DOURADO!


Larvenberg: Agora eu irei te matar!! Morra maldito! "Eleva seu cosmo ao máximo."


Mirapso: Droga...não me restam mais forças..."Fala preocupado."


!!!!! MEIKAI........
...BUUUUURNING LAVAAA
!!!!


"Lança seu poderoso golpe, disparando toneladas de lava ferventes do Meikai para cima de Mirapso."


Mirapso: É o meu fim....Papai....Me desculpe....

Uma enorme explosão atinge o local onde Mirapso estava.....


Larvenberg: AHGHAhaha, que lindos fogos de artifícios que você deu Cavaleiro....AHhAahhawhwahawhAHAH!!!

"A fumaça do ataque ia subindo"



Larvenberg: MAS OQUE!? "Nota algo estranho"


???: Ruuuuaaaooon..... "Resplandeja um brilho dourado em meio a fumaça, um enorme homem"


Larvenberg: Esse brilho dourado! Come é possível ter parado meu ataque!? "Estranha o Guerreiro Deus"


???: AH-a-a-a-a-a-a--aa.


Larvenberg: TAURUS!? Não poder ser, você não estava morto? Desapareceu com avalanche feita por Donar! Mas como!?


Mirapso: É O MEU PAI!!!


Jessica: MIRAPOLOS! STRAVOS, ARGOS....! VOCÊS ESTÃO VIVOS!


Mirapolos: Estamos muito mais do que vivos! Escute Larvenberg! Esse seu fogo do inferno nao funcionará comigo, eu que que voltei do fogo ardente de Tartarus, jamais serei queimado por tais chamas, para mim são como velas que iluminam vossas casas!

Santos de Bronze, ótimo trabalho, desculpem pelo atraso. Eu consigo controlar meu cosmo perfeitamente, com isso vocês acharam que eu tivesse morrido naquela avalanche! Fiz tudo isso para deixar os inimigos desprevenidos!



Larvenberg: Está dizendo que fez isso tudo de proposito!?


Mirapolos: AHa-a-a-a-a-aa. Até que você é esperto, realmente é filho de um Deus.


Larvenberg: Mas como sabe?!


Mirapolos: Estive observando tudo atentamente junto com Stravos e Argos.
Nós derrotamos seus soldados que espionavam o caminho para o palacio Vallala avisando por onde iam os Cavaleiros de Bronze que lutavam com toda a força contra você, Larvenberg. Fazendo que você jamais sentisse nosso cosmo. E inclusive ouvi a sua bela historia que Mirapso o fez contar. Como sua missão ele conseguiu extrair informações de Asgard e os jovens já completaram uma etapa de sua missão!



Larvenberg: MALDITO! JAMAIS PERDOAREI!


Mirapolos: Mirapso, estou orgulhoso! Você lutou maravilhosamente bem! Todos vocês Santos de Atena!


Mirapolos: Chegou a hora de partirem, para o palácio Vallhala e acabarmos com os planos de Loki! Eu me encarregarei deste sujeito.
VÃO, JOVENS CAVALEIROS DA ESPERANÇA!!!
"Todos os Cavaleiros de Bronze e de Prata partem em disparada"


Larvenberg: AhaHUAwhhawhqhawh!! Acha mesmo que os deixarei fugir???? NADA ESCAPA DO CAVALO DE OITO PERNAS! O Lendário Sleipnir!


Mirapolos: Ah-a-h-a-h-a....APRENDAM, CAVALEIROS DA ESPERANÇA!
Não é somente o sétimo sentido que lhe darão as vitórias nesta batalha!
TERÃO SEMPRE QUE TER UMA ESTRATÉGIA!


VEJAM! O CHÃO SE DESFAZENDO!!

PULE AGORA SLEIPNIR!



Larvenberg: Ahwwahaw...Que bela história de despedida, acompanhe a velocidade do Cavalo Lendário se poder!!!!!


Larvenberg: MAS OQUE!? O CHÃO.......ESTÁ TREMENDO!



!!!!!!!!!!!!!! TIIIITAN SUPERNOVA !!!!!!!!!!!!!!



Mirapolos causa um grande terremoto fazendo com que Larvenberg não tenha impulso para usar toda sua velocidade e escapar do ataque! Será que o Guerreiro Deus arrumará um jeito de escapar!? Mais uma luta mortal se inicia! Mirapolos vs Larvenberg!

À VALLHALA, JOVENS CAVALEIROS DA ESPERANÇA!






Última edição por Taurus no Mirapolos em Ter Maio 21, 2013 12:37 am, editado 2 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991816
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Qui Maio 16, 2013 11:49 pm

==========================================================================

"Mirapolos dava o ar da graça, assumindo a luta contra o guerreiro deus de Merak, a estrela Beta."



- Titan SuperNovaaaa!!! "Exclama em alto e bom tom."



"Mirapolos causa um grande terremoto fazendo com que Larvenberg não tenha impulso para usar toda sua velocidade e escapar do ataque!"



- Droga...serei atingido em cheio..."Fala preocupado ao ver aquela luz cegando-o momentaneamente, seguida por um terremoto devastador."



- Oooaaaah...Larvenbeeeerg! Não irei perdoá-lo pelo que fizesse ao meu filho! "Vocifera com raiva."




- Oooooooooahhhh...malditoooo..."É arrastado junto com o golpe."



"O local é destruído por completo."



"Uma grande cortina de fumaça se espalha pelo lugar."



- Hunf...Ele desapareceu. "Fala cruzando seus braços."




- Hahahahahahahaha...isso é tudo?? "Uma voz ecoa pelo local."




- Mas o que?? Como? "O cavaleiro de ouro mais rápido de todos fala surpreso."



- Confesso que você me deu um susto, grandalhão...mas foi por pouco...hahaha..."O guerreiro deus surge atrás de Mirapolos."



- Como você conseguiu escapar? Eu causei um grande terremoto, de modo a impossibilitar a sua fuga através de sua alta velocidade...como fugiu? "Questiona novamente, intrigado."



- Na verdade, mesmo causando o terremoto, eu posso fugir por outros meios, não uso a grande velocidade somente em terra, posso usá-la no ar também. "Fala encarando Mirapolos."




- Dando um grande salto para cima, consegui escapar, mesmo que por pouco, da sua terrivel técnica. "Relembra das dificuldades que teve ao se desviar do poderoso ataque do taurino."




- Muito bem, bom saber disso. Não pense que isso terminou. Nosso combate nem sequer começou...foi tudo apenas um mero aquecimento. "Fala em tom ameaçador para cima de Larvenberg."




- Hunf...finalmente um oponente de nível. Agora sim poderei lutar de verdade. "Fala encarando Mirapolos, demonstrando um certo respeito para com seu novo adversário."




- Pena que não posso dizer o mesmo de você. "Fala provocando Larvenberg."




- Seu filho da puta...não me subestime! "Vocifera com raiva."




- Vamos cavalinho...prove que eu estou errado. Se puder! "Fala desprezando o guerreiro deus, irritando-o propositalmente."




- Seu maldito! Como ousas? Vai pagar caro por esse acinte! "O guerreiro deus é tomado pela cólera."



- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhh..."Grita a plenos pulmões, exalando todo o seu ódio, elevando seu cosmo ao limite."




- Hmm..até que ele é razoável..."Fala em tom jocoso."




- Conheça...o poder da estrela Beta!! "Exclama em fúria."





- Valhalla Asgardian Solar Flare !! Explosão Solar Asgardiana de Valhalla !! "Lança seu ataque contra o cavaleiro de ouro."


"A explosão solar avança com tudo pra cima de Mirapolos."

===========================================================================

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1485
Cosmos : 20008853
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Cancer no Malakh em Sex Maio 17, 2013 12:35 am

À procura de Kiwill, o guerreiro deus de Midgard, os jovens
cavaleiros do grupo liderado por Malakh de Câncer haviam se separado dele por
consequência de sua luta com Donar de Phecda.





Depois de confrontar alguns soldados de Asgard, os
cavaleiros passaram a ouvir uma melodia que ecoava pelas terras geladas.


Sem a menor pista do paradeiro de Kiwill, resolvem seguir a
melodia com a esperança de encontrarem algo que não fosse as infinitas
montanhas nevadas que tomavam conta do local.

Chegando à fonte do som que haviam ouvido, os cavaleiros se
deparam com um homem tocando uma harpa.





- Er... Olá? – diz Hakuzak de Leão Menor





O homem ignora os cavaleiros e continuar a tocar sua música.





- Ei, você! Estamos à procura do guerreiro deus de Midgard!
diz Juan de Auriga





O misterioso homem imediatamente para de tocar sua harpa e
encara os cavaleiros, até que solta uma sonora gargalhada.

- HAHAHAHA! Midgard? Não existe tal guerreiro deus!





- Claro que existe, ele é um dos...




- Hamtamm, obviamente este homem não tem conhecimento a
respeito dos guardiões de Asgard. Vamos embora. – diz Juan interrompendo o
cavaleiro de lobo.



Os cavaleiros viram as costas para o homem, quando este
retorna a falar.

- Não tenho conhecimento? Hahaha... Eu sou um dos guerreiros
deuses!





- O quê! – dizem os cavaleiros




- Isto mesmo, cavaleiros. E não pensem que eu não os vi
aniquilando aqueles soldados inúteis.






Os cavaleiros pareciam surpresos com a revelação.

- Vocês mancharam as terras de Asgard com sangue...

- E tornaram a paisagem muito mais bela, diga-se de
passagem... Hahaha...





- Acho que só falta um pouco de sangue de cavaleiro para o
nosso solo.




- Vocês não vão a lugar algum!





- Maldição! Cavaleiros, ataquem! – grita Juan de Auriga





Hamtamm de Lobo deixa Alderamin de Cefeu ao chão e ataca o
guerreiro deus

Garras Cortantes do Lobo!




Hakuzak e Juan também utilizam seus golpes.

Lionet Burning Fire!



Discos Mortais!




No entanto, o guerreiro deus desvia facilmente do golpe.

- Hahaha! O frio os deixa assim vagarosos?




- Mas o quê!




- Eu sou Ragnar de Benetnasch! Ouçam minha melodia
cavaleiros!

HYPNOTIC MELODY!





Ragnar volta a tocar sua harpa, todavia, emitindo um som
diverso do anterior.

- Vamos atacá-lo antes que ele execute sua técnica! – diz o cavaleiro
de Lobo





Juan de Auriga prepara seu golpe

COSMIC SPHERE!



O cavaleiro lança um gigantesco disco de energia que altera
sua trajetória e acaba por acertar o Hamtamm de Lobo, partindo seu corpo ao meio e tinjindo a neve com uma enorme quantidade de sangue.





- Hamtamm! – grita Hakuzak





- O que você fez, Juan!?





O cavaleiro de Auriga não exprime nenhuma reação.




- Hahaha... Eu não estava começando a executar a minha técnica,
eu já havia a executado. Ela consiste em criar uma sintonia entre o cérebro do
adversário e a minha harpa, fazendo com que eu possa controlá-lo a partir de
notas musicais.




- Não é possível!




- HAHAHA! Veja!




Ragnar volta a tocar sua harpa.


DISCOS MORTAIS!




Juan lança seus discos contra Hakuzak, que num reflexo
consegue se defender.


LIONET BURNING FIRE!




Assim, destruindo todos os discos.

- Juan, você tem que
acordar!





- É inútil, ele está totalmente sob o meu controle.




- Ah é! Essa harpa, não é mesmo?



Hakuzak lança seu golpe contra Ragnar na tentativa de
atrapalhá-lo e retirar Juan do estado de hipnose.





No entanto, Ragnar apaga o ataque de fogo com um simples
sopro.

- HAHAHAHA! Ora, não gosta da minha música?




- Maldito!



Enquanto isso o cavaleiro de Auriga queimava seu cosmo
intensamente preparando-se para atacar Hakuzak novamente.



INFERNAL CHARIOT!



Uma biga colossal é materializada e lançada contra o cavaleiro
de Leão Menor, atropelando-o.

Hakuzak levanta-se lentamente.




- Você é resistente cavaleiro! Entretenimento garantido!
HAHAHA!





- Argh, eu não posso morrer agora! Não sei o que aconteceu
com Malakh, muito menos com o outro grupo. É possível que eu seja o último dos
cavaleiros em Asgard! Tenho de cumprir minha missão! – pensa Hakuzak,queimando seu cosmo ao máximo.




- Maldito sejas por me obrigar a fazer isto!





O cavaleiro de Auriga parte para outro golpe.





INFERNAL CHARIOT!





Hakuzak contra-ataca.


LIONET BOMBER!!!





Envolto pelo fogo, Hakuzak transpassa o ataque de Juan, golpeando-o
em cheio, fazendo com que o cavaleiro de Auriga caia ao solo desfalecido.

Hakuzak, ofegante, olha os
corpos dos companheiros e encara Ragnar com uma expressão furiosa.






Última edição por Cancer no Malakh em Ter Maio 21, 2013 11:39 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995464
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Myu de Papillon em Sex Maio 17, 2013 10:15 pm

"Enquanto isso no palácio de Valhalla...



...um soldado corria em direção ao trono de Alberich, queria falar com o novo senhor de Asgard."

Senhor Alberich, você está por aqui? responda-me por favor.



Fale soldado, o que queres?


Er.... senhor...as forças de Athena estão invadindo Asgard, e estão enfrentando os Guerreiros Deuses, são cavaleiros de todas as patentes: De Bronze, Prata e de Ouro que estão aqui.


Eu já sei disso, pude sentir os cosmos dos inimigos, são poderosos.


Não consigo entender você, senhor Alberich, mesmo em uma situação crítica como essa, mantém a calma.


Por acaso você não confia nos Guerreiros Deuses de Asgard? Os cavaleiros de Athena serão trucidados, não chegarão até aqui.


Não se preocupe soldado, agora vá embora e volte para o campo de batalha.



Sim senhor! (o soldado se retira em disparada, rumando ao campo de batalha)


"Passa-se um tempo, Alberich veste sua robe de Megrez, e convoca um Guerreiro Deus até o castelo..."

Dholin de Mizar, finalmente apareceu...



Alberich, fazia tempo que não lhe via... está vendo o que está acontecendo? Aqueles malditos cavaleiros de Athena estão aqui, destruindo tudo, querendo nos enfrentar...


Sim, foi por isso que eu lhe convoquei até o palácio. Vá ajudar seus companheiros, e destrua esses seres imundos que ousam danificar nossas terras, não tenha piedade.


Hum... esses cavaleiros não sabem com quem se meteram, pagarão caro pela audácia de virem até aqui.


Minhas garras irão rasgar a carne daqueles desgraçados, vou retalhá-los.


Muito bem Dholin, agora vá e destrua-os com suas garras! Não invente de ser morto por aqueles patéticos.



Rá, eu não serei morto por aqueles ridículos, não se preocupe quanto a isso, até mais tarde. (Dholin se retira do castelo)



"Eles podem parecer patéticos à primeira vista, porém são poderosos. Não os subestime Dholin" (Alberich pensava sobre as futuras lutas)


Você pode ir também, não se esconda, eu sei quem você é.(de repente Alberich começa a falar com uma outra pessoa)

Acha que não senti a sua presença aqui enquanto eu estava conversando com Dholin? Vamos, apresente-se...



... o irmão-gêmeo de Dholin: Draco de Alcor!


Então você sabia de minha existência... pensei que somente Hilda e Durval soubessem de meu segredo.


Hehehe, não tenho tempo para lhe explicar tudo, mas vá atrás de seu irmão, ele terá dificuldades pela frente, ajude-o se necessário.


Não vou deixar meu irmão morrer, qualquer problema eu defenderei.



"Draco segue atrás de seu irmão Dholin, e Alberich segue para descansar em seu trono e pensar nos próximos passos da batalha, mas antes ele chama uma Valquíria para lhe fazer um favor."

Kara, venha até aqui, eu ordeno!


Estou aqui, Senhor Alberich. O que desejas?



Escute Kara, preciso que você encontre Loki, preciso falar com ele, é emergencial.



Seria somente isso? Tem mais alguma coisa para pedir, senhor?



Sim, é só isso. Agora vá e encontre-o rapidamente
!



Tudo bem, irei encontrá-lo e vou passar seu recado a ele, adeus.

[center]

"Enfim, depois de dar as ordens para seus subordinados, Alberich volta a descansar em seu trono...



Última edição por Griffon no Henrique em Qui Maio 23, 2013 10:53 am, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 891
Cosmos : 11005852
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 25
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum