Coronas Temple

Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por -=|R.R.|=- em Dom Maio 19, 2013 10:17 pm

"Enquanto isso, de volta ao Santuário, mais precisamente na casa de Virgem..."




_hummmm



_não sei como reparar o rosário das cento e oito contas... do jeito que está, a maioria dos espectros ficariam imortais. Isso é uma desvantagem e tanto para o nós que ainda temos problemas com Asgard. - "Ambar de Virgem examina o Rosário, seriamente danificado."



_bem, devo comunicar o Mestre e Athena sobre o ocorrido.

"O virginiano, então, se prepara para subir até a Grande Sala onde se encontra o Patriarca e a sua deusa."




_ se eu pelo menos pudesse encontrar o cavaleiro de virgem anterior... - "Diz Ambar, enquanto sobe as escadarias e seus inúmeros degraus."


"O cavaleiro de Virgem finalmente chega até a Grande Sala. Soldados que protegiam o lugar deixam o virginiano entrar sem nenhuma resistência..."

_ pode passar, Ambar-sama.


_obrigado!

"No interior ele encontra um enorme corredor, imenso e escuro, cercado por imponentes e numerosas pilastras..."




"...ele caminha pelo longo tapete vermelho até que finalmente encontra o Grande Mestre sentado num trono com cortinas exuberantes logo atrás. Sim, é o Patriarca, o representante de Athena na Terra... Tiomno de Gêmeos."






_ então você veio...cavaleiro de ouro de Virgem, o mais próximo de deus e maior cosmos entre os dourados.



_estava esperando por você desde que me alertou sobre um grave problema através do cosmos. Diga Ambar, o que aconteceu nas proximidades da Vila? O que tem de tão grave?





"Ambar fica em silencio... o mestre nota algo estranho e se levanta..."


_ vejo que está bem inquieto. Isso não é muito comum para alguém tão calmo e racional como você, Ambar.



_ perdoe-me Grande Mestre. Não quis parecer rude.

"Ambar cumprimenta respeitosamente Tiomno e o Grande Mestre volta a sentar-se em seu trono."


_ está tudo bem Virgo. Nos limites do santuário pude sentir um choque entre dois cosmos. Um deles era de um espectro e o outro creio que era o seu. Inclusive pude sentir uma explosão equivalente a supernova... além de mim, apenas você poderia causá-la. Será que Hades...? Conte- me, o que está acontecendo?


_ alguns espectros, entre eles um juiz do mundo dos mortos, invadiram o jardim da vila que abastece o santuário. Tive um duro embate com Aiacos de Garuda. - (Para acessar a luta, clique em "Aiacos de Garuda")



_Aiacos de Garuda? Um dos três Kyotos de Hades?



_exatamente... bem, por hora dei um jeito neles.



_mas...



_ mas o que?





_veja mestre! - "Ambar mostra o rosário ao Tiomno, que nota rachaduras na maioria das contas."



_ não pode ser... antes eram algumas poucas contas comprometidas mas agora é quase todo o rosário. Isso é muito grave! Droga, logo agora que estamos enfrentando problemas em Asgard!


_com os espectros, agora imortais, perderíamos a guerra inevitavelmente no caso de uma invasão!



_ perdoe a minha falha senhor patriarca. O rosário estava sob minha tutela... fui negligente.



_ não adianta se culpar Ambar. Confio em você para restaurar o rosário. Inclusive há uma pessoa que pode te ajudar nessa tarefa. Só não sei se ele estaria disposto a isso.



_ por acaso seria aquele homem que abdicou da armadura de ouro de virgem?



_ sim, ele mesmo, Khambalia. Temos nossas diferenças... mas acredito que por Athena ele poderia ajudá-lo, afinal, ele era conhecido por ter o coração puro.



_onde poderia encontrá-lo? não consigo localizá-lo pelo cosmos, até por não o conhecer direito e provavelmente está muito longe.



_ quando decidiu abandonar o santuário, ele disse que voltaria para sua terra natal, no Egito.




_além do mais, provavelmente, por não estar lutando, deve esconder seu cosmos para não chamar muita atenção. Não será nada fácil encon... - "Até que o mestre é interrompido por Saori descendo as escadarias."


_ Tiomno? Sei onde Khambalia está.



_ Saori-sama, por estar descansando em seus aposentos , achei que era melhor não incomodá-la.



_ está tudo bem Tiomno. Ambar, estou orgulhosa por ter saído ileso de uma batalha tão dura com espectros incluindo um dos poderosos juízes de Hades.



_ mas Athena-sama, o rosário... veja...


"Saori, sem dizer nada, se aproxima de Ambar e toca com sua mão divina em seu braço direito."


_ Athena?



_ escute Ambar, tenho total confiança em você. Sempre soube que seria um cavaleiro e que lutaria ao meu lado. Além disso, posso sentir que Khambalia está disposto a nos ajudar. Irei guiá-lo até lá...



_ Athena...



_ contamos com você, Ambar de Virgem. Tenho certeza absoluta que conseguirá concluir esta missão. Após isso pedirei que vá até Asgard. Como já sabe, mandamos alguns dos nossos cavaleiros liderados por Touro e Câncer, com a missão de encontrar Kiwill de Aquário. Infelizmente as coisas por lá não andam nada boas! Gostaria que os ajudasse com seu grande poder.



_ humm... a gélida Asgard. Terra de deuses nórdicos...


"Enquanto Saori explicava para Tionmo e Ambar onde encontrar o antigo cavaleiro de virgem, eis que alguém aparece..."





"...este homem é..."

"Dukeee de Leão"



_ Athena, Mestre... mandaram me chamar, o que houve? - Indaga Dukeee de leão, ajoelhando-se perante ambos.



_ Dukeee de leão, escute, preciso que acompanhe Ambar até Asgard.


"Dukeee então se levanta..."


_ mas, mestre... e o santuário? pude sentir espectros por perto...


_ nós sabemos disso Leão. Ambar, inclusive, lutou com um juiz do mundo dos mortos.


_o que?



_mas não se preocupe. Já convoquei alguns dos nossos melhores cavaleiros. Eles estarão em pontos estratégicos. Além disso não se esqueça que também sou um cavaleiro de ouro. Darei minha vida se for preciso.


_além do mais, Ambar irá em outra missão antes. Por isso, peço que volte a casa Leão. Podemos precisar de seu grande poder para eliminar possíveis invasores. Assim que Virgem estiver pronto para ir a Asgard, pedirei que o acompanhe. Não podemos perder três cavaleiros ouro, ficaríamos muito enfraquecidos. Fui claro?


_ sim!



"Athena pega o seu báculo sagrado e o ergue perante os três."

_ escutem. Como o rosário foi danificado e podemos ter espectros invasores, farei uma barreira com meu cosmos.



Com isso posso deter temporariamente que os soldados de Hades retornem a vida nas proximidades do Santuário.




_ mas Saori, a senhora vai...


_não tenho escolha Tiomno. Devo criar essa barreira até que Ambar consiga restaurar o Rosário. Não podemos arriscar vidas inocentes...

"Athena começa a queimar seu cosmos com o objetivo de levantar a barreira..."






"...até que a mesma finalmente é criada."



_ Athena!!!


_ o cosmos de Athena é tão poderoso quanto quente e acolhedor. É uma honra lutar por essa deusa que transborda justiça.




_ Athena...



_devo me esforçar ao máximo para manter esta barreira!


"O cosmos de Athena é sentido por todo o Santuário."




_Athena...



_Athena!!! (Todos)



_humf...





_meus amados cavaleiros. Conto com vocês!















_ está bem. Ambar de Virgem... Dukeee de Leão... conto com vocês!












"Uma nova batalha entre deuses está prestes a começar. Será que Ambar conseguirá restaurar o Rosário das cento e oito contas?"


"Hades e seus espectros planejam mesmo invadir o Santuário?"


"E em Argard? Conseguirão, os destemidos cavaleiros de Athena, parar a fúria que lá ecoa?"




"Não percam os próximos capítulos da mais nova aventura, A ambição de Alberich. Neve vermelha."



_ HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA


"Avante, cavaleiros da esperança. Protejam nosso mundo"



Última edição por Virgo no Ambar em Qua Maio 29, 2013 10:38 am, editado 6 vez(es)

_________________
"As Flores brotam, e morrem...As estrelas Brilham, Mas um dia se apagarão...Tudo morre...A terra,o Sol, a Via Láctea e até mesmo todo este universo não é exceção! Comparado a isto, a vida do homem é tão breve e fugidia quanto um piscar de um olho...Neste curto Instante, os homens nascem, riem, choram, lutam, sofrem, festejam, lamentam, odeiam pessoas e amam outras! Tudo é transitório...E em seguida, todos caem no sono eterno chamado morte."
avatar
-=|R.R.|=-
Mestre Cervejeiro
Mestre Cervejeiro

Mensagens : 953
Cosmos : -87994770
Data de inscrição : 12/01/2013
Idade : 36
Localização : Santuário - Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Hiramaru em Seg Maio 20, 2013 7:59 pm

Palácio Valhalla



Logo apos a saida da valquiria as portas são abertas com muita brutalidade.



Alberish: Quem ousa

ser tão insolente assim?


Alguem adentra no castelo.



???: Sou eu irmão... Estou de volta de minha missão.



Alberish: É so você
Nagi... me diga como foi em sua missão?




Nagi: Não me encontrei com Dubhe e nem com Benetnash.


Alberish: Como???
Você e um inútil mesmo. Maldito eu deveria te matar por sua incompetência. pega a usa espada



Nagi: Acalme-se maninho.


Alberish: Você esta
muito ousado hoje Arioth. Aponta sua espada de fogo para Nagi.



Alberish: Te darei uma outra missão pra ser redimir. Va ajudar seus companheiros contra os cavaleiros de Athena.



Nagi: Certo... eu já to indo. Vira as costa pra Alberish.


Alberish: “Mais que baixinho mal encarado.”



Alberish: Espere Nagi...



Nagi: hammm??

[imaginem Nagi ]


Alberish: Você esta
diferente, o que ouve? Não vai falar que esta com medo?



Nagi: Eu sou um semi deus não me acovardarei por causa de
cavaleiros. Eu irei mata-los e arrancarei suas cabeças.

Nagi sai da sala.


Alberish: Ele definitivamente
esta diferente... mais eu gosto disso. Hahahahaha



Nagi parte para o campo de batalha. Mais um guerreiro deus
se prontifica a matar Saintos inocentes.


Última edição por Pisces no Aphnos em Qui Maio 23, 2013 1:48 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Hiramaru

Mensagens : 1175
Cosmos : 1006020
Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 24
Localização : Santuario

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Seg Maio 20, 2013 9:55 pm

====================================================================

"Enquanto a deusa Athena eleva seu cosmo para proteger o Santuário, uma presença assistia a tudo no alto de um monte, que dava de vista a uma grande parte do Santuário."



- Então é isso...Aiacos-sama conseguiu cumprir sua missão com êxito. "Fala a estranha silhueta."



- E pensar que você enganou Hades-sama com aquele rosário falso...e ainda ousa dizer que nós jogamos sujo..."Fala com certa raiva em sua voz."



- Não é mesmo, rapazes? "O espectro olha para o lado."



"Um grupo de espectros surge ao lado de Edward."



- Pelo que parece, o rosário das 108 contas está completamente despedaçado. "Fala um dos espectros ali presentes."



- Não é mesmo, Myu de Papillon? Da estrela terrestre encantada? "O espectro dirige a sua palavra para Myu, que estava ao lado deles."



- Sim, a informação é clara e precisa! O rosário se encontra prestes a romper-se! "Informa o espectro Myu de Papillon."



- Então devemos destruí-lo de uma vez por todas, e impedir que o Rosário seja restaurado. Mas como iremos invadir, com essa maldita barreira? "Indaga um dos espectros."



- Segundo as informações apuradas pelas minhas fadas, Ambar irá atrás do seu antecessor, o temível Khambalia de Virgem, para então poder restaurar o Rosário. Ou seja, ele vai sair do Santuário! "Confirma o objetivo de Ambar."



- Então devemos ficar no encalço desse cavaleiro de Virgem. Se ele conseguir restaurar o Rosário das 108 contas, perderemos a tão almejada imortalidade! "Edward fala seriamente, demonstrando preocupação. Tratava-se de uma missão de grande importância."



- Sim...vocês devem impedir que o cavaleiro de Virgem conclua a sua missão. As ordens foram claras e objetivas! "Fala em bom e alto tom, ressaltando a importância dessa missão."




- Não decepcionem Lorde Atavaka! "Cita o nome daquele que deu a ordem aos espectros."



- Vamos em frente rapazes!! "Edward e o grupo começam a se mover, e desapareçem repentinamente."

==============================================================


Última edição por Garuda no Aiacos em Qua Maio 22, 2013 11:44 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1477
Cosmos : 20008823
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Ter Maio 21, 2013 1:52 am





Asgard, a terra governada pelo Deus Odin desde eras mitologicas não era a mesma. Completamente corrimpada pela ganancias, os Deuses novamente tramam o dominio da Terra. Com seus Guerreiros Deuses e Athena com os Santos Dourados, mais uma batalha acontecia nas terras geladas!

Os Cavaleiros de Bronze e de Prata avançam para o Palácio ao encontro de Hilda para mais explicações, após a abertura feita pelo Santo de Touro.
Mirapolos, o Homem que lutou contra Deuses e pisou nos aposentos de Zeus e de Erebus, luta contra um Semi-Deus Larvenberg! Será que o poderoso Cavaleiro de Ouro, um dos mais experientes do santuário conseguirá parar um Deus novamente!?



O PODER DE UM SANTO DE OURO!


VAMOS GUERREIRO DEUS! CHEGOU A HORA DE LUTAR A SERIO!!!!


Conheça...o poder da estrela Beta!! "Exclama em fúria."



!!!!!! VALHALLA.......

......ASGARDIAN......


........SOLAR FLARE
!!!!!






"Lança seu ataque contra o cavaleiro de ouro. Um ataque poderosissimo avança até Mirapolos!!!"


Que poder gigantesco...Já lutei contra vários guerreiros, guerreiros de outros mundos, Deuses....Mas isto....! "Pensava Mirapolos preparando para defender o golpe"


Não há pra onde correr, essas chamas são diferentes das anteriores posso sentir o enorme calor que vem deste ataque. Terei que amortece-lo e atacar para pelo menos não virar cinzas com o ataque! "Continuava a pensar no que ia fazer contra o poderoso ataque do Semi-Deus Larvenberg"


Oque irá fazer agora Taurus!? Não há como espacar deste ataque!!!!!!



AQUI VOU EU, LARVENBERG!!!


!!! GREATESTO.......



.......HORNNNNNNNNNNNN
!!!



"Mirapolos consegue deter a velocidade do ataque de Larvenberg por instantes"


ACHA QUE PODE PARAR A EXPLOSÃO DE LARVA DE ASGARD COM ESTE ATAQUE??!!?
WHAWHAWHHHAa Não me faça rir!!
MORRAAAAAAAAAAA!!!!!!!


IIIIIEEEEEEEEAAAAA!!!!



É agora...!!


!!! GREEEEEEEEEEATO....

...HOOOOOORNN
!!!




ROOOOOOAAAAA "Ecoava o grito de Mirapolos sendo envolvido pelo fogo"

"Finalmente os ataque se chocam"




"Porém o poder de Larvenberg ainda se sobrepunha ao de Mirapolos e o atinge em cheio! Uma grande fumaça toma conta do local e o Cavaleiro de Touro continuava em pé!"






A Explosão Solar de Asgard....Um golpe terrível, sua temperatura pode ser tão alta quanto o proprio sol! Em seu nivel máximo o corpo do adversário é completamente derretido antes mesmo do ataque chegar....."Fala um pouco ofegante"



.....Acho.....Acho que exagerei com este maldito, mas mereceu! Chegou se mostrando, maldito!
Nós temos o sangue de um DEUS!


"Rochas começam a rolar e chamam a atenção de Larvenberg"


OQUE!?

NÃO É POSSIVEL!

"Mirapolos aparece diante da fumaça aparentemente ferido, sem seu helmo e com queimaduras por todo o corpo"

........

Larvenberg.....Não é só você que tem a proteção de um Deus!


Athena-sama, Hera-sama! Todas elas estão comigo neste momento também!


OQUE!? HERA!? ESPOSA DE ZEUS!?
Não me diga que você é um Aegaeon?



AHa-a--a-a-a-a!


É, parece que você sabe, mas está um pouco equivocado.



Não pode ser, como este homem está vivo?! Consigo ver um enorme Touro atrás dele...Realmente é como sua constelação!
Este homem não cairá no chão nem mesmo morto!
"Pensa consigo Larvenberg"


Eu sou Mirapolos, filho de Miraporosus um Santo de Athena! O Cavaleiro de Ouro de TOURO! "Exclama Mirapolos, lembrando de seu pai"


Isto me deixa mais calmo....WHawhahhahahahaha!!


Ohhh, é?
Da ultima vez usei meus golpes para me defender, mas como serão no ataque!? HEIN, LARVENBERG!



Como disse!?


Você se considera o mais rápido entre os Guerreiros Deuses não é mesmo? Então vamos ver. A sua frente está o Dourado mais rápido de todos!


Nada neste mundo é mais rápido que o Cavalo dos Deuses, Sleipnir!




Será mesmo!?
TENTE ACOMPANHAR A VELOCIDADE DA SUA SOMBRA, LARVENBERG!

"Mirapolos queima seu cosmo concentrando-se em sua velocidade e nas forças em seus punhos"



!!!!!! SHAAAAAAADOW HOOOOOOOOOORN !!!!!!




"Mirapolos usa sua velocidade em máxima potencia e prepara para deferir socos e chutes contra Larvenberg, será que o Semi-Deus conseguirá seguir a velocidade de Mirapolos? Oque aconteceu com Donar? Malakh teria o derrotado? Nos próximos capitulos..."





Última edição por Taurus no Mirapolos em Qua Maio 22, 2013 2:17 am, editado 1 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991838
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Hunter em Ter Maio 21, 2013 4:39 pm

''Nos arredores do cemiterio do santuario estava Hunter que era discipulo do antigo cavaleiro de aries
a frente da lápide de seu mestre, com a urna da armadura de ouro ao seu lado''


Mestre cumpri minha promessa e serei seu sucessor como cavaleiro de Aries


Mais nao lutarei do lado de Atena! (diz o jovem com um sorriso sarcastico no rosto)



Com minha telescinese sou capaz de sentir alguns pontos de hostilidades pelo planeta
o santuaria esta prestes a entrar em uma batalha sangrenta



O santuario esta movento grande parte de seus cavaleiros para asgard deixando o santuario desprotegido


Percebi que tem havido com mais frequencia movimentaçoes de espectros
proximo ao santuario eles parecem nem ligar para a barreira que atena criou



Além disso vejo um monte dessas borboletas do inferno rondando o santuario


Sera que é melhor aproveitar que poucos cavaleiros de ouro nao estao em suas devidas casas
e executar meu plano de matar atena?

(se questiona o jovem sobre seu plano)


E esses malditos espectros serão um problema pra mim?Talvez eu poderia ter aceitado a
proposta daquele juiz e usar o poder de seu exercito..


desconsiderar a armadura


Nao iria ser uma humilhaçao se juntar aqueles vermes imundos!

desconsiderar a armadura

E Historicamente falando o exercito de Hades e inferior ao de Atena,em questao de numero
o exercito de Atena é menor mais isso nao conta como desvantagem

(pensa o jovem lembrando das ultimas guerras e as historicas vitorias dos soldados de Atena contra Hade)


É melhor eu esperar nao posso me precipitar um erro se quer meu plano vai por agua abaixo !


Essa armadura vai me ajudar muito, obrigado mestre!
(pensa o jovem olhando pra urna que estava ao lado do tumulo de seu mestre)


''E agora qual sera o proximo passo de Hunter? como estara as lutas em asgard? e os espectros oque farao?
nao perca no promixo epsodio do livro SAINT SEIYA CORONAS!''
avatar
Hunter
Falhador
Falhador

Mensagens : 629
Cosmos : 10007707
Data de inscrição : 27/12/2012
Idade : 21
Localização : Desconhecido

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Cancer no Malakh em Ter Maio 21, 2013 11:36 pm

Hakuzak encarava Ragnar. Era possível ver a fúria em seus
olhos pela morte de seus companheiros.




- Credo! Que cara é essa? Tá com fome? – diz Ragnar



Hakuzak sequer responde às provocações do guerreiro deus e
prepara-se para atacá-lo.



LIONET BURNING FIRE!



O cavaleiro de Leão Menor dispara suas chamas, que se perdem
em meio a diversas ilusões de Ragnar.





Até que o guerreiro deus aparece bem a sua frente, acertando-lhe
uma sequência de potentes chutes.


- Se eu soubesse que você era assim lento eu teria deixado o
Lobo por último...





- Grr.. Cale a boca, maldito! Você morre hoje!




LIONET BOMBER!!!



Hakuzak utiliza sua técnica ante o guerreiro deus de Benetnasch,
no entanto, esta não surte o efeito esperado. Ragnar para o golpe com apenas um
dedo, para o espanto do cavaleiro.





- Impossível! Não há como defender-se de uma técnica como
esta com um só dedo!!!





- A raiva que você sente o desconcentra. Por isso sua
técnica não foi executada com maestria e, portanto, sem a total eficiência.

pela primeira vez Ragnar demonstrava certa seriedade.





- Vamos, cavaleiro. Estou entediado. Se eu quisesse matar
insetos, os procuraria debaixo de pedras.




- Muito bem!




Hakuzak começa a acumular seu cosmo e prepara-se para
executar a mesma técnica.





LIONET BOMBER!





O corpo de Hakuzak colide contra Ragnar, mas não surte
efeito algum ao guerreiro deus.




- Decepcionante, cavaleiro... Devo dar-lhe um fim agora.




STRING REQUIEM! Requiém de Cordas!



Ragnar toca sua harpa, disparando diversas cordas contra
Hakuzak, envolvendo-o e prendendo-o.






- Ahh... Sinto como se meu corpo estivesse prestes a ser
fatiado!
– pensa Hakuzak, enquanto agoniza.




- Tenha uma morte tão miserável quanto a sua existência,
cavaleiro. O bom guerreiro é aquele que não se deixa levar pelas emoções, que
não se importa com nada e ninguém.




- Não é verdade! - ouve-se uma voz vindo de outra direção.



Uma corrente surge cortando as cordas que prendiam o
cavaleiro de Leão Menor. Surpreendendo Ragnar.





- Mas o quê!? Você! Achei que estava morto!




- Alderamin!




- Não se importar com nada? Do que adianta lutar sem um
propósito? O que incentiva um guerreiro como estes a ultrapassar os seus
limites para superar desafios aparentemente impossíveis de serem vencidos?




- Um guerreiro que luta por seus ideais e por quem proteger
é ainda mais forte. Este é o verdadeiro guerreiro.




Continua...
avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995486
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Qua Maio 22, 2013 1:33 am

***ja to atualizando as fotos, so pra vcs se ligarem no texto, qualquer coisa pra mudar >>> rascunho



Continuam as batalhas em Asgard...Uma delas estava prestes a chegar ao seu fim! Donar x Malakh! Veremos agora o final desta luta!

O GUERREIRO DEUS PURO





- O que é isto?!




- O seu golpe atraiu muitas almas que agora concentram-se
próximas a você. Eu tenho poder de manipular as almas daqui e até mesmo explodi-las...





O quê!?




Talvez seja uma pena as coisas terem chegado a este ponto,
mas não vejo alternativa, você está prestes a destruir todo o Yomotsu e eu não
posso permitir que isto me atrapalhe na minha missão. Devo extinguir sua
existência. Pelo menos morrerá lutando pelo o que acredita.



!!!!!! SEKISHIKI.....



......KONSOU-HA
!!!!!





Malakh causa a detonação de milhares de almas, gerando uma gigantesca explosão sobre o
guerreiro deus.







Não pode ser, ele está manipulando as almas que caem aqui no mundo dos mortos...


Mas isso quer dizer que...!


Será mesmo que este homem tinha razão Meu pai e Athena são aliados?!
Seu cosmo brilha como a luz, diferente de nós Guerreiros Deuses.....



....Adeus meu Pai, me desculpe! Infelizmente não poderei fazer nada contra este poder, este homem tem ampla vantagem neste lugar. Acreditarei na ideia dos Cavaleiros, conto com vocês para trazerem a paz a Asgard....!


Donar fica imóvel perante tamanho poder gerado por malakh sobre as almas no yomotsu. A alma tirada do corpo de Donar parece ter sido completamente esmagada.


Donar..... "Pensativo"


Voltemos ao nosso mundo, a brincadeira a acabou.....! "Malakh volta a Asgard e ve o corpo de Donar estirado no chão, aparentemente morto"


É...Vamos em frente, me aguardem Cavaleiros de Bronze! Sinto a presença de alguns, oque diabos teria acontecido com eles!?
Será que fiz o correto em deixa-los passar por Donar? Deveria ter-los mandado esperarem! MAS QUE DROGA!
"Preocupado com oque estava havendo com os cavaleiros de bronze"



E por fim este homem me deixou cansado
...Donar....



Espero que hajas de maneira correta agora e acredite em mim, lhe dei uma chance para mostrar pelo que lutamos e por quem lutamos!
Por nossos companheiros do futuro! E pela paz na terra! Até mais, Donar.....



"De repente Malakh ouve um som de um monte de neve caindo"

.....


ESPERE!


Ohh, mas já se levantou, Donar?


Porque, porque fez isto com seu inimigo!? "Intacto, indagava Donar de Phecda ao Cavaleiro de Ouro"


Você parece ser um bom homem, e que luta pelo mesma coisa que eu!
A paz e nossos companheiros!



OQUE!? "Confuso, exclama"


Santo de Athena....Me salvaste daquela explosão então. E trouxe minha alma para meu corpo para tentar me convencer sobre meu Pai e Athena! "Mais calmo falava Donar"


Poderia ter me matado facilmente se quisesse, mas não o fez. Uma razão tens.
Acreditarei em seu caminho, Cavaleiro de Ouro. Malakh de Câncer.


Estarei de olho em vocês e nos Guerreiros Deuses, espero que tenhas falado a verdade!



Até logo, Donar....!


"Donar parte em furia em alta velocidade em cima de montanhas cobertas de gelo até sumir"


Acho que ganhamos um grande aliado, mas Kiwill....Onde diabos se meteu!?
Mesmo daqui de Asgard não é possivel localizar nem um rastro de seu cosmo....!
"Pensa Malakh enquanto parte para o encontro dos Bronzeados"


Devo me apressar, CAVALEIROS DO FUTURO ME AGUARDEM!!

Incrível. O Guerreiro Deus de Phecda abandona a batalha dando razão ao Cavaleiro de Ouro, Malakh! Seria mais um aliado para Athena!? Rápido Leão, Virgem! O maior perigo está por vir!



avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991838
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Pujol em Qua Maio 22, 2013 8:28 am

Asgard, alguns instantes após dialogar com Alberich, Draco de Alcor estava a caminhar pela neve.

Draco: Sem sombras de duvidas eu não posso confiar em Alberich, pois sinto o cosmo de Loki nele e os filhos do Deus da trapaça não são confiáveis.

Draco estava a caminhar em meio a uma pequena tempestade provocada pelo choque de cosmos, sua armadura branca como a neve era imperceptível neste fenômeno da natureza.
Draco, encontrará uma cabana, extremamente simples lembrando a que ele viveu nas florestas congeladas de seu país quando sua mãe e seu pai o abandonaram, a porta do lugar estava aberta, o guerreiro vai em direção a mesma e nota um pequeno grupo de soldados e uma jovem.

Jovem: Por favor não me machuque, vocês podem ficar mas não me machuquem.

Soldados: Até parece que você manda em algo aqui garota, você só servirá para satisfazer nossos desejos, ainda mais que não abriu a porta quando pedimos socorro.

Draco: Essa garota me lembra minha mãe, mas por que será? "Pensa o Guerreiro Deus"

Jovem: Parem, por favor.

Os soldados se aproximam da jovem lentamente, causando certo panico na mesma.

Draco entra na cabana sem ser notado pelos soldados, o mesmo aponta seu dedo indicador para um dos soldados, mirando na nuca do mesmo.

Draco: Vire-se,

Os soldados não reconhecem a voz, mas se viram, para seu temor eles encontram um guerreiro deus que nunca aviam visto.

Soldado: Quem é você? "Esbraveja" Nunca vi este robe. "Pensa"

Draco: Eu sou aquele que não deve ser visto, a estrela que permanece na escuridão de Asgard.

Soldado: Este robe é falso, ataquem ele.

Os soldados vão em direção a Draco querendo o sangue do guerreiro Deus.

Draco: Tolos.

Draco manifesta seu cosmo e apenas usa sua grande velocidade, mas desferindo golpes no coração de cada um, aniquilando os soldados que ali estavam.

Draco: Estes vermes tiveram oque mereciam.

Draco se volta em direção a jovem, que estava horrorizada com a situação.

Jovem: Não me mate, eu farei qualquer coisa, mas não me mate...

Draco se ajoelha perante ela e coloca a mão em sua cabeça, fazendo uma espécie de afago tipico de irmão mais velho.

Draco: Não irei te machucar, mas não pude deixar está ralé fazer oque queriam.

Draco se levanta e vai em direção a porta.

Alissa: Por favor fique, meu nome é Alissa, poderia me explicar oque está acontecendo aqui? Notei que você é um guerreiro Deus de Odin.

Draco muda seu semblante.

Draco: Nunca fale esse nome perto de mim, pois matarei aquele canalha.

A garota fica horrorizada ao ouvir isso.

Alissa: Não sei qual é seu motivo, mas eu que perdi minha mãe graças a Odin não tenho esse ódio por ele, me conte oque aconteceu.

Draco explica todo o ocorrido a garota.

Alissa: Então lhe mostrarei algo.

Alissa manifesta seu cosmo, não éra agrecivo, parecia apenas capas de curar feridas, mas algo era diferente, Draco notou algo que nunca imaginava.

Draco: Então és filha do canalha também?

Alissa: Como notou?

Draco: Esse cosmo, nunca o esquecerei, mas de qualquer forma tenho assuntos a tratar então me avise com seu pequeno cosmo caso algo de errado e alguém te ameace.

Draco sai da cabana, a jovem vai em direção a porta, mas não consegue distinguir a neve do guerreiro Deus.

Draco: Então você fez muitos filhos seu desgraçado, agora tenho mais um motivo para te matar, abandonou a todos neste mundo! "Pensa consigo, enquanto seu cosmo se enchia de raiva"

Draco: Mas antes de tudo protegerei o meu irmão e está fedelha, pois ela me parece com minha mãe. "Pensa desaparecendo na neve"

Draco vai em direção ao lugar onde o guerreiro Deus de Mizar se encontra.
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1243
Cosmos : 20005826
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Qua Maio 22, 2013 9:01 pm

=====================================================

"A batalha em Asgard estava se propagando pelos quatro cantos. Cada momento que se passava, a neve passava a ficar mais vermelha ainda."




"Uma batalha feroz acontecia entre o cavaleiro de ouro Mirapolos de Touro e o guerreiro deus Larvenberg de Merak."



- Tente acompanhar a velocidade de sua sombra, Larvenberg!!! "Mirapolos queima seu cosmo concentrando-se em sua velocidade e nas forças em seus punhos."



- Como assim seu miserável?? "Larvenberg fala intrigado."



- Oaah...Shadoooow Hooorn!!! "Explode seu cosmo, partindo em uma velocidade surpreendente contra o guerreiro deus."




- Tolo...você não irá me alcançar! "Larvenberg também utiliza a sua velocidade."




- Oooaaahh...receba...a fúria do touro dourado !! "Vocifera enquanto avança com tudo pra cima do guerreiro deus."



- Mas que porra é essa?? "O guerreiro deus é surpreendido, tendo a sua velocidade ultrapassada pelo taurino."



"Sem chances de defender-se, Mirapolos desfere inúmeros golpes contra Larvenberg de Merak."



- Aaaaaaahhhh...desgraçadooo..."Leva vários golpes, eis que Merak é arremessado com violência contra o solo."





- Até que você não é tão rápido...que pena. "Cruza seus braços, esboçando um sorriso sádico."



- Argh..."Solta um gemido dolorido enquanto estava derrubado no chão."




- Vamos Larvenberg...eu peguei leve ainda..."Fala com um olhar determinado em seu rosto."



- Bastardo...você vai pagar caro por essa afronta..."Fala enquanto cambaleia um pouco, se levantando."



- Aceita cheque ?? "Responde desprezando o guerreiro deus."




- Seu filho da puta! Eu não vou tolerar esses insultos vindo de um maldito humano como você! "Grita queimando de raiva."



- Você subestima e despreza os seres humanos...o sangue divino apodreceu seu cérebro e envenenou a sua alma!! Irei acabar com isso...ooooaahhh !! "Fala em alto tom, enquanto eleva seu cosmo agressivamente."



- Cale-se...não ouvirei sermões vindo de alguém como você! "Responde com raiva."




- Idiota...então receba meu golpe!! Grande Chifre !!!! "Fala enquanto estende seus braços, atacando rapidamente, na velocidade da luz."



- Oooooooooahhhhhhh... "Explode seu cosmo."



"Lança o golpe na velocidade da luz."



- Merda..."O guerreiro deus leva um grande susto ao saltar, escapando por pouco do golpe de Mirapolos."



- Não acredito...ele...consegue sobrepujar minha velocidade?? "Fala assustado, enquanto pousa."



- Aha-a-a-a-a-a. Falei que você não era grande coisa. "Encara o guerreiro deus com um sorriso estampado de orelha a orelha."


"Sem sombras de dúvidas, ele é um dos mais poderosos cavaleiros de ouro...mas sinto algo de errado...definitivamente há alguma coisa por trás desse homem...". "Larvenberg fala consigo. Sente uma presença que adormecia profundamente em Mirapolos."



- O que houve? O frio congelou a sua língua? "Fala encarando o guerreiro deus."



- Desgraçado..."Fala enquanto suava, bastante tenso."




"Por trás desse maldito homem, existe uma aberração, prestes a despertar a qualquer momento. Se eu continuar lutando, esse lado oculto irá se manifestar." "Larvenberg pensa consigo. Por um instante, o guerreiro deus sente a presença, mesmo que mínima, de Ares no corpo do taurino."




- Maldito...eu vou acabar com você. E depois eu matarei aquele seu filho bastardo! "Responde rispidamente."




- Sinto muito...mas isso não será possível. Irei acabar com você antes! "Fala determinado."



- Vai em frente, seu corno!! Até agora você só enrolou. Mostre-me a sua força, se puderes!! "O guerreiro deus aposta alto, porém desafia o taurino para que pudesse comprovar algo que estava pensando."



- Está bem! Desapareçaaa!!! "Explode de raiva, e lança o ataque contra Larvenberg."



- Oooooaaahhhh..."O guerreiro deus estende a sua mão, enquanto a viseira cobre seu rosto, para proteger a sua vista."



"O guerreiro deus consegue sobrepujar o ataque de Mirapolos com muito esforço."



- Ora ora...parece que você finalmente resolveu mostrar um pouco de competência..."Fala debochando."



"Como eu suspeitava...no momento em que ele lançou seu golpe, pude sentir por um breve instante a presença de outro cosmo." "Pensa consigo, visivelmente preocupado."



- Competência é?? Hahahaha..."Esboça um sorriso sádico."



- Se prepare, seu idiota! Irei encerrar o combate por definitivo! "Aponta seu dedo para Mirapolos."



- Tente, se puder! "Cruza seus braços, encarando o guerreiro deus."



- Humano tolo...você irá pagar caro por ter me atingido e por ter me insultado..."Eleva seu cosmo agressivamente, esboçando um sorriso sádico."



- Receba...a lenta e dolorosa morte..."Se prepara para atacar."





- Autumn Rhapsody - Rapsódia de Outono!





- Está finalizado! "Comemora o guerreiro deus."



- Você está brincando comigo, não está? "Fala esboçando um sorriso sádico."




- Seu golpe não surtiu efeito algum...que palhaçada é essa Larvenberg?? "Fala esboçando um sorriso sádico, provocando Merak."




- Os efeitos do golpe demoram para começar...mas a qualquer instante você sentirá as sequelas e irá perecer! "Fala determinado."



- Como assim? Que diabos de técnica é essa?? É alguma canção idiota?? Chegou o outono ou o quê? "Fala provocando."




- Me responda um coisa...como você resumiria o outono, cavaleiro de ouro? Sem avacalhações..."Fala seriamente."



- O outono?? Tsc...virou aula de geografia? Eu sei que é uma das quatro estações do ano. "Fala grosseiramente."




- O que eu sei também é que nessa época ocorre a queda de temperatura, e as flores, as plantas e as folhas secam e morrem. É isso?? "Pergunta ao guerreiro deus."




- Basicamente é isso. Seu idiota...ainda não entendeu?? "Debocha com o taurino."



- Argh...que merda é essa?? "Sente uma pontada no seu peito."




"Que merda...eu estou ficando bem tonto...sinto minhas mãos estremecerem...que sede é essa que eu estou sentindo? Parece que fiquei semanas no deserto...argh..." "Pensa consigo. O cavaleiro de ouro estava sentindo os efeitos da técnica."




- Hahahahahahahaha...parece que já caiu a sua ficha...hahahahaha..."Cai na gargalhada."



- Merda...meu corpo está secando muito rápido..."Fala com muita raiva."




- Esses são os efeitos da técnica, meu caro Mirapolos. "Fala sadicamente."




"O cavaleiro de ouro coloca a mão na sua cabeça, estava sentindo-se extremamente tonto, e com muita, muita sede."



- Argh..."Não se aguenta de pé, e cai de joelhos no chão."




- Você já era!! "Gesticula negativamente."




- Mal...mal...di...to..."Gagueja, com muitas dificuldades para poder falar uma simples palavra."




- Aaahh....ahhh....aahhh..."O cavaleiro de ouro começa a agonizar."




"Meu corpo...argh...estou ficando completamente seco...desidratado...eu não consigo me mover...sequer consigo pensar direito...arghh..." "O Autumn Rhapsody chega ao seu clímax."




- Resolvi lhe dar uma morte digna, repleta de sofrimento e agonia. É o mínimo que mereces, por insultar a mim e aos deuses! "Fala enquanto se afasta."




"Mirapolos agoniza ainda mais, com o seu corpo secando-se por completo."




- Humano insolente...




- Com essa técnica, você irá secar-se por completo...



- Igual a uma folha seca em pleno outono...



- Seu corpo seco se desintegrará, e no fim, restará somente a sua armadura de ouro, que será totalmente coberta pela neve, e então cairás no eterno esquecimento. "Fala sadicamente."



- Essa luta acabou. Espero que sofra bastante antes de morrer. "Vira-se de costas."



"O guerreiro deus se afasta do local."




"Porém mal sabia Larvenberg que havia outra entidade assistindo a luta entre os dois guerreiros."




- Então esse é o cavaleiro de ouro que carrega Ares consigo! "Fala intrigado."




- Não me parece ser grande coisa...me preocupei a toa..."Fala irritado."

===============================================================

Um espectro em Asgard? Mirapolos derrotado?

O que acontecerá?

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1477
Cosmos : 20008823
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Thanatos em Qui Maio 23, 2013 2:30 am







Você já era!! "Gesticula negativamente."


Mal...mal...di...to..."Gagueja, com muitas dificuldades para poder falar uma simples palavra."



Aaahh....ahhh....aahhh..."O cavaleiro de ouro começa a agonizar."



Meu corpo...argh...estou ficando completamente seco...desidratado...eu não consigo me mover...sequer consigo pensar direito...arghh... "O Autumn Rhapsody chega ao seu clímax."


Resolvi lhe dar uma morte digna, repleta de sofrimento e agonia. É o mínimo que mereces, por insultar a mim e aos deuses! "Fala enquanto se afasta."


"Mirapolos agoniza ainda mais, com o seu corpo secando-se por completo."


Humano insolente...


Com essa técnica, você irá secar-se por completo...


Igual a uma folha seca em pleno outono...


Seu corpo seco se desintegrará, e no fim, restará somente a sua armadura de ouro, que será totalmente coberta pela neve, e então cairás no eterno esquecimento. "Fala sadicamente."



Essa luta acabou. Espero que sofra bastante antes de morrer. "Vira-se de costas."


"O guerreiro deus se afasta do local."

"Porém mal sabia Larvenberg que havia outra entidade assistindo a luta entre os dois guerreiros."


Então esse é o cavaleiro de ouro que carrega Ares consigo! "Fala intrigado."


Não me parece ser grande coisa...me preocupei a toa..."Fala irritado."



Mas oque!? Não pode ser...UM ESPECTRO!


Se não quisestes morrer, saia já daqui Guerreiro Deus, esta não é sua luta....!


Whahwa...Sabes com quem está falando idiota!?



CALE-SE! "Interrompe Kagaho se pondo em posição de combate"
Se quer mesmo lutar não percamos tempo, vim aqui para cumprir minhas ordens e as farei de qualquer maneira!


Prepare-se então, maldita marionete de Hades....!


EXPLOSÃO SOLAR DE.........


Ah-a-a-a-a-a-a-a.


Mas oque?!


Eu ainda sou seu adversário, Larvenberg.


Impossivel! Este homem realmente não é normal! É um Deus!
Como pode se livrar do meu golpe? Não pode ser verdade....



Cavaleiro de Touro, eu serei seu adversário agora. Vim de muito longe para encontra-lo.
Enviarei você e Ares para o outro mundo para que Hades tome conta da alma do Deus das Guerras!



Wahwhahaw...Ótimo, enquanto morre Pai, irei matar o filho. Nos vemos no outro mundo Mirapolos....
WHawhhwhahahgahahahahahah



MALDITO VOLTE AQUI, SE FERIR MEU FILHO JAMAIS TE PERDOAREI!! "Ja prevendo a batalha contra o Spectro de Hades"


PARE!
Eu ja falei que eu serei seu adversário agora, Taurus!



Quem é você? Não me amole, não está vendo que estou ocupado!?


Como ousas!?
Filho da puta!



Eu sou Kagaho um dos spectros mais poderosos de Hades!


Kagaho, spectro mais poderoso de Hades, estou ocupado. "Completamente ferido, ainda zomba de Kagaho e tenta se movimentar para onde foi Larvenberg"


GRRRRRRR MALDITO!!! "Se irrita com o Taurino que finge não reconhecer os soldados de Hades"


!!!!!!!!! COOOOOORONA BLASTOOOOOO !!!!!!!!!



"O ataque de Kagaho envolve o Taurino, novamente um ataque mortal de chamas está em volta do Santo de Athena"


Ahhahaha, patético. Nem de perto lembra o antigo Cavaleiro de Ouro de Touro, Hasgard.
Chega a ser uma desonra para os Cavaleiros, Athena devia me agradecer por mata-lo!


"Novamente Mirapolos surge diante das chamas criadas por Kagaho em Pé"


Kagaho, não é mesmo?


NÃO PODE SER!


Essas chamas, não me fazem nem cócegas depois do que eu passei. ROOOOOOOOOOOOOOOAAAaa "Jogando para longe as chamas de Benu"


Mas você me chamou atenção, feliz?


Oque está dizendo seu verme miserável!?


Acha mesmo que esse é o nivel total do meu Corona Blast!?
No próximo ataque você irá morrer!



Infelizmente não tenho tempo para você. Eu gosto de lutar e não de terminar as lutas....
...uma pena, eu estou com pressa....



MALDITO, NESTE ESTADO AINDA QUER ME ZOMBAR!
NÃO CONSEGUE NEM ANDAR. HAHAHAAHAH ESTÁ LOUCO!



Estou!?


"Mirapolos queima seu cosmo e raios o circulavam"


OQUE!? ESSE COSMO......!? ARES!?



O APELIDO DESTE GOLPE É.


A LUTA ACABOU!


OQUEEEEEEE!?

"Mirapolos da um salto fazendo com que seu ataque ganhe ainda mais força usando a gravidade"




!!!!!! TIIIIIIITAN MASTER CONTRONOVAAAAAAA !!!!!!!





IMPOSSIVEL!! Este golpe...eu o conheço, é parecido com antigo Cavaleiro de Touro.....
Tenho que me afastar!!



MAS....QUE PORRA?!
NÃO CONSIGO ME MEXER! ESTOU PARALISADO....ES...ESSES, RA-RAIOS.....!!
GRRRRRRrrr



RROOOOOOOOAA "Mirapolos concentra grande poder para executar o final do golpe"


Exatamente, Kagaho. Este é o Masternova Titânica Manipuladora....Uma super variação do supernova titânica!


OQUE!? UMA VARIAÇÃO MANIPULADORA???
GGGRRR.......



Veja o porque, KAGAHO!


"Rochas que caiam sobre o chão paravam, e flutuavam no ar. Todas elas soltas pelo terromoto começaram a se juntar para perto de Kagaho"


O MALDITO CONTROLA ELEMENTOS!!!!
UUUUUUUAAAAAAAAAAAAAAAAAAA



AHa--a-a-a-a--a. Adeus, Spectro maldito....



ROOOOOOOOOOAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!

"Todas as rochas partiam para Kagaho paralisado. Ao se colidirem com Kagaho, as rochas geraram uma grande explosão fazendo o spectro desaparecer completamente"




Uffff..ufffff...."Muito ofegante e com má postura Mirapolos"


Larvenberg maldito....Ufff....


Se tocar no meu filho arrancarei sua cabeça!!! "Começa a andar e aos poucos até correr atrás do Guerreiro Deus de Merak"

"Quando de repente um som é ouvido, eram palmas"


CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP


MAS QUE PUTA QUE PARIU! OUTRO!


Não pode ser........



Meus parabéns Mirapolos, merece meu respeito. Você evoluiu bastante!


HHHHHHHHHHHEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEENNNNN
NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNRRIIIIIIIIIII
IIIIIIIIIIQUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!






Última edição por Taurus no Mirapolos em Dom Maio 26, 2013 3:55 pm, editado 5 vez(es)
avatar
Thanatos
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 1146
Cosmos : -78991838
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Myu de Papillon em Sex Maio 24, 2013 1:55 am

"O clima estava tenso em Asgard. Mirapolos estava em uma luta de vida ou morte contra Larvenberg de Merak, porém esta luta acabou sendo interrompida por Kagaho de Benu, que estava em Asgard a mando de Hades, que queria saber mais sobre o espírito que dominava Mirapolos sem que o taurino soubesse, esse espírito era de Ares, nada mais nada menos do que o Deus da Guerra.



Após vencer Kagaho, Mirapolos iria atrás de Merak, para salvar o seu filho de um provável ataque do Guerreiro Deus, porém ele não imaginava a surpresa que teria pela frente..."
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP


MAS QUE PUTA QUE PARIU! OUTRO!


Não pode ser........



Meus parabéns Mirapolos, merece meu respeito. Você evoluiu bastante!


HHHHHHHHHHHEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEENNNNN
NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNRRIIIIIIIIIII
IIIIIIIIIIQUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


================================================================================

Capítulo de hoje: O Reencontro


Desgraçado, o quê está fazendo aqui em Asgard?


Não parece óbvio? Vim atrás do segredo que você esconde.


Que segredo? Maldito, você matou meu pai, eu jurei ficar mais forte só para poder te derrotar futuramente, e parece que esse dia chegou.


Er... não. Lamento te dizer mas sua vingança não será completa, eu tenho meus segredos também.


Pouco importa seus segredos, o que importa é que você morrerá aqui! Irei vingar meu pai!


"Hum... ele está ficando irritado, posso sentir a presença de um cosmo estranho emanando do cavaleiro de Touro, será mesmo Ares?"


Prepare-se Henrique! Sinta a potência de meu golpe, GREEEEEEEAT HOOOOOOOORN!!!


"Uma grande explosão acontece, a fúria de Mirapolos ao ver o algoz de seu pai e eterno inimigo a sua frente combinada ao poder de Ares o transformava em uma besta incontrolável e altamente poderosa."


Afff....affff, e então Henrique, o quê achou desse golpe? Não escuto sua voz.... será que pereceu tão rapidamente?


Hahahaha, devo admitir que está bem mais poderoso do que daquela vez, mesmo assim não foi o suficiente Mirapolos, lamento.


"Droga, usei quase todo o meu cosmo nesse ataque e ele conseguiu escapar pelo alto, aquele golpe do Larvenberg está me deixando cada vez mais fraco a medida que o tempo passa, mas para o Henrique eu não posso perder, para ele não!


Hahaha, ficou tão cego em lutar contra mim que esquece de seu filho, que está prestes a ser alcançado e morto pelo Guerreiro-Deus de Merak.


Tsc, tsc... que pai mais irresponsável... eu até poderia fazer o favor para Larvenberg e matar o seu filho.


Imagina: Pai, Filho e Neto... Henrique de Griffon destruindo três gerações de uma família, hahahahahahaha!


Faltaria a sua esposa, mas para essa eu tenho outros planos... se é que me entende Mirapolos.


FILHO DA PUTAAAA! Vou te matar, eu juro por tudo o que é mais sagrado, posso até morrer, mas vou levá-lo junto comigo!


"Não posso ratear, devo derrotá-lo aqui para salvar meu filho das garras de Larvenberg..."


Henrique, você até pode ter se esquivado da minha Great Horn, mas não escapará desse golpe...


"Posso sentir, esse cosmo é realmente de Ares, é o Deus da Guerra incarnado em Mirapolos, o Imperador Hades ficará satisfeito ao saber disso..."


Sinta toda a fúria de Mirapolos de touro!!! TITAN MASTERNOVAAAAAA!!!


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHH!!!


Finalmente lhe derrotei! Em nome do meu pai!


Argh.....affff... bravo Mirapolos, seu golpe me atingiu em cheio, mas você cometeu o mesmo erro da nossa primeira luta, focou sua visão apenas em mim, esquecendo do que acontece ao seu redor...


"Pequenos fios circundavam Mirapolos, e logo estes o prendem."


Droga, esses fios, não pode ser, de novo não!


Antes de tudo quero lhe dizer umas palavras...


Você pode ter a alma de um ser imortal presa dentro de você, porém isso não interfere, a imortalidade é apenas dessa alma, tu segues sendo um reles mortal...


Enquanto isso, graças as contas quebradas do rosário de Virgem, eu, assim como Kagaho e outros espectros, possuo a plena imortalidade, tanto do corpo quanto da alma, essa é a diferença entre nós dois! Mesmo que me matasse aqui, eu iria voltar a vida novamente.


Essa é a Imortalidade dos Espectros!


Um espírito que se apossou de mim? Explique isso Henrique!


Não há mais tempo para explicações, você deve morrer aqui e agora.


Sinta o poder de minha MARIONETE CÓSMICA!!!

================================================================================
"A batalha entre Henrique e Mirapolos estava entrando em um estágio avançado, porém...


... um ser vindo do Meikai estava observando tudo, pronto para interromper a luta a qualquer instante, sob as ordens de Hades..."


Essa luta está ficando tão legal...


...seria uma pena se alguém...


...resolvesse dar um "stop" nela!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------






Última edição por Griffon no Henrique em Seg Maio 27, 2013 3:13 am, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 891
Cosmos : 11005830
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 25
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Sex Maio 24, 2013 11:17 pm

"Enquanto os santos de Athena lutavam arduamente para deter as ambições de Alberich, em outro local, onde as trevas predominam e a luz é inexistente, o lugar onde o desespero e o sofrimento reinam absoluto..."



"Em uma localidade remota do Meikai, em meio às centenas de montanhas, afastado das prisões, dos fossos e vales, havia um castelo."



"Era inacessível o acesso por terra, só sendo possível por vias áreas ou espaço-dimensionais."



"Diante de suas gigantescas portas lacradas, com coisas que o mundo nunca viu, um poderoso cosmo negro e intimidador repousava tranquilamente."



"Em meio a inúmeras salas e ante câmaras, enormes pilastras e verdadeiros salões compunham o interior do castelo."



- Então é isso mesmo?? Tem certeza do que estás falando? "Atavaka faz o questionamento enquanto esboça uma cara sádica."




- Kageboshi, da estrela terrestre da opressão? "Fala o nome do espectro que se encontrava diante dele."




- Sim Lorde Atavaka, as fadas infernais de Myu confirmam isso! "Afirma com veemência."




- Então o santo de Virgem realmente irá consertar o Rosário das 108 contas, indo atrás de seu antecessor, Khambalia, no Egito. Isso requer uma medida drástica e urgente. "Fala esboçando um sorriso sádico."




- Perdoe-me, mas Vossa Excelência não enviou um grupo de espectros para interceptar o santo de Virgem? "O espectro indaga confuso."




- Grupo este liderado pelo espectro Edward de Sylph, da estrela terrestre do vôo? "Kageboshi faz outra pergunta seguidamente."




- Kageboshi, não seja tão ingênuo..."Fala enquanto suspira desanimado."




- Depois de ter enviado aquele grupo medíocre, Mefistófeles me alertou pelo fato de esse mesmo grupo já ter enfrentado um cavaleiro de ouro de Virgo em eras passadas, mais precisamente durante a guerra santa do século 18..."Relembra dos avisos de Youma."



- Eu mesmo pude ver nas demonstrações do passado por Youma...o grupo falhou miseravelmente em sua missão, permitindo que o cavaleiro de ouro de Virgo daquela era pudesse criar o rosário das 108 contas..."Relembra da cena em que viu no vórtex de Youma."



- E desde então, a imortalidade dos espectros caiu no eterno esquecimento, virando conto do passado..."Atavaka estava informado sobre a história de Asmita de Virgem e a história do Rosário."



- E agora, graças a aquele incompetente do Garuda, o Rosário se encontra em um momento extremamente vulnerável...devemos focar nossos esforços para destruí-lo, e garantir que a tão sonhada imortalidade volte a ser suprema e plena para todas as 108 estrelas malignas..."Se levanta do seu trono."



- Mas Lorde Atavaka, o que faremos então? "Indaga Kageboshi."




- Eu mesmo irei atrás do santo de Virgem, e acabarei com os seus planos. "Proclama em alto e bom som."




- Fico imensamente aliviado em saber que Vossa Excelência irá frustrar os planos daquele maldito santo de ouro! "Comemora o espectro."



- Enfim, encerramos por aqui. Está dispensado. "Fala friamente."



- Sim Lorde Atavaka, com sua permissão, me retiro. "O espectro caminha para fora da sala, saindo do local."



- E vocês dois...entenderam bem o que é para ser feito? "Atavaka olha para o lado, no canto escuro do grande salão."



"Haviam dois espectros prostrados ao seu lado, estavam quietos o tempo todo, ouvindo pacientemente a conversa entre Atavaka e Kageboshi."



- Sim, nós entendemos perfeitamente a nossa missão. "Fala Wimber de Morcego."



- Muito bem, então não preciso mais me estender sobre esse assunto. "Fala com certa satisfação."



- Deverão acompanhar o grupo que irá fazer uma investida contra o Santuário. "Um esquadrão estava sendo designado para invadir as doze casas."



- Serão liderados por Amsu de Sphinx, da estrela celeste da besta. "O novo espectro de Sphinx, sucessor de Pharaoh, ou Chenzira, derrotado por Khambalia no passado."



- Em lá chegando, lembrem-se de que terão um aliado muito importante. "Faz referência ao cavaleiro de ouro Hunter de Áries."



- Será que ele é confiável? "Questiona Wimber."



- Você está questionando minhas ordens? Acha que não sei o que faço? "Encara o espectro com um olhar assustador."



- Desculpe-me Atavaka-sama! Não desconfio do senhor e de seus planos. "Fala receoso."



- Agora sumam daqui. "Fala rispidamente."



- Sim senhor! "Os espectros respondem em uníssono, enquanto elevam seus cosmos negros como o ébano, desaparecendo naquele mesmo instante."



- Aaahh..."Solta um suspiro desanimado."



"Eis surge um portal dimensional no salão."



- Oh...és tu, Mefistófeles. "Atavaka já sabia de quem se tratava."



"Youma surge diante de Atavaka."



- E então, você fez o que eu te sugeri?? "Fala enquanto ajeita a sua cartola."



- Mas é claro que sim..."Responde de imediato."



- Mas eu já imaginava que o grupo de Edward de Sylph não teria chances. Tampouco o grupo que irá invadir o Santuário...para que esse desperdício de espectros? "Pergunta intrigado."



- Ora...e ainda perguntas, Atavaka? "Fala em tom de sarcasmo."



- Eles não passam de meros peões, sendo necessário o seu respectivo descarte! "Fala num tom doentio."



- Você é um sacripanta, Mefistófeles! Sacrificar deliberadamente espectros em vão só irá despertar a fúria de Hades-sama. Ainda me pergunto sobre as suas intenções, Mefistófeles! O que te move nessa guerra? "Fala esboçando um sorriso sádico."



- Permita-me explicar, Atavaka... "Fala enquanto eleva seu cosmo agressivamente."



- Existem coisas que um reles espectro não consegue compreender..."Eleva seu cosmo, revelando sua surplice."




- Há muitos éons atrás, em priscas eras...



- Enquanto os deuses andavam entre os humnaos, na idade mitológica...



- O inferno havia se ascendido por toda a esfera terrestre. O céu enegrecera, como as profundas trevas da noite. Um mar de sangue e de corpos se espalhavam pelos quatro cantos, enquanto grandes quantidades de chamas consumiam tudo num ritmo voraz...essa é epítome de uma guerra...



- Afogados em meio a um mar de desespero, os mortais, temerosos pelas suas insignificantes vidas, clamaram freneticamente por ajuda a Athena, que era a responsável pelo mundo dos humanos...



- Athena, misericordiosa e bondosa com os seres humanos como sempre foi, tomou a frente da situação, decidindo que não entregaria o mundo dos homens para o imperador das trevas.




- E assim, movimentou o seu exército para mais uma sangrenta batalha, convocando os pobres mortais para lutarem contra as 108 estrelas malignas e contra Hades...eis o estopim da primeira guerra santa entre os dois deuses!




- Até que então, houve aquele fatídico dia, quando as trevas cobriam os céus por completo, e uma tempestade furiosa trovejava os céus, derrubando chuvas que congelavam almas...



- O exército das trevas havia se mobilizado por completo, atendendo às ordens de Hades e de seus deuses subalternos. As 108 estrelas malignas se reuniram. Os três deuses haviam decidido fazer uma guerra total contra os santos de Athena.



Thanatos...




- Hypnos...




- E o líder do exército do submundo, Hades.




- E do outro lado, o exército de santos da esperança e da justiça, guiados por Athena.



- Eis que o tão aguardado momento havia chegado. Hades ordenara para que seus espectros invadissem o Santuário, e derrotassem todos os cavaleiros, trazendo a cabeça de Athena a prêmio...



- Horas de conflitos se perpetuaram, com sangue jorrando por todos os lados. Os corpos começavam a se acumular...porém os espectros sempre se levantavam...



- Athena, não admitindo que os esforços dos santos de Athena fossem em vão, explodiu seu poderoso cosmo divino, criando uma barreira envolvendo todo o Santuário, selando assim as estrelas malignas e causando a morte permanente daqueles espectros...



- Eis que Hades, em uma irrupção, apareceu derrotando vários cavaleiros de uma só vez, adentrando impacientemente no campo de batalha, não admitindo a derrota do seu amado exército das trevas...



- Num piscar de olhos, a situação se inverteu completamente, enquanto pilhas de corpos e mais corpos de santos de Athena começavam a se acumular...



- Sem muito esforço, chegou até o templo de Athena, a última morada do monte das doze casas. Eis que Hades se depara com aquele que seria seu futuro algoz...o santo de Pégasus!




- Claro que diante de seu esmagador poder, não foi nenhum empecilho derrotar o cavaleiro de bronze que vestia uma sagrada kamui divina...




- Nesse instante, Hades ficou frente-a-frente com sua nêmesis, a deusa Athena, que estava praticamente indefesa.



- O clímax da guerra santa havia chegado ao seu fim. A vitória do imperador das trevas era certa e avassaladora...



- Quando ia dar o golpe de misericórdia, surgiu aquele jovem e persistente cavaleiro de bronze...



- Nascia aí uma lenda...



- A lenda do matador de deuses!



- Porém, por ironia cruel, as cadeias do destino haviam reservado um fim terrível ao jovem cavaleiro de Pégasus...



- Após ver seu querido Pégasus agonizando, até morrer em suas mãos, Athena havia decidido dar fim à aquela guerra que tomou proporções devastadoras...



- Hades, cegado pelo ódio e pela ousadia de ter sido ferido por um mortal, partiu alucinadamente para cima de Athena, que avançou seguida de seus fiéis santos da esperança...



- O olhar incrédulo de Hades, ao ver seu poder ser sobrepujado por reles mortais. Lembro-me dessa cena como se fosse hoje...



- Até que então...




- O imperador das trevas sucumbe pela primeira vez...





- E a partir dessa derrota vexatória, Hades deixou seu verdadeiro corpo repousar no Elíseos, passando a usar hospedeiros para guarnecer a sua alma divina...




- E passados muitos anos, em um eterno ciclo vicioso, os dois exércitos guerreavam entre si, e por crueldade do destino, ou por competência de Athena, o exército das trevas nunca conseguiu lograr seus objetivos durante todos esses anos...



- Até que então, na última guerra santa, nos idos de 1990, finalmente Athena havia dado um fim definitivo às ambições de Hades, destruindo seu corpo original juntamente com seus cavaleiros inúteis...



- E eu, como deus e como espectro, pude presenciar todos esses anos de angústias e sofrimentos por parte do nosso exército...




- Condenado a viver confinado num corpo de um reles mortal, fiquei condenado por incontáveis anos, morrendo e revivendo, sem parar...





-Precisava mudar urgentemente alguma coisa...ainda mais com o vexame que eu passei no século 18, com aquele maldito cavaleiro de ouro de gêmeos...




- Por isso Atavaka, eu simplesmente não me importo com a vida de alguns espectros miseráveis...pois meu plano envolve algo muito maior do que isso...



- Um desejo que me atormenta por milênios, numa perene angústia latejante que só piora a cada encarnação...




- Enquanto tenho observado os deuses se rebelarem entre si, lutando um contra o outro numa alucinada encruzilhada para conquistar o Sekai...o mundo terreno, tutelado por Athena...


- Mas isso irá acabar....pois eu irei derrubar o Teikai, pulverizar o Sekai, congelar o Kaikai e ascender o Meikai para que reine supremo...tudo em troca de poder...para me libertar por completo desde as eras mitológicas...




- Essa é a minha motivação...e Hades compreende isso muito bem...pois sabe que ajudarei no que for preciso, para poder me libertar de vez...



- No fim de contas, não passam de chorumelas de um deus recalcado! "Esboça um sorriso doentio, provocando Youma."



- Ora...você sabe muito bem que tenho meus motivos..."Responde debochadamente."



- Mas não se preocupe com isso, Atavaka. Tudo que faço tem justificativas. "Fala com ar maroto."


- Mandar aqueles vermes para irem no encalço do santo de Virgem será muito importante, mesmo eles sendo meros lixos a serem despejados..."Menciona sobre o grupo de Edward."



- A mesma coisa vale para aqueles inúteis que foram até o Santuário..."Fala esboçando um sorriso doentio."




- Eu entendo perfeitamente, Mefístófeles. Um bom estrategista deve trabalhar com várias frentes de luta...



- É perfeito...enquanto uma parte do exército de Athena se ocupa com Asgard e aqueles guerreiros deuses inúteis, o Santuário se distrai com esses espectros inúteis e com aquele rebelde sem causa...



- E EU VOU ATRÁS DAQUELE SANTO DE VIRGEM!!! "Grita, num rompante de fúria."



- Não permitirei que ele restaure o rosário das 108 contas com a ajuda daquele inútil do Khambalia...




- Exatamente, a natureza dos meus planos é criar uma distração para que o Santuário não envie reforços para ajudar Ambar de Virgem, facilitando assim a conseguir destruir o Rosário e matar aquele maldito...


- Exato...enquanto ele perde tempo, enfrentando o grupo de Edward, eu irei atrás de Khambalia, e matarei aquele desgraçado...



- E abrirei o caminho para a nossa vitória...hahahahahahahaha..."Ri alucinadamente."




- Hades seja louvado, hahahaha..."Ri também."



- Agora, com sua licença, preciso dar um pulo em Asgard...




- É a alma de Ares, não é? Tudo bem, vá em frente...



"Youma abre um vortéx, e adentra-o, e após o mesmo se fecha."

===============================================================

"Conseguirá Atavaka completar sua missão? O que Youma fará em Asgard?

Não percam os próximos episódios.

_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1477
Cosmos : 20008823
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Aiacos em Sab Maio 25, 2013 4:18 pm

"Enquanto isso..."



- Com bases nesses argumentos, julgo improcedente a sua apelação. "Lune sentencia uma pobre alma."



- Por favor...eu lhe imploro...faço o que você quiser...por favor!!! "A alma de uma jovem moça suplica por clemência."



- Cumpra-se a sentença!!! "Fala num ar doentio."



- Aaahhhhh...."A alma da jovem é incinerada por completo."




"Não demora muito para a alma dela desaparecer em meio às chamas."




- Vamos ver...quem é o próximo...hmm..."Procura na pauta de audiências."




"Eis que..."



- Ora...que surpresa..."Lune interrompe seus afazeres, olhando para o aglomerado de chamas negras."



"Em meio às chamas negras, sai Kagaho de Bennu, voltando dos mortos."



- Desculpe interromper suas audiências Lune..."Bennu encara Balrog."



- O que o traz aqui Bennu?? "Lune responde fazendo pouco caso."



- Não encontro Atavaka...vim perguntar-lhe de seu paradeiro. "Indaga seriamente."




- Pelo visto, você está desinformado..."Levanta-se e se aproxima de Kagaho."



- Desembuche, Balrog! Não gosto de embromações! "Fala impacientemente."



- Pelo visto, a sua postura não é nada inteligente...não é a toa que morresse tantas vezes..."Responde provocativo."



- Seu babaca, não vou tolerar as suas provocações. "Kagaho fala furioso, elevando seu cosmo."




- Faça me o favor, Kagaho...você sai faiscando por todos os lados...queimando a sua reputação, e ainda espera ser um juiz? "Responde encarando-o."



"Kagaho para de elevar seu cosmo, fazendo suas chamas desaparecerem, ficando pensativo."



- Enfim, quer mesmo saber o que está acontecendo?? "Fala seriamente."



- O santo de Virgem, Ambar, está indo atrás de seu antecessor, Khambalia, para que juntos consertem o rosário das 108 contas.




- Selando de vez a nossa imortalidade.




- O quê?? "Fala surpreso."



- Que absurdo! Isso é inadmissível!!! "Fala num rompante de fúria."




- Entendeu agora a gravidade da situação? "Pergunta visivelmente preocupado."



- Eu entendo..."Fala enquanto chamas negras voltam a rodear o espectro."



- Por isso Atavaka foi atrás dele, junto com um esquadrão de espectros. "Fala enquanto se aproxima de seu trono na sala de julgamento."



- Maldito Virgo!!! Não permitirei que ele cometa esse absurdo! Eu mesmo irei matá-lo! "Vocifera enquanto explode seu cosmo, rodeado de chamas."

===============================================================

"Enquanto isso, na lagoa de sangue escaldante..."



"Algo estava emanando um cosmo agressivo."



"A surplice de Virgem..."

================================================================

"Enquanto isso, no santuário."



"Uma barreira envolvia-o, protegendo das invasões."



- Cá estamos...o Santuário..."Amsu de Sphinx para diante da barreira de bloqueava a entrada dos espectros."



- Excelente, vamos começar a nossa missão. "Luco fala com certa animosidade."



- Pois bem, pode começar, Raimi. "Dirige as suas palavras para o espectro de verme."



- Sim senhor! "Responde esboçando um sorriso sádico."

================================================================

"E no Santuário..."



"Rochas começavam a saltar pelos lados."



- O que diabos é isso?? "Os soldados do santuário falam intrigados, enquanto observam o volume de rochas se movendo."



"Eis que uma violenta explosão acontece."



- Chegamos..."Raimi de Verme abre uma passagem subterrânea, permitindo ao grupo adentrar o Santuário, por baixo da barreira de Athena."



- Muito bem. Chegou a sua vez, Wimber!! "Amsu fala em bom tom."



- Sim senhor! "Wimber esboça um sorriso doentio."



- Sonar do Pesadelo!!! "Invoca milhares de morcegos."



"Não demora muito para que o enorme grupo de morcegos se espalhem nos arredores do Santuário."



"Fazendo com o Santuário inteiro entrasse em sono profundo."



- Missão cumprida. "Comemora."




- Ótimo, agora vamos até as doze casas. "Tokusa e os outros partem em direção a primeira casa zodiacal."



"Eis que eles chegam em frente ao templo de Áries."



- Vejam...lá está ele! "Responde Kiew apreensivo."




"Os espectros se deparam com um cavaleiro de ouro."



- Enfim, vocês chegaram..."Responde Hunter de Áries."

===============================================================

Espectros invadem o Santuário. Hunter irá matá-los? O que acontecerá?



_________________
"Let´s dance!"


avatar
Aiacos
Berseker
Berseker

Mensagens : 1477
Cosmos : 20008823
Data de inscrição : 03/02/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Cancer no Malakh em Sab Maio 25, 2013 7:40 pm

Continuava a luta contra o guerreiro deus de Benetnasch e
Hakuzak havia ganhado um aliado para a batalha.



- Alderamin! Então você está vivo! – diz Hakuzak de Leão
Menor.




- Sim, apesar dos meus ferimentos pude acompanhar a luta e
vi como este maldito torturou nossos companheiros até a morte. Não podia me
mexer até que meu cosmo conseguiu sobrepujar minhas limitações físicas e me
permitiu ingressar na luta.
– explica Alderamin.




- HAHAHA! Ótimo! Agora assistirei vocês se matarem! – fala Ragnar
voltando a revelar seu usual sadismo.




O guerreiro deus começa a tocar sua harpa.


HYPNOTIC MELODY!




- Nada disso! – grita Alderamin.



O cavaleiro de Cefeu rapidamente salta para perto de Hakuzak
e utiliza sua técnica defensiva.




DEFESA CIRCULAR!!!



- Minha técnica impede que o ar traga suas notas aos
nossos ouvidos. Seu ataque não irá nos afetar!




- O quê?! – diz Ragnar surpreso.



Os cavaleiros começam a queimar seus cosmos intensamente.



- Vamos atacá-lo juntos!

ONDA RELÂMPAGO!



LIONET BURNING FIRE!



A corrente e o fogo das duas técnicas se juntam formando um
ataque só.




Ragnar desvia do golpe. No entanto, sente uma forte dor no
braço e percebe que as correntes haviam rompido com as cordas de sua harpa e
danificado parte da sua armadura.


- Não pode ser! Eles estão atingindo a velocidade da luz!
pensa o guerreiro deus, visivelmente assustado.




- Vamos acabar com você agora! É um completo inútil sem sua
harpa!
– provoca Hakuzak.




- Haha... – Ragnar esboça um sorriso


- Então é isso o que vocês acham? – fala descartando a harpa
no chão.




- Vou mostrar para vocês!



COSMIC ILLUSION!



Milhares de clones do guerreiro deus saltam ao mesmo tempo
em direção ao cavaleiro de Cefeu.





DEFESA CIRCULAR!



Alderamin utiliza sua técnica defensiva, no entanto, os
clones atravessam sua defesa com facilidade.


- São ilusões! – grita o cavaleiro.



Algumas das ilusões que transpassaram a defesa da corrente
se materializam na frente de Aldemarin e o acertam com poderosos chutes,
fazendo-o cair ao chão.




Ragnar não perde e tempo e avança em direção a Hakuzak,
empurrando-o e levando-o na velocidade da luz até o corpo do cavaleiro de leão
menor esbarrar numa grande rocha.





Alderamin ataca
Ragnar à distância com a corrente. Mas ela transpassa o corpo do guerreiro
deus, revelando tratar-se de outra ilusão.




Pelo lado do cavaleiro surge Ragnar, surpreendendo-o com uma
sequência de golpes até o arremessar para longe.





- HAHAHA! Como iam dizendo, cavaleiros?



Os dois cavaleiros levantam-se com dificuldade, porém
emanando um forte cosmo.


- Nós íamos dizendo que vamos acabar com você!



Alderamin e Hakuzak queimam seus cosmos ao máximo esperando
que numa tentativa desesperada possam derrotar o guerreiro deus concentrando
suas forças num último golpe.


ROYAL WINDS!



O cavaleiro de Cefeu cria um anticiclone em volta de Ragnar,
prendendo-o com o vento direcionado ao solo.




LIONET EXPLOSION!



O ciclone torna-se um redemoinho de fogo que rapidamente
aquece a área cercada pelos ventos.




O guerreiro deus começa a queimar e sua armadura carbonizar.
Entretanto, o corpo rodeado pelas chamas revela ser de Alderamin, que cai ao
solo desfalecido.




- O quê?! Não é possível! – grita Hakuzak desesperado.



- HAHAHA! – gargalha Ragnar ao lado de Hakuzak, no lugar
onde estaria o cavaleiro de Cefeu.


- Eu não só tenho o poder de criar ilusões com o meu corpo,
mas também com todo o mundo exterior. Cavaleiros não são exceções! HAHAHA!




- Maldito, me fez matar mais um dos meus companheiros! Não o
perdoarei!




LIONET EXPLOSION!




COSMIC ILLUSION!



O forte choque entre os cosmos chama a atenção de Malakh de
Câncer, que estava por perto à procura dos cavaleiros.


Quando o Cavaleiro de Ouro chega, percebe os corpos dos
cavaleiros mortos e Hakuzak de pé perto do corpo de Ragnar caído ao chão.



- Maldição!!! Meu grupo inteiro dizimado... – fala Malakh para o cavaleiro de Leão Menor.




- Vamos, temos uma missão a cumprir. – diz Hakuzak.



Os dois deixam o local que havia se tornado um cemitério de
cavaleiros.


Última edição por Cancer no Malakh em Seg Maio 27, 2013 11:06 am, editado 4 vez(es)
avatar
Cancer no Malakh
Garanhão Coronas
Garanhão Coronas

Mensagens : 581
Cosmos : -88995486
Data de inscrição : 22/02/2013
Idade : 23
Localização : Yomotsu

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por -=|R.R.|=- em Sab Maio 25, 2013 8:29 pm

"Horas antes da invasão de Espectros ao Santuário, na casa de Leão..."




"... Ambar e Dukeee fazem uma rápida conversa."


_ assim que eu completar minha missão, irei ao seu encontro para que possamos ir a Asgard como o Mestre ordenou.



_ torço para que resolva isso o mais rápido possível.



_ se aqueles guerreiros que de deuses não tem nada, não colaborarem, iremos aniquilá-los!!!! - "Fala rispidamente, Dukeee de Leo, mostrando os punhos."



_ quanto a isso não preocupe...



_ vou trazer o sagrado rosário completamente recuperado. Aquelas tolas criaturas patéticas não terão chances contra nós. - "Ambar, se referindo aos espectros."



_ tenho um mal pressentimento, mas não sei o que é... "Dukeee com uma expressão preocupada..."



_ também sinto. Aquelas baratas do Meikai devem estar preparando uma invasão ao Santuário. - "Diz Ambar, abrindo os olhos."



_ aqueles miseráveis!!! Estarei na casa de Leão...



_ irão sentir o meu punho de luz!!! - "Vocifera com raiva."



_ aqueles coitados mal sabem que o cavaleiro de leão é conhecido e temido pelas inúmeras luzes que saem de seu punho e pulverizam o inimigo instantaneamente! - "Responde enquanto ri..."



_sorte minha que o tenho como aliado, Dukeee. Seria um adversário duríssimo! - " Virgo solta um sorriso"



_ eu não gostaria de ter você como adversário, o mais próximo de deus e o maior cosmos entre nós.



_ mas, enfim, vamos parar com essa troca de elogios, vá logo Ambar, precisamos de você mais do que nunca! - "Desconversa Leo."



_ sim, estou de acordo. Em breve estarei de volta, então, proteja o santuário em minha ausência!



_ além de mim, temos Aphnos de peixes e o Mestre, ambos poderosos cavaleiros de ouro! Athena e o Santuário não estarão desguarnecidos! - "Diz Dukeee, com brilho nos olhos."



_ está bem, retornarei com este rosário restaurado. Até logo... - "Se despede Ambar, mostrando o rosário ao cavaleiro de leão."



_ vá Ambar. Não se atreva a voltar sem o Rosário.






--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

"Já longe do santuário, Ambar vai a procura de Khambalia, graças as coordenadas fornecidas por Athena."




_ parece que Khambalia está ao norte da Argélia. Bem, não posso perder tempo... - "Fala o virginiano enquanto tenta localizar o cosmos do aliado..."


"Já no país africano, Ambar passa por enormes montanhas..."

_ se minhas coordenadas estiverem corretas, ele está bem próximo. Posso sentir um cosmos fraco porém familiar...



_ vamos Khambalia, onde você está?



_ ohm!!! - "Ambar inicia o mantra com o objetivo de localizar o antigo Virgo."



_ Ambar? Ambar de Virgem? Posso sentir seu cosmos de luz. - "Finalmente, Khambalia é localizado!"



_ Khambalia? Posso sentir sua presença agora com muita intensidade. Por favor, me guie até onde está!



_ estou num pequeno vilarejo bem próximo ao topo dessa montanha. Está no caminho certo!



_ agora posso localizá-lo com precisão. Logo estarei aí...



_ porém...



_ preciso resolver algumas coisinhas, perdoe-me...



_ por um acaso pensam que sou algum idiota? - "Pergunta Ambar, que sente-se espionado."

"Nada responde, há um silencio absoluto..."



_humf... impressionante... são realmente como baratas.... sempre que achamos que demos um jeito, mais aparecem. - "Virgem olha como enorme desdém."



_imundos.... posso sentir o odor exalando carne morta a quilômetros de distancia.



_ vamos baratinhas, não fiquem tímidas! Parem de se esconder entre as sombras... vamos...


"Ambar é sumariamente ignorado pelos supostos espiões."


_criaturas patéticas, vão mesmo me deixar esperando? - "Pergunta Ambar."


"Nada se movia, nada se ouvia, apenas o barulhos dos ventos cortantes entre as montanhas eram ouvidos..."



_ hummmm - "Suspira o virginiano com um leve sorriso em seus lábios."



_ não vão aparecer? - "Virgo se senta, em posição de meditação."



_ está bem...



_ farei com que apareçam. - "Fala Ambar, distorcendo o ambiente com seu grande poder."


"imagens de Buda são projetadas..."




_ vamos almas decanas, APAREÇAM!!!!!! -" Virgem emite uma enorme luz que sai entre suas mãos..."


"Uma forte luz toma conta do lugar... até que..."



_hummm aí estão vocês...



_é, esse sujeito é interessante mesmo, hahahaha
_ que cosmos poderoso!!!!
_ droga, fomos descobertos muito cedo.



_ pobres filhotinhos de Hades, pude sentir a presença imunda de vocês há muito tempo...



_ vamos brincar? Venham todos de uma vez. - "Diz o confiante e orgulhoso cavaleiro de ouro queimando seu cosmos, o mais próximo de deus.

_________________
"As Flores brotam, e morrem...As estrelas Brilham, Mas um dia se apagarão...Tudo morre...A terra,o Sol, a Via Láctea e até mesmo todo este universo não é exceção! Comparado a isto, a vida do homem é tão breve e fugidia quanto um piscar de um olho...Neste curto Instante, os homens nascem, riem, choram, lutam, sofrem, festejam, lamentam, odeiam pessoas e amam outras! Tudo é transitório...E em seguida, todos caem no sono eterno chamado morte."
avatar
-=|R.R.|=-
Mestre Cervejeiro
Mestre Cervejeiro

Mensagens : 953
Cosmos : -87994770
Data de inscrição : 12/01/2013
Idade : 36
Localização : Santuário - Grécia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura 2: A ambição de Alberich. Neve vermelha.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum