Coronas Temple

Basilisk no Sylphid

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Basilisk no Sylphid

Mensagem por Capricorn no Shin em Dom Maio 05, 2013 12:14 pm

Quero fazer teste pra ser espectro Surprised Surprised

Sylphid de Basilisco a Estrela Celeste da Perspicácia

quem lutara cmg?? bounce bounce

fuck the athena

avatar
Capricorn no Shin

Mensagens : 92
Cosmos : 3279
Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Myu de Papillon em Dom Maio 05, 2013 1:24 pm

Já vou decidir o adversário, perae bounce

_________________
avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 891
Cosmos : 11005797
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 25
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pujol em Dom Maio 05, 2013 1:30 pm

Serei seu adversário Sylphid, terás que retirar sua coroa perante Wyvern o dragão do inferno!
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1236
Cosmos : 20005786
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Myu de Papillon em Dom Maio 05, 2013 1:34 pm

Ok, decidido então.

Próxima luta: Basilisk vs Wyvern


_________________
avatar
Myu de Papillon
Viadagem não especificada
Viadagem não especificada

Mensagens : 891
Cosmos : 11005797
Data de inscrição : 06/01/2013
Idade : 25
Localização : No seu kokoro S2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Capricorn no Shin em Dom Maio 05, 2013 2:03 pm

Griffon no Henrique escreveu:Ok, decidido então.

Próxima luta: Basilisk vs Wyvern


cheers
avatar
Capricorn no Shin

Mensagens : 92
Cosmos : 3279
Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pujol em Dom Maio 05, 2013 2:23 pm

Tártaro, após a chegada dos espectros de Hades eles misteriosamente são separados, sendo que em um canto da prisão mais nefasta do Meikai, caem Pujol de Wyvern e Sylphid de Basilisco.



Pujol: Que merda. Da última vez não aconteceu essa distorção no espaço tempo, Erebus deve ter aumentado a segurança. "Pujol olha a seu redor procurando por Sylphid"



Pujol: Sylphid onde você está? "Grita a todo volume"



Enquanto Pujol, procura seu subordinado, uma rajada de vento passa pela frente do mesmo a uma velocidade a cima do normal. Sylphid se mostra caminhando em direção a Pujol.



Sylphid: Isso mostra como você não está preparado para assumir o lugar de Radamanthys. "Sylphid eleva seu cosmo e encara Pujol de frente"



O cosmo de Sylphid transforma a prisão nefasta em deserto venenoso.



Pujol: Você ainda não me aceitou como líder deste exército, não é Basilisco? Então arrancarei sua coroa! "Pujol eleva seu cosmo de um modo assustador"



O cosmo de Pujol se mostra gigantesco criando outra distorção na paisagem.



Sylphid: De onde veio todo esse poder? "Sylphid olha a mudança que o terreno sofreu"



Pujol: Como já disse uma vez, ultrapassarei seu adorado Radamanthys, mas não os fracotes do século 20 e 21, ultrapassarei o lendário dragão que viveu no século 18 e para isso irei fazer com que você retire sua coroa como ele fez naquele tempo!

~

Pujol: Mas me diga o por que você veio a querer lutar comigo justo no Tártaro?



Sylphid se lembra de sua conversa com as sombras do Tártaro, e da promessa que elas o fizeram.



Pujol revelá seu verdadeiro objetivo a Sylphid, oque acontecerá aos guerreiros mais leais do meikai? Oque as sombras do Tártaro prometeram a Sylphid? Tudo isso no próximo capitulo de espectros de Hades: Wyvern vs Basilisco a luta entre guerreiros infernais!



VS

avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1236
Cosmos : 20005786
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Capricorn no Shin em Dom Maio 05, 2013 7:18 pm

Obs: Eu não entendi nada de sua historia pq não tinha terminado de ler o filler ainda, terminei de ler agora Laughing

No episodio anterior.

Pujol: Mas me diga o por que você veio a querer lutar comigo justo no Tártaro?



Sylphid se lembra de sua conversa com as sombras do Tártaro, e da promessa que elas o fizeram.

sylphid: "Se for verdade isso, então eu terei que luta com tudo até a morte contra Pujol.
"




Sylphid: Pujol eu nunca o aceitarei com meu superior.



Sylphid: Eu o materei agora, por pois aqui Hades não podera ver meus movimentos e falarei para todos que você morreu por um inimigo.



Pujol: O que lhe faz pensar que pode me derrotar?
Pujol: Ate agora você so panhou de mim.



Sylphid: Dessa vez vai ser diferente, tenho uma carta na manga. What a Face



Sylphid começa a queima seu cosmo.

Sylphid: você ira morre agora.


Morra Pujol... Vôo do Extermínio


O ataque de Sylphid sai de uma maneira incrivel.

Pujol: "Mais o que como o ataque dele adiquiriu tanto poder??
"


Pujol usa as ondas do inferno foge no ataque de Sylphid.

Pujol: Maldito como conseguiu tanto poder?


Sylphid: As sombras do Tártaro me disseram a verdade, e me deram poder para mata-lo


Sylphid: O proximo golpe não sera tão fraco quanto esse.



As sombras do tartaro começam a rodear Sylphid, o mesmo começa a queima seu cosmo com mais vontade que anteriormente.

Pujol: Idiota você ira acabar possuido por elas.



Sylphid faz um pacto com as sombras do tartaro e parte para matr Pujol, como essa luta vai desenrolar? Não percam o proximo epi.

_________________
_A paz só sera conquistada com a ordem, um deus não necessariamente trara ordem, por isso eu não me importo com eles. Devo me tornar forte o suficiente para manter as coisas em ordem. Se elas saírem do controle minha tão sonhada paz morrera. 

avatar
Capricorn no Shin

Mensagens : 92
Cosmos : 3279
Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pujol em Dom Maio 05, 2013 9:24 pm

Off: eu tu e o pessoal fomos ao tártaro para dominar o mundo inferior. Gostei do jeito que tu levou a situação.
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Pujol: Merda, Sylphid deve ter se aliado a Erebus para me matar, pois esse não é o nível do ataque dele normalmente. Mas isso não será o suficiente para me derrotar. "Pensa consigo mesmo"



Pujol se levanta calmamente, seu cosmo começa a se elevar devido ao sentimento de traição que tem por Sylphid, um pouco de sangue sai de sua boca devido ao golpe.

Sylphid: Você não conseguirá me derrotar aqui, o Tártaro está ao meu favor! HAhahahaha



Sylphid se prepara para atacar Pujol com seus punhos, voa em velocidade muito elevada e chega a frente do juiz disparando vários golpes contra o kyoto, que se desvia e apara estes.

Sylphid: Como você fez isso?



Pujol: Você chegou a um nível de poder assombroso, mas não pense que és o único a ter seu poder aumentado no Tártaro. "Trevas se criam atras de Pujol"



Sylphid: Como? O tártaro irá me ajudar e nunca a você!



Sylphid: Voo do Exterminio!



Dispará seu ataque contra o kyoto mais uma vez.

Pujol: Não será tão fácil me acertar com o mesmo golpe!



Uma sombra aparece por de trás de Pujol.



Pujol: Rugido Deslizante!



!!!



O poder dos dois combatentes se chocam, revelando que os dois são aterradoramente poderosos, mas Pujol a travesa o turbilhão venenoso criado por Sylphid o acertando com seu golpe, Sylphid é arremessado ao alto, mas não sem ter deixado sua marca em Pujol, uma das azas da surplice do Kyoto havia sido destruída no ataque.

Pujol: Maldito! "Pujol demonstra uma feição de raiva por Sylphid"



Pujol voa em direção a Sylphid, chegando frente a frente do espectro de Basilisco, Pujol desfere um soco que é prontamente defendido por Sylphid, mas o arremessa ao chão com violência.

Sylphid se levanta, uma nuvem de poeira tóxica o suficiente para matar muitos cavaleiros de prata e de bronze é emanada por ele.

Pujol aterrissa a vinte metros de Sylphid.

Pujol: Não iria me matar Basilisco? Agorá que juntaste forças com Erebus não tenho outra alternativa alem de te matar ou fazer com que entenda que eu ultrapassarei Radamanthys.

avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1236
Cosmos : 20005786
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Capricorn no Shin em Qui Maio 09, 2013 8:18 pm

Pujol desculpe a demora eu postarei sabado agora. To sem tempo no meio de semana.

_________________
_A paz só sera conquistada com a ordem, um deus não necessariamente trara ordem, por isso eu não me importo com eles. Devo me tornar forte o suficiente para manter as coisas em ordem. Se elas saírem do controle minha tão sonhada paz morrera. 

avatar
Capricorn no Shin

Mensagens : 92
Cosmos : 3279
Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pujol em Qui Maio 09, 2013 9:47 pm

Não se preocupe Sylphid sei que tens pouco tempo, então até sábado, mas não se esqueça This is Sparta
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1236
Cosmos : 20005786
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Capricorn no Shin em Dom Maio 12, 2013 2:23 pm

Pujol: Não iria me matar Basilisco? Agorá que juntaste forças com Erebus não tenho outra alternativa alem de te matar ou fazer com que entenda que eu ultrapassarei Radamanthys.



Sylphid fica em pé com dificuldade e encara Pujol, um pouco de sangue sai de sua boca.

Sylphid: Quem foi que disse que eu me aliei a Erebus.


Sylphid: Cale a boca eu irei te matar FDP.



Pujol: Então queres me matar apenas pela raiva de eu substituir Radhamanthys?

Pujol: Não seja infantil....

Sylphid: Cale-se o motivo não é esse tambem. Meus objetivos são maiores que isso.



Pujol: Mais o que e então?

Sylphid: Não irei falar... Apenas lute comigo com todas suas forças.


Sylphid: "Você tem que se lembra... mestre."
Sylphid se lembra de algo.



===============================================
Flash back:

Estonia 2005

A 20 anos atras minha alma foi reencarnada nesse corpo.

Sempre me achei diferente dos outros, nunca conseguir um unico amigo.

Eu me parecia uma praga, tudo que eu tocava morria, por causa de meu cosmo demoniaco minha mãe morreu logo quando eu nasci, me disseram que ela foi envenenada misteriosamente.

Certo dia os cidadãos da minha cidade enfurecidos por eu ter envenenado a terra de suas plantaçoes me pesseguiram para me matar, fui obrigado a correr para a floresta e me esconder em um gruta.

Tive que viver naquele local. Não podia mais volta senão morreria.

Toda a noite eu tinha muita dificuldade para durmi, eu sempre chorrava muito e desejava morrer do fundo do meu coração. certo dia no meu sonho uma pessoa usando uma surplice apareceu para mim.

Ele era... Sylphid de Basilisco.


Sylphid: Não chorres maldito.


Damian: hamm

Sylphid: Você não sabes quem é... por isso chora.

Sylphid: Irei te falar quem você é, e porque é assim.

Damian: Quem eu sou? E poque sou assim?

Sylphid: Você sou eu... Eu sou Sylphid de Basilisco, vivi no seculo XVIII e servi fielmente Radamnathys-sama e Hades-sama. Eu era um espectro fiel e forte, mais acabei morto pelo sainto de Libra.

Sylphid: Por alguma razao minha alma não foi selada então ela ficou vagando e nessa epoca por alguma razão eu fui ressucitado.

Sylphid: Garoto... você e Sylphid de Basilisco, se lembre disso. Não precisa temer ninguem.

Fim do Flash back.
======================================================

Sylphid:"Eu entendo agora porque eu fui reencarnado, as sombras me disseram... Eu renasci para fica ao lado de Radamanthys-sama e esse maldito e sua reencarnação."


Sylphid: "Preciso desperta Rada-sama... não quero fica ao lado de Pujol."


Sylphid: PUJOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL SUMA DESSA EXISTENCIA.


Pujol: Não entendo sua raiva por mim Sylphid.

Sylphid: Usarei uma tecnica que aprendi matando aquele desgraçados da minha cidade.


Sylphid: TEMPESTADE DE CHUVA VENENOSA a imagem do Basilisco aparece atras de Sylphid.


Usando seu cosmo venenoso Sylphid produz uma grande quantidade de fumaça venenosa a seu redor, uma fumaça altamente toxica que mataria qualquer um, em seguida desfere um golpe para o céu. As fumaças se unem formando uma grande nuvem, uma chuva de veneno cai em todo lugar evitando assim que o inimigo fuja.


Sylphid: "viva Rada-sama... tenho que coloca-lo ao maximo do perigo para desperta-lo."
pensamento.

_________________
_A paz só sera conquistada com a ordem, um deus não necessariamente trara ordem, por isso eu não me importo com eles. Devo me tornar forte o suficiente para manter as coisas em ordem. Se elas saírem do controle minha tão sonhada paz morrera. 

avatar
Capricorn no Shin

Mensagens : 92
Cosmos : 3279
Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pujol em Dom Maio 12, 2013 5:43 pm

O Veneno de Basilisco se mostra ineficaz contra Pujol de Wyvern, mas este não era o real ataque de Basilisco, Sylphid estava a tentar fazer com que Pujol fosse ao extremo e que radamanthys despertasse, belo mostra de lealdade.

Pujol recebe o ataque de Sylphid permanecendo imóvel, mas Sylphid não usou seu cosmo para criar apenas o veneno, o mesmo tentou atiçar algo no interior de Pujol, Basilisco havia atiçado o lado negro de Pujol, a vontade de sua surplice, isto poderia ser o fim para os dois.

Após o ataque Sylphid olha para Pujol, que não aparentava fazer um único movimento, nem estar envenenado.

Sylphid: Oque foi Pujol? Não consegue se mover?

Pujol não responde, sua postura estava séria, mas seus olhos estavam em outro mundo.

Sylphid: Acho que consegui, se eu despertei aquilo, a alma dele estará em perigo e Rada-sama ira despertar.

Sylphid se senta, estava muito cansado, pois usara a maior parte de seu cosmo para tentar se infiltrar na alma de Pujol, fazendo isto de leve, apenas conseguindo arranhar a alma da surplice.

Sylphid: Esses olhos não tenho duvidas de que ele está preso em sua própria mente, mas agora é com você senhor Radamanthys rogo que consigas se reerguer.

Enquanto isso em algum outro lugar.

Pujol: Onde estou? Onde está o Sylphid? E que trevas são essas? São piores do que as do Tártaro! "Falava irritado"

Se ouvia uma voz ao fundo, uma voz assustadora e tremendamente poderosa.

???: Eu falei que voltaria Pujol, agora é o momento de descobrirmos quem ficará com esse corpo. "Falava calmamente"

Pujol: Quem está ai? Revele-se! "ordenava com enfase"

As sombras se materializavam em frente a Pujol, o mesmo não acreditava no que via, mas a forma era muito semelhante a que ele viu em outros momentos e a surplice que ela usava também.

???: Já se esqueceu de mim? Havia prometido que voltaria e que tomaria esse copo que você usa, a menos que conseguisse descobrir a verdade de sua existência e controla-se ela!

Pujol: Radamanthys, o ser que viveu neste século 21 e que foi morto miseravelmente por um guerreiro de Abel, não digas que tentará me matar?

Radamanthys: Não tentarei, conseguirei e retirarei o poder que reside em sua alma.

Pujol: Tente!

Radamanthys voa em direção a Pujol, estranhamente seu poder parecia ter sido aumentado e muito, o mesmo começa uma séria de socos e chutes com Pujol que perdurá por alguns instantes, sendo que Radamanthys arremessa Pujol com um chute no meio do rosto do kyoto, Pujol batia de costa contra uma escadaria, o cenário havia mudado, não era mais um mundo de trevas e sim uma pintura antiga, os dois lutavam dentro dela.

Pujol: Que merda é essa?

Radamanthys: Não reconhece?

Pujol: Eu deveria reconhecer?

Radamanthys: Ainda bem, ele não despertou o poder de sua alma, aquele que se intitulava como Radamanthys no século 18 ainda dorme, sendo assim poderei vencer. "Pensa"

Radamanthys: Se não se lembra é por que não era importante.

Pujol parte pra cima de Radamanthys se mostrando muito abaixo do nível daquela alma, Pujol tenta acertar vários socos e chutes em Radamanthys, mas o mesmo os defende com um simples toque de seus dedos.

Pujol: Como você ganhou tanto poder?

Radamanthys acerta Pujol com a asa esquerda de sua surplice, o mandando para o chão mais uma vez.

Radamanthys: Estás são suas trevas meu amigo, elas não querem servir a você, elas me escolheram! "Grita com louvor"

Radamanthys concentra seu cosmo gigantesco.

Rugido de Wyvern!

Pujol não consegue se esquivar e é arremessado longe pela técnica de Radamanthys.

Radamanthys: Você é muito fraco, após sair daqui matarei seu comparsa como forma de agradecimento por ter me libertado, mas não acredito que ele tentou isso.

Pujol se levanta cuspindo sangue.

Pujol: Isso oque?

Lembranças começam a surgir na mente de Pujol, lembranças de sua luta com Regulus de Leão no Tártaro. Algumas lembranças que não pareciam suas também surgiam, uma luta contra Regulus na qual seu coração era arrancado, Pujol estava atordoado, não conseguia definir oque era aquilo, de onde surgiam aquelas memorias e o por que delas estarem aqui.

Radamanthys: Bem você está perto de morrer e ser absorvido, contarei a verdade sobre sua alma.

Pujol cupi ainda mais sangue.

Pujol: A verdade?

Enquanto isso Sylphid estava a olhar o corpo de Pujol cuspir sangue, o mesmo estava a se questionar se aquilo era o correto, mas tinha fé em seu senhor Radamanthys, embora nunca tenha ouvido o verdadeiro nome dele.

Voltando ao mundo paralelo.

Radamanthys: Sim, a verdade que você, Hades e ninguém mais sabia, até que Henrique descobriu.

Radmanthys concentra seu cosmo em seu peito.

Radamanthys: Você é a reencarnação do espectro lendário, seu filhote de lagartixa!

Pujol entra em choque ao ouvir aquilo, o mesmo não sabia se confiava nas palavras daquele que esta a sua frente.

Pujol se poe em uma posição de quem não tem medo, havia sido forçado a um ponto que ninguém o tinha forçado, o cenário havia mudado, a escadaria era agora o campo de batalha destruído, Duas imagens peculiares, não, duas pessoas que já mais seriam vistas após esta batalha são notadas, um garoto e um homem, lutando pela honra e pelo passado.

Radamanthys não notará aquilo, mas Pujol estava a notar, estava a prestar atenção em tudo que estava em sua volta, estava a viver aquele momento.

Pujol concentra seu cosmo de forma gigantesca perante Radamanthys.

Radamanthys: Não há mais tempo!

Greatesto Caution!!!!!!!!

O ataque ruma em direção a Pujol, que não move um músculo para se esquivar, a energia gerada da o ar de que o inimigo havia mudado, mas o cenário muda de novo, a cena retratada é a de um homem arrancando seu coração para provar sua lealdade a seu Deus.

Radamanthys: Oque é isso? Por que tudo está mudando?

A mente de Pujol é imundada por inúmeras memórias, sendo a mais marcante, o modo como um homem desafia um Deus para proteger a garota de que gosta, sendo partido ao meio e recebendo o golpe divino para teleportar sua amada a um lugar seguro.

???: Eu me lembro... "Fala sussurrando"

Um cosmo cresce de forma desproporcional, superando o visto até ali, o cosmo parecia ter um ar sombrio, mas era calmo.

Radamanthys: Oque foi isso? Não pode ser Pujol, eu acabo de aniquilar com a existência dele!

Memorias surgem na mente de Pujol, sua luta com Thanatos, o Deus que havia salvado sua vida quando era pequeno, Pujol se lembrava de tudo que avia lhe acontecido, no século 18 e atualmente.

Pujol surge do meio do cosmo que tomava a foirma de um dragão, de um wyvern.

Pujol: Vamos acabar com isso impostor!

Radamanthys: Oque foi isso? "Caminhava para trás"

Radamanthys: Oque aconteceu, de onde veio esse poder? Desde quando ele tem essa imponência e por que estou com medo só de sentir a presença dele? "Pensava o espirito que havia sido absorvido pela surplice de Wyvern"

Pujol: Não tenho mais tempo para lutar com você, mas lhe agradeço, você mostrou todas as minhas memórias que estavam perdidas desde o século 18.

Pujol concentra todo aquele poder em frente a seu abdome, criando uma esfera de energia caótica.

Radamanthys: Oque eu despertei? Não é possível, você é?

A paisagem muda uma ultima vez para o momento em que um homem deitava nos braços de uma garota, o homem estava partido ao meio e a garota estava preocupada, mas existia alguém no alto, no alto de uma escada, alguém que se dizia um Deus, um humano que não poderia reinar sobre os mortos, ALONE!

Pujol: Não deixarei que tomem o poder de Hades, mais uma vez, não deixarei que Pandora sofra o que sofreu e acima de Tudo... NÃO DEIXAREI QUE HADES-SAMA SOFRA DE NOVO! "Com enfase extrema nessa parte em maiúscula"

GREATESTO...

CAUTION!!!!!!!!!!!!!

Radamanthys: Você finalmente despertou, agora poderei deixar Hades em suas mãos "Pensa consigo o espirito da surplice enquanto vê o ataque que não conseguiria deter, nem ao menos parar"

A explosão da técnica é imensa, criando uma esfera gigante, o mundo de trevas já não existia, apenas memorias eram vistas por Pujol, memórias de um tempo que já havia passado, arrependimentos que nunca passariam e apenas dois sentimentos, arrependimento por deixar Pandora sozinha pelo resto da vida dela e ódio, ódio por não ter tido poder suficiente pará deter Alone.

Pujol começa a concentrar sua energia, mas não apenas a sua, as trevas que ele havia escondido em sua surplice começam a se juntar a alma do kyoto, seu poder estava completo e sua surplice estava ligada a sua alma, o nome Radamanthys já não era algo certo para ele, era apenas uma parte de seu passado e uma parte de sua história.

Enquanto isso a presença no Tártaro, havia mudado, Sylphid sente que havia algo de estranho com Pujol.

Sylphid se levanta se postando em posição de batalha.

Sylphid: Rada-sama?

O cosmo de Pujol toma conta do Tártaro, causando uma sensação de medo no espectro.

Sylphid: Que porra é essa? Por que estou com medo de ficar na frente dele? "Pensava"

Pujol se levanta.

Pujol: Nunca mais me chame de Radamanthys.

Pujol percorre o caminho até Sylphid em uma velocidade que o espectro não conseguiu acompanhar.

Sylphid: Não consegui despertar meu senhor que viveu no século 18, agorá morrerei nas mãos de Pujol? "Pensava"

Pujol: Não usarei o mesmo nome que usei a mais de duzentos anos.

Pujol larga Sylphid, que fica perplexo.

Sylphid: Quer dizer que?

Pujol: Sim Sylphid, eu me lembro de tudo oque aconteceu no Lost Canvas, agora temos trabalho a fazer, não podemos decepcionar Hades-sama!

Um novo objetivo pairava pela mente de Pujol, o mesmo queria encontrar a reencarnação de Pandora, mas a Pandora que viveu em 1743.
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1236
Cosmos : 20005786
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pujol em Dom Maio 12, 2013 9:14 pm

Meu voto é....

Spoiler:
Sylphid
Spoiler:
você está....
Spoiler:
Aprovado
avatar
Pujol
CEO Empalador
CEO Empalador

Mensagens : 1236
Cosmos : 20005786
Data de inscrição : 16/02/2013
Idade : 24
Localização : 4ª Esfera: Giudecca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Capricorn no Shin em Dom Maio 12, 2013 11:02 pm

Wyvern no Pujol escreveu:Meu voto é....

Spoiler:
Sylphid
Spoiler:
você está....
Spoiler:
Aprovado

Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy What a Face What a Face What a Face What a Face What a Face cheers cheers cheers

_________________
_A paz só sera conquistada com a ordem, um deus não necessariamente trara ordem, por isso eu não me importo com eles. Devo me tornar forte o suficiente para manter as coisas em ordem. Se elas saírem do controle minha tão sonhada paz morrera. 

avatar
Capricorn no Shin

Mensagens : 92
Cosmos : 3279
Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Basilisk no Sylphid

Mensagem por Pollux em Dom Maio 12, 2013 11:15 pm

Sylphid escreveu:
Wyvern no Pujol escreveu:Meu voto é....

Spoiler:
Sylphid
Spoiler:
você está....
Spoiler:
Aprovado

Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy What a Face What a Face What a Face What a Face What a Face cheers cheers cheers

HUE! cheers
Parabéns, Sylphid! Very Happy

@

Morrendo de rir com o Avatar do Pujol (só vi agr) kkk Laughing Laughing Laughing
Gostei xP

_________________
avatar
Pollux

Mensagens : 425
Cosmos : -87997837
Data de inscrição : 09/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum