Coronas Temple

[Filler] O Nascimento de uma nova Estrela.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Filler] O Nascimento de uma nova Estrela.

Mensagem por Pollux em Qua Maio 22, 2013 12:33 am



Birth of a Star



“Ainda que haja noite no coração, vale a pena sorrir para que haja estrelas na escuridão.”



___________________________________________________________________________________________________________


Inglaterra, 1722.


Era uma noite chuvosa...

Nos arredores de Londres em uma floresta isolada, havia uma mansão de uma família muito rica da Inglaterra.

Os donos se chamavam Leda e Tíndaro, Leda estava grávida, e o parto estava acontecendo naquela noite.

O céu estava escuro e trovejante, não era possível ver uma única estrela.

Era uma gravidez de extremo risco, mas Leda foi capaz de dá à luz a gêmeos, dois meninos, o mais velho por questões de segundos, se chamava Castor, o mais novo se chamava Pullox.

Logo quando Pullox foi retirado do ventre de sua mãe, a chuva cessou, parou de trovejar e o céu ficou limpo, era possível ver estrelas!

As duas crianças eram iguais, literamente gêmeas! Porém, havia uma diferença...

A força vital, conhecida como Cosmo ou Cosmo Energia, contidas nos dois meninos era diferente, isso pôde ser observado detalhadamente no decorrer em que eles cresciam, enquanto Castor podia ser considerado como uma criança normal, Pullox tinha um cosmo extraordinário! Era até considerado como assustador uma criança de poucos anos de idade ter uma cosmo energia tão poderosa, e que na medida em que ele ia crescendo ficava cada vez maior...

Apesar de possuir tamanho poder, Pullox era uma criança muito calma, serena e tranquila, também mantia uma relação muito boa com seu irmão e seus pais, mas não era só isso, ele também tinha a habilidade de ler as estrelas e de enxergar a bondade e a maldade no coração das pessoas.

Bem, alguém com tanto poder e capacidade acaba chamando atenção... Mesmo aqueles que viviam no mundo dos mortos já sabiam sobre sua existência...


___________________________________________________________________________________________________________



Mundo dos Mortos, 1732.


Dez anos haviam se passado...

Chamou-nos, senhora Pandora?




Pandora: Sim, finalmente chegaram! Queen de Alraune a Estrela Celeste Demoníaca, e Flégias de Lycaon a Estrela Celeste do Crime.




Flégias: Em que podemos servi-la?



Pandora: Quero que vocês me tragam uma criança, ela deve estar na média de 9~10 anos.




Queen: Uma criança?

Pandora: Não é uma simples criança, esse menino foi abençoado com um cosmo muito poderoso e grandes habilidades, e ele será imensamente útil para o imperador Hades quando voltar à vida.

Flégias: Pode ficar tranquila que nós traremos a criança!

Queen: Isso mesmo, não há com o que se preocupar.

Pandora: Escutem! Irei repetir mais uma vez, não subestimem a capacidade dele, mesmo ainda não sabendo controlar tamanho poder não sabemos do que ele é capaz.

Espectros: Sim, senhora Pandora.


___________________________________________________________________________________________________________


Inglaterra, 1732.


Pullox e Castor haviam completado ano recentemente, ambos se davam muito bem desde pequenos, eram muito apegados um ao outro.
Porém, Pullox estava sofrendo constantemente por não conseguir controlar seu grande poder, o que gerava alguns problemas de mudança de personalidade e alguns distúrbios, mesmo assim sua família o apoiava bastante, principalmente seu irmão.

Até que chegou aquela noite...


Pullox se encontrava deitado observando as estrelas em um campo bastante florido próximo a sua casa, eu viu alguns estrelas caindo do céu, acreditando serem as famosas estrelas cadentes, ele sorridente fechou os olhos e vez um pedido, no entanto ele percebeu algo estranho no céu.

Graças a sua habilidade de ler as estrelas ele viu que algo muito ruim estaria para acontecer! Não apenas isso mas também algo estranho em sua constelação protetora.

Tanto seu nome quanto o de seu irmão foram dados em homenagem às duas estrelas mais brilhantes da constelação de Gêmeos, porém, algo estava diferente...

Pullox: Não é possível! Uma da duas estrelas mais brilhantes da constelação de Gêmeos está com uma luz tão fraca!

Pullox: Espera, mas essa não é a estrela que possui o mesmo nome que meu irmão Castor?! Será que...!

Pullox sai correndo e extremamente preocupado em direção a sua casa.

Ao chegar ele encontra sua mãe do lado de fora da casa com um dos braços sangrando.

Pullox: Mãe! O que foi isso?! Onde está o Castor?!

Sua mãe estava muito aflita.

Leda: Eu estou bem, apenas me cortei!

Pullox: E o Castor? E o meu Pai?

Leda: Todos estão bem agora venha rápido!

Leda leva seu filho em direção à floresta, ela lhe entrega uma bolsa que comida e água.

Leda: Escute, pegue isso e siga em frente até chegar à costa, lá haverá um homem que o levará de barco até o Santuário de Athena na Grécia.

Pullox: Mas por quê?! E você, Castor e meu pai?

Leda: Não faça perguntas! Deve se apressar, encontrarei com você mais tarde! Agora vá!

Sem entender o que estava acontecendo, ele faz o que sua mãe disse, mesmo que angustiado.

Logo ao chegar à metade do caminho ele começa a ler as estrelas novamente e percebe que a estrela Castor havia sido engolida pelas trevas.
Ele resolve desobedecer às ordens de sua mãe e decide retornar.

Até que, quando ele a vista sua casa...

A mansão estava em chamas! Pullox mal conseguia falar de tão tenso e assustado.

Ele então escuta um grito.

O grito vinha dos fundos, ele corre até o lugar e se depara com sua mãe caída no chão e dois homens, graças a sua habilidade de ver o que há no coração das pessoas ele pôde ver que esses homens possuíam grande maldade no coração, então corre para socorrer sua mãe.

Pullox: MÃE!!!

Leda estava bastante debilitada, mal conseguia se levantar.

Leda: Pullox... Não devia... Ter voltado...!

Queen: Hein?!

Flégias: Hum... Então deve ser esse!

Pullox: Quem são essas pessoas?! Onde estão o Castor e meu pai?!

Leda: Esses homens são espectros de Hades... Eles vieram até aqui para levá-lo... Eles mataram seu pai...

Pullox fica perplexo.

Pullox: Não pode ser...! E o meu irmão?! Onde ele está?!

Flégias: Humpf! Ele tentou se passar por você e ser levado no seu lugar, mas logo percebemos a farsa, e bem... Ele teve o que merecia! Hahaha!

Queen: Vamos acabar logo com isso, você deverá vir conosco!


O espectro segue velozmente em direção a Pullox.

Nessa hora sua mãe se põe na frente de seu filho com a intenção de protegê-lo.

Queen: Ora! Saia da minha frente! [size=18]Guilhotina da Flor Sangrenta (Blood Flower Scissores)





Sua mãe é decapitada.



Pullox: MÃEEE!!!

Queen: Essa já foi hahaha!

Flégias: Agora só precisamos levar ele.

Queen: Vamos garoto!

Pullox não demonstrava qualquer reação, estava imóvel ao lado do corpo de sua mãe.
O espectro tenta puxá-lo, mas quando tenta fazer isso é impedido por uma cosmo energia esplendorosa e calorosa que cobria Pullox e sua falecida mãe.

Queen: Mas o que é isso?!

Flégias: Esse cosmo é sobrenatural!

Pullox: Mãe... Pai... Castor...

O cosmo de Pullox que emanava uma energia suave e calorosa muda drasticamente e fica extremamente agressiva.

Queen: Não é só isso, seu cosmo está se tornando agressivo!

Os cabelos de Pollux começam a mudar de cor, de negros para prateados, seus olhos de pretos e tranquilos mudaram e se tornaram vermelhos e assustadores.

Flégias: Não interessa, devemos levá-lo até a senhora Pandora!

Queen: Sim... Vamos! Levante-se garoto, você irá conosco!

Pullox: ...

Queen: Ora seu...!


O espectro tenta puxa-lo, mas percebe que o espaço dimensional daquele local, estava sendo distorcido.

Flégias: O que está acontecendo?!

Pullox: Malditos...

Queen: Droga! O que vamos fazer?

Flégias: Se não sairmos logo daqui vamos acabar...!

Todo espaço ao redor começou a ser distorcido impossibilitando que os espectros escapassem.

Flégias: Maldição! O que faremos?! Vamos ser engolidos se continuarmos aqui!

Queen: Temos que matar esse menino, talvez assim tudo volte ao normal!

Flégias: Não podemos fazer isso! A senhora Pandora quer essa criança viva!

Queen: Não interessa! Eu não vim de tão longe pra ser acabar ser vencido por um menino desses!

Queen: AH!!!
Flégias: Pare!!!

Queen: Guilhotina da Flor Sangrenta (Blood Flower Scissores)

O espectro avança contra o jovem, mas...

Pullox levanta lentamente sua cabeça e abrindo seus olhos ele fala em voz baixa:

Pullox: Desaparecem...
O garoto cria uma enorme distorção dimensional que acaba criando uma espécie de buraco negro naquele local que acaba com tudo.

Espectros: AAAAAAAAAH!!!

Aos poucos o local começa a voltar ao normal, porém, completamente devastado, só restando o jovem Pullox agachado no meio do nada.

Ele segue desnorteado pela floreta ao ponto de que em determinada parte ele desmaia.

Algumas horas depois ele acorda e vê que perto dele tem uma fogueira e um estranho encapuzado ao lado.

Pullox: Quem... Quem é você?

O estranho então diz:

Eu sou aquele que iria levá-lo até o Santuário, você demorou para chegar então vim atrás de você.


Pullox: Santuário...?

Eu vi o que aconteceu, você tem um grande poder, pode vim comigo e se tornar um cavaleiro de Athena.


Pullox fica calado enquanto olha para a fogueira e lembra de sua casa em chamas.


No dia seguinte logo pela manhã, os dois seguem e saem da floresta e seguem de barco até a Grécia.

O jovem começou seu treinamento no Santuário com 10 anos, o finalizando oito anos depois, ele teve o treinamento mais rigoroso dentre os 12 cavaleiros de ouro devido a um treinamento intenso para controlar tamanho poder que possuia.


Posteriormente graças ao seu grande poder ele se torna o cavaleiro de ouro de Gêmeos, cuja única vontade era de vingar a morte de seus pais e vencer Hades e seus espectros.

Observando o pôr do sol, Pullox diz:

Pullox: Chegará o dia que irei destruí-lo, Hades.



The End


___________________________________________________________________________________________________________

Comentários:

Pessoal, é uma história simples mas espero que gostem, pelo menos poderão entender um pouco mais sobre meu personagem.

Esse não será o "fim" propriamente dito, haverá uma continuação futura muito boa! Very Happy

_________________
avatar
Pollux

Mensagens : 425
Cosmos : -87997804
Data de inscrição : 09/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum